Blog

Bate-papo com Ricardo Dias

Há mais de 20 anos no mercado, Ricardo Dias se tornou uma das grandes referências em iluminação e som de eventos. Apesar de não serem serviços que chamam a atenção da noiva logo de cara, são de extrema importância! Enquanto a luz dá o clima da festa (valorizando ou comprometendo a decoração), a sonorização bem feita é fundamental para o sucesso da pista de dança! Como ambos os temas são bem técnicos e um tanto complexos, aproveitamos o expertise de Ricardo Dias neste bate-papo para explicar o que é uma boa iluminação, apontar os erros comuns e dar algumas dicas para a pista.

Bate-Papo-ricardo-dias

Quando você entrou no mundo dos casamentos?

Em 1993, quando, aos poucos, fui migrando da produção de baladas para as festas e eventos sociais. Um dos casamentos mais importantes que fiz no início da minha carreira e que me projetou bastante foi o do presidente da Fepasa (Ferrovia Paulista S.A.).

Como a iluminação influencia na decoração? E o que você considera uma boa iluminação?

Imagina que é como se você estivesse entrando num teatro, onde tudo precisa estar com a iluminação correta para criar o efeito desejado – é um espaço cênico. Uma má iluminação é capaz de estragar uma boa decoração.  A luz de um casamento precisa ser suave e elegante, ela não pode ser direta. É uma questão complexa. Você não ilumina diretamente o rosto das pessoas, você ilumina o arranjo e o arranjo ilumina as pessoas, entende? Além disso, tem a questão do foco, que precisa estar em todas as direções dos arranjos, porque as pessoas chegam de todas as direções. Eu uso pelo menos três focos de luz diferentes. Sem falar que cada tipo de arranjo pede um tipo de luz.

Também existe diferença de luz em relação ao tempo. No início, as pessoas ainda estão chegando e querem ser vistas, por isso a intensidade da luz costuma ser maior. Com o tempo, a luz vai diminuindo e ficando mais aconchegante.

E quais são os principais erros?

Luz verde e âmbar são um pecado. Nenhum do elementos cênicos pode mudar de cor. A comida não pode mudar de cor. A iluminação com velas é a mais gostosa, por isso acho bacana tentar se aproximar ao máximo da cor da vela. Tons pastel, pêssego e champanhe são indicadas para que não se altere a cor das coisas.

Além da questão da cor, também tem o problema da luz em pontos errados. Por exemplo, não se pode colocar luz quente sobre a mesa de doces, com o risco de derreter os docinhos. Ao mesmo tempo, a luz não pode estar longe da mesa. Na cerimônia, a iluminação direta sobre os rostos dos noivos cria sombras indesejáveis para as fotos.

E não poderíamos deixar de falar das luzinhas (aquelas de Natal que fazem o maior sucesso em casamentos), né?

Sim, elas dão um efeito lindo à decoração. Fomos uns dos primeiros a fazer isso. Demora bastante para montar essa estrutura, mas hoje em dia a gente consegue colocar 80000 luzinhas em 6 horas!

A iluminação tem que estar de acordo com o projeto de decoração. Como você alinha o seu trabalho com o do decorador?

Quando é um profissional com quem já costumamos trabalhar, o processo flui naturalmente. Quando é necessário, podemos orientar o decorador. E o que é imprescindível é ter a planta com o projeto pelo menos um dia antes da festa para montar e fazer testes.

Qual o casamento mais complexo que você já produziu em termos de iluminação?

Casamentos na fazenda, em geral, costumam ser mais complexos, pois as distâncias entre os espaços da festa são maiores. São muitos cabos, desde a entrada até a cerimônia e a festa, e o ideal é que eles não fiquem muito visíveis. Em uma festa tradicional, se usa umas 200 luzes, numa fazenda chega a 800! Mas gosto muito do resultado, fica coisa de filme.

Como deve ser a iluminação na pista de dança?

A pessoa que opera a luz precisa estar em sintonia com o DJ, controlando a iluminação e os efeitos de acordo com o tipo de música. Hoje em dia as pistas são mais coloridas. Normalmente se usa 12 moving lights, além de moving de LED.

E em relação ao som, qual o segredo para uma pista de dança animada?

Além de bons equipamentos sonoros, caixas de som com boa definição e um DJ alinhado com o clima da festa. A pancada do grave é o que faz com que a pista de dança se mantenha animada, mas com atenção para não chegar num nível que doa os ouvidos – para isso, os médios precisam ter boa definição também.

Por fim, gostaríamos que você desse conselho para as noivas.

Observe bem quem você contrata. Não vale a pena economizar com a luz, por que ela pode comprometer a decoração e as fotos do casamento. Muitas vezes, o decorador quer fazer um preço menor e acaba pecando na iluminação. Como a maioria das noivas é leiga no assunto, acaba aceitando. Nesses casos, o barato sai caro.

Abaixo, alguns dos trabalhos de iluminação de Ricardo Dias publicados no site:

01-decoracao-casamento-disegno-fasano-fotos-roberto-tamer-luzinhas-ricardo-dias-2

02-decoracao-casamento-disegno-fasano-fotos-roberto-tamer-luzinhas-ricardo-dias-23

03-casamento-judaico-maira-preto-lais-aguiar-casa-fasano-iluminacao-ricardo-dias-10

casamento-classico-lais-aguiar-fotos-cissa-sannomiya-e-flavia-vitoria-2

05-decoracao-casamento-lais-aguiar-leopolldo-08-iluminacao-ricardo-dias

festa-lancamento-revista-constance-zahn-casamentos-decoracao-1-18-project-03

cz-connection-casa-petra-decoracao-1-18-project-mel-e-cleber-foto-05

08-casamento-lais-aguiar-casa-petra-iluminacao-ricardo-dias-06

Almoço ao ar livre na Fazenda Vila Rica

A Fazenda Vila Rica e o Buffet Julio Perinetto realizaram um gostoso almoço ao ar livre para um grupo de assessoras de casamento da capital e interior de São Paulo. A decoração, assinada por Fabio Borgatto e Telma Hayashi, ficou tão linda que não poderíamos deixar de mostrar aqui. Uma boa inspiração para quem vai casar no campo!

O dia estava perfeito: céu azul e ensolarado! Contando com o rico e variado acervo da Festah Móveis, foram distribuídas pelo jardim diversas mesas de madeira, juntamente com cadeiras e poltronas nos mais diferentes modelos – ferro, palha, madeira etc. A intenção era que as convidadas se sentissem em casa, num tradicional almoço de família, onde os móveis são tirados de casa e levados para o jardim. Para deixar o dia mais colorido, arranjos florais nos tons de rosa, lilás e azul foram colocados em jarrinhas de louça antiga, copos de prata e vasinhos de cristal.

As convidadas foram recebidas pela porta principal da casa e direcionadas para uma das varandas, onde podiam degustar sucos e águas aromatizadas, preparados pelo Buffet Julio Perinetto. Em seguida, foram conduzidas para o jardim das palmeiras, onde foi servido o almoço.

O mise en place ganhou atenção especial com o uso de sousplats de perfume vintage no tom fresh rose, da Casa das Festas. Já os pratos tinham uma estampa floral que combinava com os arranjos, juntamente com os talhes e copos de cristal vintage. Para relaxar após o almoço, haviam lounges aconchegantes próximo à mesa de doces.

Na saída, todos receberam um kit contendo um pote de doce de leite da fazenda, moleskine, uma bebida e um CD com a trilha sonora do evento.

Um cenário charmoso e acolhedor, rodeado pelas palmeiras centenárias da Fazenda Vila Rica!

almoco-na-fazenda-vila-rica-fabio-borgatto-27

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-01

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-02

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-03

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-04

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-05

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-06

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-07

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-08

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-09

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-10

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-11

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-12

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-13

Almoco-na-fazenda-vila-rica-buffet-julio-perinetto-decoracao-fabio-borgatto-16

 Fotos: Nando e Edu Federice | Assessoria: Ana Julia Figueiredo | Espaço: Fazenda Vila Rica | Decoração: Fabio Borgatto e Telma Hayashi | Móveis: Festah | Materiais: Vintage and Cool | Sousplats: Casa das Festas | Buffet: Julio Perinetto | Bar: Shakers | Bebidas: Expand | Bolo e doces: Lamego Doces | Som e iluminação: DB2 Produções e Iluminax | Placas: Plaketas | Convites: Relevo Araújo | Lembrancinhas: Mary Linn’s Brownies, Blauss Maison e Fazenda Vila Rica (doce de leite) | Cantora: Lorena Pozza