As noivas que gostam de vestidos de noiva despojados e fluidos vão adora nosso bate-papo de hoje. A estilista Stéfanie Saltini, nome à frente da Teti Gio Bridal GuideTETI GIOVestidos de FestaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio, traz o estilo no DNA, e além de dar dicas, contou todo o processo de criação dos modelos sob medida, e de seu conceito taylor made, onde a noiva pode experimentar diferentes saias e corpetes, e misturá-los até chegar no modelo dos sonhos. Dá uma olhada:

– Você começou no mercado de vestidos de festa. Como se deu a transição para o mundo bridal?

Comecei com uma ateliê de portas fechadas, atendendo apenas vestidos de festa sob medida e moda casual para o dia a dia. Como sempre tivemos clientes fiéis e um estilo muito especial, que preza pelo conforto e pelos bons acabamentos, os pedidos por desenvolver vestido de noiva eram inevitáveis.

– Como funciona o ateliê bridal ?

Atendemos com hora marcada, e lá é onde a mágica acontece. Além de vestidos prontos, tenho também várias “partes” de vestidos, como saias, corpetes… A ideia é que a noiva chegue, experimente os modelos prontos para sentir o que gosta e o que não gosta, e só depois que começamos a montar um modelo exclusivo com as partes. Brinco que é um Frankenstein! rs E elas gostam, porque como estilista eu sei o que funciona para o corpo de cada uma, mas gosto que elas comprovem o que estou dizendo no corpo. Depois de definir o modelo, entramos em uma parte de materiais. Trago muitas rendas de fora do País, e também podemos custmoizar as peças com bordados e aplicações, de acordo com o sonho das noivas.

– Quais são as suas principais inspirações?

É difícil falar de inspiração, porque gosto de criar vestidos com a cara da minha marca, com peças fluidas, leves e românticas. O que faço, e aqui pode servir como minha inspiração, é muita pesquisa. Como moro em Nova York (mas venho sempre ao Brasil para os atendimentos), vou em todas as lojas, das internacionais às locais, experimento tudo, analiso costura, acabamentos… Tudo para entender quem seria aquela mulher que poderia vestir aquela peça e com qual eu me sinto bem.

– Por onde deve começar uma noiva que está se sentindo um tanto perdida para encontrar o seu estilo?

Quando a noiva chega ao meu ateliê, normalmente já tem várias fotos e referências, e muitas delas que não têm nada a ver uma com a outra. Sou prática, gosto de mostrar, mais do que falar. Então, minha dica é provar! Como disse, no ateliê eu faço ela provar de tudo para ter certeza do que gosta e ter ainda mais certeza do que não gosta.

– Qual o maior desafio de transformar o sonho do vestido de noiva em realidade?

Acho que não é uma questão de desafio, mas sim de ter consciência: tanto do que a noiva busca, quanto do que você faz. Aqui no ateliê, temos a possibilidade de realizar grande parte dos sonhos. Temos muitos tecidos, acabamentos, modelagens… mas eu sei o que faço bem, do que gosto e o que tem a ver com meu trabalho. E muitas vezes, eu direciono a noiva para outro profissional, alguém que possa realizar o sonho dela.

– Quais tecidos você indica para casamento na praia?

Vestidos para casamentos na praia são os que mais fazemos, justamente pelo nosso DNA de modelos mais fluidos. Gosto muito de georgete de seda, crepe de chine, tule de seda com poá. Tecidos leves!

– Existe algum tecido que seja mais fácil de transportar em caso de destination wedding?

Existem tecidos que não amassam, ou quase não amassam, mas esses não são de seda, e sim de poliéster. O caimento é diferente, não adianta. Eu prefiro mil vezes que a noiva leve um steamer na bolsa, que faça um vestido de um tecido menos nobre.

– Você orienta a noiva em relação à escolha do acessório de cabelo e penteado?

Tenho opções lindas na loja que combinam com o estilo dos nossos vestidos, mas claro que se a noiva quiser algo específico de outro lugar, eu oriento e ajudo a escolher, sim.

– Quais as três dicas que você daria para a noiva na hora de fazer o vestido?

  1. Esteja segura do modelo que você escolheu e tenha certeza que você será muito feliz com ele!
  2. Procure sua estilista após ter uma data e um mood do casamento, isso influência no modelo;
  3. Confie na estilista que você escolheu.

. . . . . . . . . . 

Veja também: A coleção de vestidos de festa da Teti Gio

Ficha Técnica

Fornecedores que

Vestidos de Festa: TETI GIO Bridal GuideTETI GIOVestidos de FestaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio