Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Navegue como ou

5 tipos diferentes de naked cake

Para quem achou que a febre do naked cake já tinha passado, o que posso dizer é: ledo engano! Só essa semana, tivemos exemplares em todos os casamentos que publicamos aqui no site! E todos fizeram sucesso!

Com os casamentos no campo e na praia tão em alta, o naked cake continua aparecendo com freqüência! Há dois anos, fizemos um post com 5 ideias de naked cake (que continuam válidas), mas estava mais do que na hora de mostrar outros tipos do bolo sem cobertura! Então aqui vão mais algumas inspirações para quem vai fazer um casamento despojado:

Naked cake com a lateral espatulada, mais lisinha, fica rústico e delicado ao mesmo tempo:

naked-cake-alisado-casamento-01

– O recheio formando “bolinhas” cria um efeito bem fofo:

naked-cake-perolas-casamento-02

– Com a massa mais escura e com frutas secas, o bolo fica com ar rústico e outonal:

naked-cake-massa-bolo-ingles-casamento-02

– Com a calda escorrendo, é a mistura do drip cake (de que falamos no nosso site de 15 anos) com o naked:

naked-cake-drip-casamento-04

– E uma versão brasileiríssima é o bolo de rolo montado como bolo de casamento, como a Piece of CakeFornecedoresPIECE OF CAKEBolos & DocesSão Paulo (Capital)Leia mais faz (nas fotos abaixo e no casamento da Antonela Frugiuele):

naked-cake-bolo-de-rolo-casamento-02

( Fotos: reprodução )

Veja também: Bolos de casamento com efeito de lousa

E mais: 9 ideias de bolos de chocolate para casamentos

Decoração de casamento com muito verde e arranjos aéreos

Uma decoração com muito verde e que desse a sensação de estar em uma floresta foi o pedido que a noiva deste casamento na Casa FasanoFornecedoresCASA FASANOEspaçosSão Paulo (Capital)Leia mais fez à Lais AguiarFornecedoresLAIS AGUIARDecoração & CenografiaSão Paulo (Capital)Leia mais. E para realizar o desejo da noiva, a decoradora abusou dos arranjos aéreos! O mobiliário em madeira, ferro e cobre complementou a ambientação.

Como a mãe é de Recife, a noiva pediu que a decoração também fizesse referência à cidade. Por isso, Lais usou toalhas de rechilieu em algumas mesas.

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-1

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-2

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-3

A noiva queria que a decoração tivesse verde e branco, mas também pediu que Laís adicionasse mais cores ao espaço. Tons de chocolate, laranja e vermelho foram as apostas da decoradora.

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-11

O grande arranjo aéreo de orquídeas e folhagens, posicionado no centro do salão, recriou um jardim dentro da Casa Fasano e foi o grande destaque da decoração.

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-9

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-10

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-7

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-5

Como a noiva também fazia questão de que a decoração tivesse um tom aconchegante, Lais usou velas, tanto suspensas, quanto em castiçais. Os tapetes By KamyFornecedoresBY KAMY EVENTOSAluguel de MóveisSão Paulo (Capital)Leia mais também contribuíram para o clima de “recebendo em casa”.

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-4

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-13

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-8

O teto de um dos lounges recebeu velas suspensas e galhos retorcidos.

decoracao-casamento-lais-aguiar-casa-fasano-12

Fotos: Demian Golovaty | Espaço: Casa FasanoFornecedoresCASA FASANOEspaçosSão Paulo (Capital)Leia mais | Decoração e flores: Lais AguiarFornecedoresLAIS AGUIARDecoração & CenografiaSão Paulo (Capital)Leia mais | Móveis: Rubens Decorações e Tríade | Tapetes: By KamyFornecedoresBY KAMY EVENTOSAluguel de MóveisSão Paulo (Capital)Leia mais | Toalhas: Mesalinho | Iluminação: Ambiente Lightning

Saiba mais sobre preenchimento facial

DRA-MARCIA2

preenchimento-coluna-dra-marcia-linhares

Sabe aquela carinha de cansada? Aquele momento em que a nossa aparência não reflete como nos sentimos? E também quando notamos rugas indesejadas no rosto ou sentimos falta de volume nos lábiosIsso acontece porque, com o passar dos anos, nossa pele diminui a produção de ácido hialurônico e começamos a ver essas diferenças, principalmente no rosto, que passa a mostrar os sinais de envelhecimento.

Por meio de procedimentos injetáveis, que aumentam o volume dos lábios e suavizam as marcas faciais, os preenchedores de ácido hialurônico são uma opção para driblar os efeitos do tempo. Utilizados há mais de 20 anos, os preenchedores trazem versatilidade em um tratamento personalizado, já que pode ser adaptado ao seu tipo de pele e às necessidades específicas.

Como o ácido hialurônico está presente naturalmente no nosso organismo, os resultados são naturais e o procedimento é seguro e livre de cicatrizesGeralmente, as aplicações são feitas em regiões como o sulco nasolabial (famoso “bigode chinês”), lábios e região supra-labial, goteira lacrimal (área das olheiras), maçãs do rosto e contorno de mandíbula, e também podem preencher cicatrizes. O procedimento é feito no próprio consultório de forma tranquila e com a aplicação de um anestésico tópico. Durante os dois primeiros dias, a região pode ficar inchada e com edema, o que é normal. Pode haver até um hematoma, mas que sai em pouco tempo. Por isso é importante fazer preenchimento com pelo menos 15 dias antes de qualquer evento importante.

O preenchimento labial ainda é um ótimo recurso para quem tem lábios finos ou com falta de contorno. Muitas mulheres chegam à clínica querendo os lábios iguais aos da Angelina Jolie, por exemplo. Mas é sempre bom explicar que a gente consegue dar volume aos lábios, sim, mas não mudar o formato e a anatomia. Por isso é muito importante fazer o procedimento com um profissional de confiança, para que não aconteça exageros.

E para aquelas que já exageraram na quantidade de aplicações e se arrependeram, é possível, sim, reverter a situação. Existe uma enzima que pode ser aplicada no local e que absorve o produto, amenizando seus efeitos. 

Drª Marcia Linhares é especializada em dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiatria. Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), é uma das pioneiras a utilizar a técnica de laser no país e ex-chefe do departamento de laser da SBD Regional – RJ.