Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Tags

Posts encontrados com a tag decoração clássica

Navegue como ou

Decoração de casamento clássica e romântica em São Paulo

Bruno Zani, da Cenográphia, é quem assina esta decoração de casamento clássica em São Paulo. A noiva queria um projeto de princesa, que remetesse aos jantares da monarquia. A cerimônia aconteceu no jardim da propriedade e teve o casarão como pano de fundo. As flores, em ânforas e plantadas na passadeira, faziam um degradê de rosa, nude e chá. Tudo muito suave e romântico. O mobiliário off-white da Festah completou o ambiente.  Como a noiva tem amigos de diferentes grupos e nacionalidades, Bruno Zani montou mesas de diferentes formatos no salão do jantar. De quatro, oito e dez lugares, as mesas da Festah traziam diferentes acabamentos, como tampo de tecido, espelho e laca. Havia ainda mesas que receberam toalhas de renda da Mesalinho. Nos centros de mesa, castiçais de cristal e prata traziam volume para a decoração e o clima de monarquia que a noiva tanto queria. O verde e rosa claro foram as escolhas do decorador para os arranjos do salão. Cadeiras clássicas douradas e de madeira com encosto de palhinha completavam o decor. Nos souslpats de cristal, mini rosas arrematavam o guardanapo:   Posicionada em uma das salas da casa, em frente a uma grande janela de cristal, a mesa de doces trouxe docinhos dispostos em peças de cristal. O bolo de quatro andares foi ornamentado com flores de açúcar nos tons da decoração. Fotos: Rafael Cruz | Assessoria: Ed Mendes Cerimonial | Local: Palácio dos Cedros | Decoração e flores: Cenográphia | Mobiliário: Festah | Toalhas de mesa: Mesalinho | Tapetes: by Kamy | Bar: Help!Bar   . . . . . . . .  Veja também: Decoração...
Leia mais

Casamento clássico na fazenda: Marília Wood + Bruno Menali

O namoro de Marília Wood e Bruno Menali é o que se pode chamar de "relâmpago"! "Nos conhecemos por meio de uma amiga em comum, em Campinas, e namoramos apenas nove meses antes de ficarmos noivos", conta Marília. O pedido de casamento aconteceu durante uma viagem romântica e teve um cenário especial: São Miguel dos Milagres, em Alagoas. Para que pudessem fazer tudo com calma, Marília e Bruno preferiram não correr com os preparativos, que duraram quase dois anos. "Intensificamos a organização nos nove meses que antecederam a data", explica a noiva. O casamento aconteceu na Fazenda Santa Gertrudes, no interior de São Paulo. "Nos identificamos com a história da fazenda, que é centenária e conhecida por ter sido preservada desde os tempos em que produzia café. E como o Bruno é produtor de café especial no sul de Minas Gerais, achamos que tinha tudo a ver. Além disso, eu fazia questão de casar na Igreja e lá tem uma capela linda". Marília se define como clássica com toque minimalista. "Por isso, não queria um vestido de noiva inteiro de renda ou tule. Procurei primeiro pelo tecido, algo encorpado e que chamasse a atenção por ser diferente e chic. E quando provei o modelo St. Patrick Barcelona na Casamarela, encontrei até mais do que eu procurava. Ele uniu o tecido nobre com o corte perfeito, sem falar no diferencial da saia sobreposta, que eu tirei após a cerimônia, revelando um modelo mais enxuto por baixo", explica. Para valorizar o vestido, Marília escolheu coque alto, finalizado com a mantilha de renda chantilly. A decoração em verde e branco teve móveis em madeira escura e muitas rosas e orquídeas. O resultado foi um projeto clássico-campestre super elegante, como os noivos imaginaram. Para a lembrancinha, o pai do noivo...
Leia mais

Decoração de casamento clássica e romântica

Cylmara Cimino, nome por trás da Amabile Flores, é quem assina esta decoração de casamento clássica-romântica. A paleta de cores marcada por tons de rosa, verde e champagne predominou nas flores. Cravo, Calla, orquídea e rosa foram algumas das espécies usadas. O mobiliário clássico da 100% Eventos fez companhia aos sousplats de cristal da Vintage & Cool e o faqueiro de prata. A mesa dos noivos chama a atenção pelo centro de mesa com candelabros de velas. Assim como a estrutura aérea de mesa dos noivos, a mesa de doces garantiu um ar de floresta encantada à decoração. O painel de costelas de adão criado pela Amabile Flores dá pinceladas contemporâneas ao projeto. E como as cores já estavam muito presente nos arranjos, Alessandra Tonisi criou um bolo todo branco e com detalhes em renda e flores de açúcar. Fotos: Douglas Daniel Fotografia | Decoração e flores: Amabile Flores | Toalhas: Mesalinho | Mobiliário: 100% Eventos | Tapetes: by Kamy | Estrutura e som: Toca da Villa | Iluminação cênica: Ricardo Dias | Objetos decorativos: acervo Amabile Flores | Sousplats: Vintage & Cool | Bolo e doces: Alessandra Tonisi . . . . . . Veja também: Decoração de casamento com suculenta, mini-rosa e...
Leia mais

Casamento na Fazenda Santa Bárbara: Mariá Roland + Rodrigo Gomes

Mariá Roland morava em São Paulo e Rodrigo Gomes, em Londrina. Mas foi durante um feriado em Campos do Jordão que os dois se conheceram. "Nós conversamos e ele disse que iria para SP jantar comigo. E não é que, no final de semana seguinte, ele estava lá? Em um mês, começamos a namorar!", conta a noiva. Em outubro de 2014, Mariá e Rodrigo tinham um casamento em Marrocos, mas antes decidiram visitar Londres. "O Rodrigo morou lá por um tempo e ama a cidade! Então, ele fechou uma cabine no London Eye e fez o pedido de casamento lá em cima!! Passamos o resto da viagem comemorando!", relembra. Com 10 meses para organizar o casamento, os noivos queriam dizer o "sim" em um espaço diferente, ao ar livre e onde os convidados pudessem passar o final de semana. " A ideia inicial era uma praia em São Paulo, mas achamos que ficaria complicado para quem viesse de Londrina. Então, começamos visitar fazendas próximas a Campinas e Limeira, de onde a maioria da minha família mora. E então, me apaixonei pela Fazenda Santa Bárbara". Mariá se define como "básica", por isso, optou por uma decoração em verde e branco. "Como o casamento seria em uma fazenda, pensei em toques rústicos e nada muito sofisticado!", explica. Mariá escolheu um vestido de noiva assinado por Elie Saab - e dá para acreditar que ela fez a compra pelo telefone? "Eu vi o vestido em um desfile do estilista e fiquei apaixonada!! Liguei na loja, que fica em Paris, perguntei as medidas e encomendei. Depois que ele chegou na loja, fui lá buscar e ficou perfeito! Fiz apenas alguns ajustes lá mesmo!", conta. O escolhido foi um modelo...
Leia mais

Casamento em Balneário Camboriú: Gabriela Pastorio + Celso Ito Tadano

Gabriela Pastorio e Celso Ito Tadano se conheceram na faculdade, mas demoraram para ficar juntos. "Ele estava no último ano e eu, no primeiro. Quando ele terminou o curso, foi embora da cidade e só nos reencontramos quatro anos depois", conta Gabriela. Os dois começaram a namorar em 2012 e, mais quatro anos depois, aconteceu o pedido de casamento. "Foi uma surpresa! Foi em um jantar à luz de velas em um hotel em Jericoacoara. O anel estava dentro do prato de sobremesa que o chef trouxe para mim!", relembra. Dois anos antes do casamento, a tia de Gabriela conheceu a Praia do Estaleiro Guest House, em Balneário Camboriú, e se apaixonou! "Ela voltou encantada e disse 'vamos fazer o seu casamento lá, é lindo demais!'", conta. E assim foi! Os preparativos duraram 10 meses e, para a decoração, a noiva quis um projeto com toques clássicos. "Não sabia se queria flores brancas ou rosa, então optei por ter duas!", comenta. Gabriela sempre sonhou com um jantar à francesa, que ficou por conta da Soul Cozinha de Festa e Eventos. "Era meu sonho, mas pensei em desistir por ler muitas reportagens dizendo que a festa poderia 'esfriar'. Mas ainda bem que não desisti, pois foi perfeito! Todas as entradas estavam deliciosas, mas acho que as ostras gratinadas merecem um destaque especial. O jantar foi impecável, desde a comida até o serviço! E os lanchinhos da madrugada estavam deliciosos!!", elogia. Depois de provar vestidos de noiva e não se encantar, Gabriela enfim encontrou o look perfeito na Atelieria. "Foi o vestido mais lindo que já vi na minha vida!", comemora. Com corte enxuto, o modelo era leve, apesar dos bordados. O coque alto complementou a produção, destacando o decote nas costas....
Leia mais

Casamento em São Paulo: Diana de Albuquerque + Alberto Cervoni

Diana de Albuquerque é portuguesa, mas morou no Brasil dos 8 aos 14 anos. E foi em seu último ano em território brasileiro que a história com Alberto Cervoni começou - mesmo que eles ainda nem soubessem! "Foi quando conheci a Carol, irmã dele, no colégio. Mas logo fui embora do Brasil, voltei para Portugal e depois fui estudar Direito na Espanha. Como meu pai ainda morava aqui, decidi que, depois da faculdade, voltaria para cá. Então, entrei em contato com a Carol, pois ela também é advogada e eu precisava de ajuda para revalidar o meu diploma e me inscrever na OAB. Acabamos marcando de passar um final de semana na praia e foi quando 're-conheci' o Beto. Começamos a conversar fora do grupo que criamos para o pessoal da praia, marcamos de sair e ficamos. De lá pra cá, foram cinco anos e sete meses de namoro, até nos casarmos", relembra Diana. Como nunca houve um pedido de namoro oficial, Diana sempre brincava que Alberto teria de caprichar no pedido de casamento. E foi exatamente o que ele fez! "Eu achei que o pedido ia acontecer quando fizemos cinco anos - ele me levou no Terraço Itália, mas saí de lá do mesmo jeito que entrei, rs. O que eu não sabia é que, na época, ele já tinha pedido a minha mão para o meu pai e os dois guardaram segredo por quatro meses! O pedido aconteceu em Aspen, no meio de uma paisagem linda. Quando estávamos só os dois descendo a pista de ski, paramos para admirar aquele visual e ele fez...
Leia mais

Casamento na Casa Petra: Yasmin Rizzi + Felipe de Sá

Felipe de Sá trabalhava com o primo de Yasmin Rizzi, e foi no casamento dele que os dois se conheceram. "Depois que eu peguei o bouquet (que era um sapinho de pelúcia, rs), o Felipe me chamou para dançar. Após um mês, já estávamos namorando!", conta Yasmin. Até o grande dia, foram cinco anos de namoro e a ideia de casar surgiu depois que Felipe recebeu uma proposta de trabalho. "Ele iria se mudar para Belo Horizonte, então decidimos fortalecer nosso relacionamento e oficializar um noivado. Reunimos nossas famílias e, durante o jantar, comunicamos nosso noivado", explica. A cerimônia aconteceu na Igreja São José do Jardim Europa e, para receber os 250 convidados, Yasmin e Felipe escolheram a Casa Petra. "Eu queria casar em uma Igreja que não tivesse 'ostentação'. Além disso, meu pai tem José no nome, então foi até uma forma de homenageá-lo. Já a Casa Petra foi a escolhida por vários fatores: localização, estrutura, atendimento e segurança!", explica. A decoração teve projeto assinado pela 1-18 Project. "Temos um estilo clássico, mas também queríamos um toque contemporâneo. E foi exatamente o que a 1-18 Project nos apresentou!", elogia. Yasmin sempre gostou do trabalho de Lucas Anderi. "Eu já tinha certeza de que, quando casasse, meu vestido de noiva seria feito por ele", conta. Ela aproveitou um desfile do estilista e já escolheu o que queria: um modelo com saia de tule volumosa e bordados com brilho. Para valorizar o decote ombro a ombro, a noiva optou por coque clássico, que foi arrematado por uma tiara delicada da Casa Vasconcellos. E para registrar tudo, os noivos escolheram Anna Quast e Ricky Arruda. O convite da S-Cards seguiu o estilo minimalista, com monograma moderno: A 1-18 Project combinou as clássicas peças de cristal com mesas de vidro e cadeiras...
Leia mais

Decoração de casamento inspirada na vinícola dos noivos

Donos de uma vinícola em Portugal, os noivos queriam muito fazer uma homenagem à propriedade no dia do "sim". Este foi o único pedido feito para Bruno Zani, da Cenográphia, para a decoração de casamento. O ponto de partida do projeto foi a plotagem feita pela Além da Mídia. Nas imagens que cobriram as paredes da Casa Petra, os campos de parreiras da família, e na pista de dança a colheita, com as uvas todas no chão, para serem maceradas com os pés dos convidados. O tom sépia das imagens se propagou pelo salão através das cortinas e mobiliário da Festah. A natureza não poderia ficar de fora do projeto, e ganhou vida nos lindos arranjos clássicos em branco e verde. Dentre as espécies utilizadas, rosa, hortênsias, sementes de eucalipto, lysianthos, celosas, camélias e uma profusão de orquídeas phalaenopsis. A mesa comunitária não poderia ficar de fora, uma vez que é nela que a família se reúne na vinícola. Para compor os lugares, louças e sousplats da Santa Festa e toalhas da Mesalinho. Para arrematar o salão, os castiçais altos criam uma decoração aérea interessante ao lado dos lustres Baccarat. Logo na entrada da festa, a mesa de doces foi posicionada em frente a uma grande parede de espelhos, que a refletia por todos os ângulos. Bruno priorizou peças de cristal para acomodar bolo e doce e as orquídeas brancas para os arranjos. Fotos: Rafael Cruz | Assessoria: Ana Júlia Figueiredo | Local: Casa Petra | Decoração e flores: Cenográphia Projetos de Festas | Mobiliário: Festah | Tapetes: By Kamy |...
Leia mais

Casamento no Copacabana Palace: Tatiana Freire + Daniel Sasson

Tatiana Freire e Daniel Sasson se conheciam de vista desde a época da escola. Mas foi só anos depois que eles realmente se conheceram e começaram a namorar. "Ele chegou a ir de penetra na minha festa de 15 anos, mas não conversávamos na época da escola. Até que, alguns anos depois, eu estava almoçando com a minha irmã no mesmo restaurante em que ele estava com a família. E a mãe dele, cansada de vê-lo nas noitadas, me apontou, dizendo que ele deveria namorar uma menina assim. Pronto! Ele foi atrás do meu melhor amigo para sermos oficialmente apresentados e começamos a namorar muito rápido!", conta Tatiana. Foram seis anos de namoro e o pedido de casamento aconteceu em Paris. "O Daniel estava super nervoso! Teve um ataque de riso, quase perdeu as alianças duas vezes e ainda foi atrapalhado pelo garçom. Rs Mas deu tudo certo!", relembra. Na época dos preparativos, que duraram um ano e quatro meses, Tatiana estava morando em Chicago. "Esse foi o maior desafio! Mas eu aproveitava cada tempinho para vir ao Brasil ficar com o Daniel e organizar os detalhes do casamento. A ajuda da minha mãe foi essencial, ela participou de tudo, mas sempre respeitando a nossa vontade. Também contamos com a assessoria do Roberto Cohen, que nos deu total segurança de que tudo ia sair nos conformes!". Como foi o palco de vários momentos marcantes para Tatiana e Daniel, o Copacabana Palace foi o cenário escolhido para receber os 420 convidados. "Sempre tivemos um carinho especial pelo hotel! Além disso, minha irmã também casou lá e foi incrível. Por isso, não tínhamos dúvida de que seria o lugar...
Leia mais

Casamento na Fazenda 7 Lagoas: Bruna Valério + Bruno Cunha

Bruna Valério e Bruno Cunha se conheceram na faculdade, em Presidente Prudente, que é a cidade do noivo. "Namoramos por oito anos e o pedido de casamento foi tradicional, em um jantar com as nossas famílias!", conta Bruna. Como queria que a organização do casamento fosse um momento tranquilo e especial, Bruna contou com a ajuda da mãe e não teve pressa - os preparativos duraram um ano e quatro meses. Para dizer o "sim", os noivos optaram por "fugir da loucura de São Paulo" e escolheram a Fazenda 7 Lagoas como cenário do grande dia. "Sempre conheci o lugar, que fica muito próximo à casa da minha família. Fiquei encantada com a natureza do espaço e o local da cerimônia me conquistou!", comenta. Bruna sonhava com uma decoração clássica, e foi exatamente o que a Madame Fiori Decor & Design proporcionou aos noivos. A paleta de cores teve verde e branco, com mobiliário em bege e detalhes em dourado. A Fazenda 7 Lagoas também cuidou do menu do casamento. "Antes da cerimônia, os convidados foram recebidos com uma mesa de boas-vindas, com águas aromatizadas, chás e aperitivos leves. Depois da cerimônia, tivemos um coquetel, com canapés e finger foods, seguido pelo jantar com serviço americano. No lanchinho da madrugada, tivemos mini cheeseburgers com fritas", detalha. Bruna sempre soube o que queria para o vestido de noiva. E mais uma vez, o estilo clássico predominou. O modelo escolhido por ela tinha saia volumosa, decote ombro a ombro e mix de renda com bordados. "Sempre quis usar um véu bem grande, por isso, escolhi véu de tule duplo, para dar bastante volume!", conta. Fotos: Edu Federice | Assessoria: Ana Paula Tabet | Espaço, buffet e bar: Fazenda 7 Lagoas | Decoração e flores: Madame...
Leia mais

Casamento em São Paulo: Natália Andrade + José Renato Pípolo

O encontro de Natália Andrade e José Renato Pípolo aconteceu por uma série de coincidências. "O Zé ia se mudar para Miami e era a última semana dele no Brasil. Coincidentemente, eu, que sou baiana, também estava em São Paulo e havia ido no Bar Número para um girls night out. Quando o Zé me viu, passou a noite toda puxando papo e querendo me conhecer. No dia seguinte, ele me chamou para jantar, mas achei que nossa história não tinha muito futuro por causa da distância, então acabamos não saindo. Mas eu estava enganada! Uma semana depois de ele chegar em Miami, mandei uma mensagem perguntando como estava a vida e nunca mais ficamos sem nos falar!!", relembra Natália. O noivo sempre gostou de fazer surpresas e planejar momentos especiais e, para fazer o pedido de casamento, não foi diferente. "Ele me disse que teríamos um casamento no Ponta dos Ganchos, em que ele seria padrinho. Quando fomos nos aproximando da ilha particular do próprio hotel, percebi que não havia mais ninguém. Até achei que tínhamos chegado muito cedo... Mas, quando atravessamos a ponte, vi que havia somente uma mesa para nós dois, fotos nossas, balões de coração.. foi muito romântico! Ele disse era a comemoração dos nossos três anos juntos, mas, no meio do jantar, colocou a caixinha do anel na minha frente e fez o pedido!". Os preparativos foram rápidos e duraram apenas oito meses. "O nosso assessor, o competentíssimo Miguel Kanashiro, nos ajudou muito com toda a programação e me indicou profissionais que valeram muito a pena!", elogia a noiva. Natália sempre teve vontade de dizer o "sim" em um jardim, mas também queria...
Leia mais

Casamento clássico: Nathalia de Riccio + Rodrigo Santos

O Facebook foi o responsável por "apresentar" Nathalia de Riccio e Rodrigo Santos. "Estávamos em um grupo de preparação para a prova oral do concurso da Defensoria Pública. Nós dois fomos aprovados e foi na comemoração que tudo começou! Foi tudo muito intenso e, desde o início, tive a certeza de ter conhecido o amor da minha vida!! Tanto é que, após quatro meses de namoro, estávamos na Igreja Nossa Senhora do Brasil para marcar a data do casamento! Não contamos nada para ninguém, só para minha mãe, que ficou surpresa, mas nos apoiou muito!", conta Nathalia. Quando estavam juntos há quase oito meses, Rodrigo fez o pedido de casamento oficial. "Eu tomei posse na Defensoria Pública do Ceará, estado do Rodrigo. Em um final de semana, fui visitar meus pais em São Paulo e ele disse que não poderia ir comigo, pois teria que trabalhar. Então, eu nem imaginava que o pedido seria feito naquele final de semana! Mas ele já havia comprado passagens, reservado o hotel e combinado tudo com meus pais. Minha mãe, então, marcou um jantar em casa para a família, para que o pedido pudesse ser feito! Ele chegou depois que toda a minha família já havia chegado e quase morri do coração!! Ele fez o pedido mais lindo, ajoelhou e tudo!", relembra. Como os noivos moram em Fortaleza e o casamento seria em São Paulo, Nathalia fez questão de escolher a assessoria a dedo. "Os preparativos duraram 11 meses e os queridos da Hora do Buquê foram imprescindíveis!", comemora. Depois de visitar alguns espaços para receber os 250 convidados, Nathalia e Rodrigo escolheram o Buffet França. "Não tivemos dúvidas! Queríamos um lugar em que...
Leia mais

Casamento clássico: Rafaella Milanese + João George Behisnelian

Foi no trabalho que Rafaella Milanese e João George Behisnelian se conheceram. "Namoramos por cinco anos antes de casar!", conta a Rafaella. Para o pedido de casamento, João George escolheu uma noite fria em Campos do Jordão como cenário. "Amamos a cidade e ele fez tudo o que eu amo: comprou queijos, vinhos e champagne, e ficamos só nós dois curtindo o friozinho!", relembra. Rafaella sempre quis um casamento tradicional e fazia questão de que Anna Quast e Ricky Arruda fossem os fotógrafos. "Eles foram os primeiros fornecedores que fechei por conta da data!", conta. Os preparativos levaram um ano e a assessoria de Marina Bedaque foi fundamental! "Ela me alertou sobre tudo, e isso faz muita diferença, e fez tudo sair perfeito!", elogia. Como a família do noivo é armênia, a cerimônia aconteceu na Igreja Armênia. "Foi a Igreja que o um dos avôs do noivo, que já faleceu, ajudou a construir. Então, casamos lá com muito gosto!", explica. Para receber os 730 convidados, os noivos escolheram o tradicional Monte Líbano. Escolher o vestido de noiva não foi difícil para Rafaella. "Foi um dos primeiros que provei e, de cara, me apaixonei!". Como o modelo tinha  uma capa de renda, a noiva optou por não usar véu. Coque alto e maquiagem leve complementaram o look. Clássico, como o casamento todo, o convite ficou por conta da S-Cards: O The King Cake fez o bolo do casamento, que também seguiu o estilo clássico. Fotos: Anna Quast e Ricky Arruda | Assessoria: Marina Bedaque | Espaço e buffet: Monte Líbano | Decoração: Joel Matsuoka | Bolo: The King Cake | Doces: Danielle Andrade, The King Cake e Pati Piva | Vestido de noiva: Pronovias | Cabelo e maquiagem: Camila Irala | Traje...
Leia mais

Casamento na praia: Renata Figueiredo + Vitor Del Santo

Para quem não acredita em "um amor para a vida toda", Renata Figueiredo e Vitor Del Santo estão aí para provar que ele existe, sim! "Nos conhecemos na praia e começamos a namorar quando eu tinha 14 anos e ele, 15. Nunca nos separamos e namoramos por 13 anos!", conta Renata. O pedido de casamento foi uma surpresa total e veio com o aniversário de 25 anos da então futura noiva. "Sem contar para ninguém, ele decidiu me pedir em casamento. No meio da festa, ele pegou uma garrafa de vinho, pediu a atenção de todos, ajoelhou e fez o pedido!", relembra. Assim que começaram os preparativos, que duraram um ano e dois meses, Renata e Vitor já contrataram a assessoria da Liloá Eventos. "A Liloá esteve comigo em todos os processos, tudo foi decidido com elas, minha mãe, minha sogra e meu marido. Não tivemos desafios ou imprevistos, porque elas deram todo o suporte que precisei e tudo foi feito com muita antecedência!", elogia Renata. Além de terem se conhecido na praia, os noivos amam o mar! Por isso, não foi surpresa quando se decidiram casar em São Sebastião. "É o lugar que mais amamos no mundo! Todas as nossas viagens foram para lugares de praia e vamos todo final de semana! Então, dizer o 'sim' na praia, ao por do sol, era um sonho meu e dele", explica. Renata não é fã de decorações coloridas, por isso, optou pelo clássico verde e branco. Mas o conceito ganhou toque de azul, que aparece nas louças. Como o noivo ama gastronomia, o buffet foi escolhido a dedo - e a eleita foi a Divani! "Optamos pelo serviço americano, com ilha gastronômica e lanchinho da madrugada. Por ser na praia,  o...
Leia mais

Casamento clássico: Michelle Mikaelian + Lobert Gudjenian Junior

"Inusitado" é o adjetivo que melhor descreve a situação em que Michelle Mikaelian e Lobert Gudjenian se conheceram. "Por mais bizarro que possa parecer, foi em um velório. O Jr é bisneto da irmã do meu avô (sim, somos primos distantes, mas não faço ideia desta distância, rs!) e nos conhecemos no velório dela", conta Michelle. Os dois começaram a namorar em 2009 e o pedido de casamento aconteceu cinco anos depois. "O Jr nunca foi romântico, mas eu sempre deixei claro que, quando ele fosse me pedir em casamento, que me desse um solitário. No Dia dos Namorados de 2014, fui para a casa dele e, quando descemos para jantar, ele me aparece com a sacola de uma joalheria e, quando abri a caixa, era um solitário! Detalhe: mãe dele estava na cozinha - por isso digo que ele não é nada romântico", se diverte a noiva. Com um ano e meio para organizar o casamento, Michelle e Lobert decidiram seguir a tradição da família armênia. "Meu maior sonho sempre foi casar na Igreja Apostólica Armênia, onde fui batizada", conta. E assim foi! Para receber os 330 convidados, os noivos elegeram o Buffet França. "Fazíamos questão de proporcionar uma gastronomia de ponta para os nossos convidados, então escolhemos o Buffet França. Além disso, o espaço fica próximo à Igreja, o que facilitou bastante", explica. Como conhecem e confiam no trabalho do Buffet França, Michelle e Lobert fizeram a degustação apenas 15 dias antes do casamento. "Tivemos um cardápio bem variado, com saladas, peixe e massas. Optamos pelo serviço americano, para a festa ficar mais dinâmica. Mas, para mim, o que não podia faltar era o sorvete de tangerina deles, que é o melhor!!",...
Leia mais

Casamento em Ribeirão Preto: Andrea Belezini + Igor Gomides

Andrea Belezini e Igor Gomides sempre moraram na mesma cidade, por isso, se conheciam de vista. "Estudávamos na mesma escola e começamos a ficar durante o colegial. Namoramos por nove anos", conta Andrea. Na virada de 2014 para 2015, em Jericoacoara, aconteceu o pedido de casamento. "Quando começaram os fogos de artifício, ele começou a me desejar 'Feliz Ano Novo' e, de repente, ele falou 'quero ficar com você pra sempre, casa comigo?'. Eu nem me dei conta de que era um pedido oficial e continuei vendo os fogos. E quando olhei para ele, ele estava com a caixinha do anel!", relembra. O casamento para 370 convidados aconteceu em Ribeirão Preto, na Casa de Campo, um espaço rodeado por natureza - como Andrea sempre quis! Como é arquiteta, a noiva cuidou dos mínimos detalhes da decoração. "Sou super moderna, mas, para o casamento, quis uns toques clássicos", explica. A princípio, Andrea queria uma cerimônia ao ar livre, mas acabou se apaixonando pela capela do local. "Achei que ficaria mais emocionante lá! Além disso, não tinha risco de imprevistos por causa de chuva, que era uma preocupação muito grande", justifica. O vestido de noiva de Andrea teve assinatura de Nanna Martinez para Whitehall. "Eu não sabia exatamente o que queria, mas quando fui na Whitehall, resolvi tudo praticamente na primeira conversa com a Nanna!", elogia. O resultado final foi um modelo sem mangas, com lindos bordados e saia em cascata na parte de trás. "Nunca fiz questão de véu, mas acabei escolhendo um bem clean com acabamento em cetim, para não interferir no vestido", conta. A beleza da noiva teve penteado meio-preso, finalizado com arranjo de flores de tecido, também da Whitehall. As cadeiras medalhão e o projeto floral em verde e branco com pinceladas de rosa claro garantiram o ar clássico da...
Leia mais

Casamento em São Paulo: Maily Ferraresi + Gustavo Maia Coelho

Maily Ferraresi e Gustavo Maia Coelho se conheceram em uma festa na praia, em novembro de 2012. "O Gustavo tinha acabado de voltar para o Brasil, depois de muitos anos morando em Los Angeles. Ficamos trocando olhares por um tempo, até que ele veio conversar comigo. Trocamos telefones e, logo, começamos a sair e a namorar", conta Maily. Para tornar o pedido de casamento ainda mais especial, Gustavo escolheu fazê-lo durante uma viagem às Bahamas. "Estávamos jantando, quando ele ajoelhou na minha frente e fez o pedido! O mais lindo foi saber o cuidado na escolha do anel de noivado. O Gustavo queria um modelo específico que só era vendido fora do Brasil, então fez a encomenda à distância, seis meses antes. Durante a viagem, ele deu um jeito de escapar do hotel e foi até a joalheria pegar o anel!". Para receber os 280 convidados, os noivos escolheram o Iate Clube de Santos, em São Paulo. "Em 2015, fomos a uma festa lá e, quando entramos no local, ficamos boquiabertos com a beleza do espaço! Tudo nos encantou e até comentamos que nosso casamento só poderia ser lá", explica. A decoração seguiu o estilo clássico, com projeto floral em verde e branco e peças de prata e cristal. Como já tinha uma ideia do que queria, Maily não teve dificuldades para escolher o vestido de noiva. Assinado por Isabella Narchi, o modelo clássico tinha mangas longas, decote ombro a ombro e aplicações de renda. "Fiz questão de um véu longo para cobrir toda a escadaria da cerimônia", conta Maily. A beleza da noiva teve assinatura de Erick Santos, que apostou em maquiagem iluminada e coque clássico finalizado com mini-pérolas. Todo em branco e com monograma em relevo, o convite da Papel e Estilo seguiu o estilo...
Leia mais

Casamento clássico: Esther Collet + Mateus Biselli

Esther Collet e Mateus Biselli se conheceram em 2009, durante um luau na Riviera de São Lourenço. Foram oito anos de namoro e o pedido de casamento teve um significado ainda mais especial. "Foi depois de um jantar no dia que seria o aniversário do meu pai, que havia falecido há pouco mais de um mês. O Mateus quis fazer uma homenagem a ele. O pedido aconteceu em frente a uma de nossas vistas favoritas de São Paulo, a noite estava linda e iluminada! Fiquei em choque com o anel de noivado, que era da avó dele", conta Esther. Os preparativos duraram quase um ano e meio, e a assessoria ficou por conta da Entrevento. "A Adriana, da Entrevento, foi essencial e nos ajudou muito! Ela entendeu bem o nosso gosto e confiamos demais nela! Resultado: foi tudo a nossa cara!", conta Esther. Os noivos queriam que a cerimônia acontecesse em uma Igreja acolhedora e não tão grande. "Como sou muito devota de São José, escolhemos a Igreja São José do Jardim Europa", explica. A festa para 310 convidados teve a Villa Jockey como cenário. "Sempre imaginei um espaço que tivesse uma vista linda. Por isso, quando entramos na Villa Jockey e vimos aquela skyline, já estava decidido! Também gosto muito daquela entrada com pé direito alto e janelas amplas de vidro", justifica. Esther e Mateus imaginaram uma decoração clássica, e escolheram Mariana Bassi para assinar o projeto. "Prima-irmã" de Luciana Collet, Esther sempre quis que a estilista (que também foi sua madrinha) desenhasse o vestido de noiva. "Eu e a Lu conversamos por meses até chegarmos no meu vestido dos sonhos. Mudei de ideia muitas vezes, mas, quando comecei a imaginar o modelo da forma como ficou, não tive mais dúvidas! Adicionamos bordados de margaridinhas brancas ao longo...
Leia mais