Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Menu brasileiro para casamentos

“Meu noivo é estrangeiro e vamos nos casar no Brasil. Como a família e amigos dele virão para cá, acho que seria bacana servir um menu brasileiro, mas tenho medo que não fique sofisticado, já que a comida brasileira tende a ser pesada… Alguma sugestão?”

Recorremos a quem entende do assunto para responder com propriedade, já que não somos da área gastronômica… Por isso, convidamos a chef Martha Bender, do buffet Banqueting, que faz uma das melhores feijoadas de São Paulo (entre outras coisas deliciosas, claro!), para responder.

banqueting“É comum que noivas brasileiras se casando com estrangeiros aqui no Brasil queiram apresentar um pouco da nossa cultura aos convidados. A mesa brasileira é muito generosa, pois sempre cabe mais um. Herdamos do portugueses o caráter de sermos bons anfitriões e o gosto por receber com mesa farta. Além disso, a nossa cozinha é especial pela variedade de ingredientes e temperos – por se tratar de um país continental, a variedade é imensa do norte ao sul. E cada lugar é muito diferente.

Para elaborar o cardápio, comecei a pensar em diversos pratos. Alguns deles nem são originalmente brasileiros, mas em um país tão miscigenado como o nosso acabaram sendo adotados por nós e, às vezes, adaptados. Fiz algumas sugestões que podem agradar a todos os convidados, não necessariamente apenas aos gringos. O menu pode ser para um casamento na fazenda, na praia, um almoço ou simplesmente se os noivos curtirem comida brasileira.

COQUETEL:

– Beiju: cada buffet tem sua maneira de fazer, eu gosto muito com tatar de pupunha gratinado ou com parmesão e manteiga

– Mini Cuscuz: que pode ser de camarão, peixe, legumes. Gosto dele também servido no buffet como o molho à parte

– Bobó de camarão: é uma delicia e, no coquetel, pode ser como recheio de vol-au-vent ou tartellete. Outra opção é em cumbuquinhas, acompanhado de pirão ou purê de mandioca ou até mesmo como recheio de ravioli que fica uma delícia.

– Comidas de boteco: são muito descoladas, como mandioca e polenta frita, coxinhas, bolinhas de queijo, empadinhas, bolinho de bacalhau, bolinha de carne seca com abóbora, pasteis e afins. As pessoas têm muito preconceito com esses itens, mas quando bem feitos e apresentados com charme são uma gostosura, não tem quem não goste!

– Creme de abóbora: para esquentar a alma neste inverno! Abóbora pode ser servida também em forma de purê com carne seca em cima.

– Escondidinhos: variados sempre são uma boa pedida. Eles podem ser de mandioquinha com camarão, polenta com ragu de carne, purê de batata com carne moída e azeitonas. Para os vegetarianos pode ser feito com polenta e ragu de mix de cogumelos. Temos também o famoso prato mineiro: a vaca atolada que nada mais é que purê de mandioca com carne de costela bovina desfiada e couve.

PRATOS PRINCIPAIS:

– Picadinho com arroz, farofa de banana da terra e crisps de couve

– Feijoada, por que não? caso seja um almoço despojado

– Moqueca de robalo com camarões e pirão é muito gostosa só tomar cuidado com o azeite de dendê para não ficar muito pesado, assim pode ser servido muito bem em um jantar

DOCES (A mesa de doces é uma coisa típica brasileira. Essa fartura toda deixa qualquer estrangeiro boquiaberto):

–  Que tal uma goiabada cremosa com mascarpone? Ou um souflé de goiabada com calda de catupiry, para pequenos casamentos?

– Pudim de claras com creme inglês é um de meus pratos prediletos, apesar de não ser tão brazuca assim. Temos também pudim de leite, de tapioca, manjar branco. Aliás, ô povo que curte pudim é o nosso, hein!

– Pavê é uma coisa super caseira, mas com uma pitada de sofisticadão fica bem bom. Chega até a combinar com o nosso clima se for feito com frutas vermelhas ou maracujá

– Doces em calda com requeijão e um belo queijo fresco pode ser muito charmoso em belas peças de cristal!

– Frutas da estação laminadas para os estrangeiros que adoram ver toda essa nossa variedade

– Cocada mole, doce de leite e ambrosia são doces de fazenda que fazem o maior sucesso

– Brigadeiros enrolados, de colher, nos copinhos – um clássico e nostálgico doce que lembra nossa infância

CAFÉ:

– Sequilhos que derretem na boca

– Bolo de rolo bem fininhos

– Casadinhos de goiaba

– Biscoitinhos de castanha de caju

Na madrugada, podem ser feitas tapiocas na hora, caldinho de feijão ou até mesmo nosso bom e velho amigo, o pão de queijo.

Ah, e não podemos nos esquecer do bem-casado, nosso amado doce-lembracinha!

Tenho certeza que não há quem resista e não fique encantado com nossos temperos e jeitinho brasileiro de ser!”

menu brasileiro casamentos banqueting

Fotos: Banqueting

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *