Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Como incluir madrastas e padrastos no casamento?

duvidas1

Nos dias de hoje, pais divorciados acompanhados de novos cônjuges são uma constante em casamentos. Às vezes, as madrastas/os padrastos são muito queridos pelos noivos; às vezes, não… Há mães/pais que lidam bem com o segundo casamento de seus ex-companheiros; outros, não… Enfim, cada caso é um caso! E já que a etiqueta tradicional não prevê os “novos formatos de famílias”, pedimos para a Blue Wedding DesignFornecedoresBLUE WEDDING DESIGNAssessoria & CerimonialSão Paulo (Capital)Leia mais tirar as dúvidas de quem precisa adaptar o protocolo para incluir madrastas e padratos no casamento.

duvidas-blue-wedding-1

1. Quero homenagear meu padrasto, com quem minha mãe é casada desde que sou criança, colocando o seu nome no convite. Ao mesmo tempo, não quero deixar o nome do meu pai de fora. O que fazer?

A etiqueta tradicional diz que apenas os nomes de pais e mães constem no convite. Se sua mãe ou sogra casaram-se de novo e adotaram o sobrenome do novo marido, é este que deverá ser utilizado no convite. Mas se você ou o seu noivo não quiserem que apareça somente o nome dos pais, pois querem homenagear o padrasto e/ou a madrasta, sugerimos utilizar a escrita do convite mais moderna, quando se coloca o nome dos noivos e a frase “juntamente com suas famílias” ou “com a benção de suas famílias”.

Exemplo de convite com a escrita moderna:

Nome da noiva & Nome do noivo 
Juntamente com suas famílias

2. Gostaria de entrar com o meu pai e com o meu padrasto na cerimônia. Como devo organizar o cortejo?

Essa situação é cada vez mais comum. Você pode dividir a entrada em dois trechos: o pai/padrasto leva até um ponto e o outro segue com você até o altar. Em casamentos ao ar livre e, conseqüentemente mais despojados, o cortejo adaptado desta maneira flui com naturalidade. Se não se sentir confortável de fazê-lo em uma cerimônia tradicional na igreja, saiba que reservar um lugar para o seu padrasto no altar já é uma forma de prestigiá-lo.

O padrasto da noiva Marina Canabrava levou-a até a nave, onde entregou-a ao pai.

O padrasto da Marina Canabrava, cujo casamento postamos aqui, levou-a do local onde se arrumou até a nave. Lá, entregou-a ao pai, que a conduziu ao altar. Outro exemplo de noiva que entrou com pai e padrasto foi a Helena Bordon. ( Fotos: Leo Drummond Fotografia )

3. Meu pai faz questão de estar com minha madrasta no altar. Como isso pode ser feito sem causar constrangimentos para a minha mãe? E se meu pai entra comigo, com quem a minha madrasta deve entrar?

No formato tradicional de cortejo, os padrastos e madrastas não ganham destaque na cerimônia e não participam da mesma. Eles se sentariam na primeira fileira de bancos. Mas tudo depende de como as famílias querem conduzir este assunto. Caso queiram que eles participem, pode ser feito da seguinte forma. Vamos supor que os pais do noivo são separados e ambos têm um novo par. A organização seria:

– a mãe do noivo entra com o noivo;
– a mãe da noiva entra com o pai do noivo;
– o padrasto e madrasta do noivo entram juntos e trocam as posições no altar, depois que o pai da noiva chegar.

Agora, se apenas um deles tiver casado novamente, o ideal é convidar alguém para entrar com a madrasta/o padrasto, lembrando que esta pessoa fará par com o pai/mãe (que ficaria “sem par”, pois não se casaram novamente) no altar e no cortejo de saída.

4. Na hora da valsa, posso dançar com meu pai e com meu padrasto?

Você pode começar a valsa dançando com seu pai e dançar a segunda parte com seu padrasto ou dançar uma música com cada um. Se optar por dançar uma música com cada um e achar que vai ficar muito longo, pode pedir para o DJ editar as músicas deixando-a mais curtas.

5. Não tenho uma boa relação com a minha madrasta. Por mim, nem a convidaria. O que devo fazer para minimizar a “saia justa”?

Se você não têm um bom relacionamento com sua madrasta, o mais seguro é que sejam seguidas todas as “fórmulas” de um casamento tradicional. Sua madrasta não terá papel relevante em nenhuma das etapas da cerimônia e festa, mas deve ser convidada.

6. Meus pais não se dão bem e sinto que a minha mãe se incomoda com a presença da nova esposa do meu pai. O que posso fazer para evitar possíveis atritos?

Nossa sugestão é que vocês conversem com os seus pais com muito carinho e firmeza, mostrando o quanto a ajuda deles é importante neste momento em que a convivência harmoniosa de todos é fundamental. Este é o dia de VOCÊS e eles, com certeza, não querem desapontá-los. Se o relacionamento entre eles for difícil, peça-lhes que, ao menos, comportem-se civilizadamente. Não precisam se sentar à mesma mesa durante a festa, trocar abraços e beijinhos. Evitar “cenas” e trocar um aperto de mão já está de bom tamanho. Se todos se respeitarem, tudo fluirá harmoniosamente.

*Se vocês tiverem mais dúvidas em relação a madrastas e padrastos no casamento, deixem nos comentários.

Leia também: 10 dúvidas tipo “saia justa” em relação à lista de convidados
E mais: Como escolher as músicas da cerimônia de casamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *