Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Navegue como ou

Casamento em casa: Elisa Vasconcelos + Vinicius Vicentin

Os amigos de Elisa VasconcelosVinicius Vicentin sempre souberam que os dois tinham tudo a ver. Decidiram apresentá-los durante um churrasco, e não é que a história deu em casamento? Com quatro anos de namoro, aconteceu o pedido de casamento“No Réveillon de 2014, na praia, ele entregou a caixinha do anel para a minha sobrinha e disse ‘pergunta para a tia Elisa se ela aceita casar com o tio Vica’. Foi uma surpresa e não tive como conter as lágrimas!”, relembra a noiva.

Elisa sempre quis dizer o “sim” na casa dos pais, onde morou a vida inteira. “Gostaria que os convidados fossem acolhidos nessa atmosfera de energia familiar, que é a base de tudo. Uma vez autorizada pelos meus pais, decidimos realizar a cerimônia e a festa lá!”, comenta. O casamento, para 200 convidados, foi organizado em um ano e meio de preparativos. O grande desafio foi preparar o espaço para contratempos climáticos“Optar pela cobertura foi uma decisão difícil, pois gostaria de casar ao ar livre. Mas, depois de tanta dedicação, não poderíamos correr esse risco”, explica Elisa.

Como é arquiteta, Elisa participou de todos os detalhes da decoração“Queria que o projeto acompanhasse a arquitetura da casa, com uma paleta de cores de tons mais terrosos, como coral, vermelho queimado e laranja mais escuro. O roxo e o verde fizeram a ponte para o jardim. Sempre quis fugir do tradicional no projeto floral. Então, pedi que os arranjos tivessem flores em tons terrosos, com bastante sementes e suculentas.

Elisa queria um vestido de noiva pronto e que fosse leve, para combinar com o clima descontraído de um casamento em casa. “Fiz uma seleção de modelos que eu gostava e, quando percebi, a maioria era da Yolan Cris. Então fui para São Paulo e, quando entrei na CasamarelaFornecedoresCASAMARELA NOIVASVestidos de NoivaSão Paulo (Capital)Leia mais, tive certeza de que lá estavam os vestidos mais lindos!”. O escolhido por ela foi um modelo com detalhes em renda, com transparência nas costas e no colo.

As instalações aéreas, com galhos, folhagens e velas, deixaram a decoração ainda mais aconchegante e intimista.

As almofadas tiveram estampas personalizadas, escolhidas a dedo por Elisa. “Hoje, elas faz parte da decoração da minha casa, conta.

Para garantir a leveza do espaço, a mesa dos doces foi feita de vidro“Ela foi posicionada entre as duas jabuticabeiras do jardim, que são a representação dos meus pais, explica Elisa.

Fotos: Estúdio Fotom e Fernanda Castilho (decoração) | Assessoria: Case Aqui | Flores: Juracy Britto | Móveis: Ornare | Decoração: Roni Vieira | Buffet: Dalila | Vestido de noiva: Yolan Cris para CasamarelaFornecedoresCASAMARELA NOIVASVestidos de NoivaSão Paulo (Capital)Leia mais | Acessório: Graciella Starling | Cabelo: Elen Bryto | Maquiagem: Fabio Gonçalves 

Editorial { La vie en rose }

Já postamos os editoriais Clássico e Natural e Gypsy Wedding, da Revista Constance Zahn Nr.3 (a nova edição está à venda aqui!), e agora chegou a vez do editorial de decoração  “La vie en rose“. 

Depois das tendências do dourado e do cobre, o ouro rosa é o metalizado da vez. Romântico e suave, ele dá o tom desta decoração que flerta com o universo da joalheria e traz um perfume vintage. A transparência presente nas mesas, cadeiras e bandejas confere leveza e serve de contraponto ao brilho rosado. Rosas, peônias, ranúnculos e proteas compõem os fartos arranjos e enfeitam cada detalhe da produção. Uma festa com glamour delicado para os casais que veem a vida em rosa.

O bolo metalizado do The King CakeFornecedoresTHE KING CAKEBolos & DocesSão Paulo (Capital)Leia mais foi decorado com uma garden rose de açúcar que de tão perfeita parece de verdade

Bar de champagne: o Perrier-Jouët Belle Époque RoséFornecedoresPERRIER-JOUËTBebidas & Serviços de BarSão Paulo (Capital), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Florianópolis, Goiânia, SalvadorLeia mais foi a escolha para brindar o amor. A toalha de paetês sai do óbvio e e dá um efeito iluminado à mesa

No menu preparado por Duas GastronomiaFornecedoresDUAS GASTRONOMIABuffets & BanqueteirosSão Paulo (Capital)Leia mais: coquetel de camarão com molho golf…

… Gelatina de champagne e rosa decorada com folhas de menta dourada…

… e mousse de coco fresco com água de rosas

Fotos: João Coelho | Decoração: Clarissa Rezende e Camila Rezende | Flores: Mônica RezendeFornecedoresMONICA REZENDEFloristasSão Paulo (Capital)Leia mais | 
Móveis: 100% EventosFornecedores100% EVENTOSCoberturas & Montagens EspeciaisSão Paulo (Capital)Leia mais | Cenário: Além da Mídia FornecedoresALÉM DA MÍDIAPersonalização de eventosSão Paulo (Capital)Leia mais| Montagem: Party Coberturas | Talheres, taças e materiais: D. FilipaFornecedoresD. FILIPAAluguel de MateriaisSão Paulo (Capital)Leia mais | Champanhe: Perrier-Jouët Belle Époque RoséFornecedoresPERRIER-JOUËTBebidas & Serviços de BarSão Paulo (Capital), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Florianópolis, Goiânia, SalvadorLeia mais | Buffet: Duas GastronomiaFornecedoresDUAS GASTRONOMIABuffets & BanqueteirosSão Paulo (Capital)Leia mais | Bolo: The King CakeFornecedoresTHE KING CAKEBolos & DocesSão Paulo (Capital)Leia mais | 
Doces: Stefan Behar Sucré | Convite: S-Cards

. . . . . 

Veja também: Editorial – Minimalismo com ar japonês

E mais: Editorial – Casamento n Bosque

Lua de mel: o mar de areias da Namíbia

País predominantemente desértico, encaixado entre a Angola e a África do Sul, conhecido por seus ricos e belos parques naturais e por suas paisagens tão inóspitas quanto inesquecíveis. O nome Namíbia é derivado do deserto Namib, conhecido como um dos mais antigos do mundo, com uma formação geológica única, que encantam pelas cores e formas. É um verdadeiro mar de areias de cor avermelhada, com dunas que se movem devido à ação dos ventos. Sua estreita faixa costeira conta com uma fauna e flora adaptadas ao clima seco e árido, incluindo diversas espécies de plantas, pássaros e répteis. Ao norte, o imenso parque nacional Etosha guarda grande preciosidade de vida selvagem, sem ficar atrás dos demais safáris do continente africano. A Teresa Perez, nossa especialista em lua de mel, nos mostra os encantos desse destino perfeito para casais aventureiros.

PASSEIOS

Windhoek

Windhoek é a capital da Namíbia e maior cidade do país. Está localizada em seu centro geográfico e é sua porta de entrada. Cidade multicultural, é marcada pela coexistência do estilo europeu e das características tradicionais da África. A influência germânica é bastante presente, e pode ser notada principalmente na arquitetura, na culinária e nas festas locais.

Sossusvlei

Sossusvlei é um dos mais belos desertos do Parque Namib-Naukluft, e fica na parte costeira da Namíbia. É famoso por suas gigantes dunas de areia, que atingem até 300 metros de altura e são as maiores do mundo. Um passeio memorável é andar de balão e apreciar a beleza das dunas que estão sempre mudando de posição devido à ação dos ventos, e de cor de acordo com o sol.

Parque Nacional Etosha

O Parque Nacional de Etosha é o grande responsável por tornar a Namíbia um destino famoso e bastante procurado por viajantes. É ali que está o safári mais conhecido do país com sua enorme população de elefantes. Foi declarado como parque nacional em 1907, com uma área de 270 km², abrigando 114 espécies de mamíferos, 340 espécies de pássaros, 110 répteis e até mesmo peixes. Os raros rinocerontes brancos são habitantes da região.

Skeleton Coast 
O nome Skeleton Coast, ou Costa do Esqueleto, se refere à grande quantidade de ossos de baleias e focas, além dos destroços de embarcações naufragadas que podem ser avistadas. A paisagem exótica da costa desértica sendo banhada pelo Atlântico é surpreendente. ​

Serra Cafema

Quase na divisa com a Angola fica a região remota de Serra Cafema, que divide sua beleza e cor com o povo Himba – alguns dos poucos nômades africanos que vivem ainda de forma rudimentar.
Os Himbas são alegres e mantém seus costumes seculares até hoje. As mulheres pintam seus corpos com um óleo avermelhado, mistura de banha de boi com uma pedra local, para fazer o asseio diário e se protegerem do sol. Uma enorme gama de atividades pode ser praticada neste lugar de tirar o fôlego. É possível andar de barco no rio Kunene, andar de quadriciclo pelas dunas e avistar os antílopes e avestruzes. Caminhar pelas remotas montanhas e vales iluminados pelo sol também são pontos altos da visita.

cz-lua-de-mel-namibia-africa-passeios-serra-cafema-1

HOTÉIS

Kulala Desert Lodge [Sossusvlei]

Em uma reserva particular, o Kulala Desert Lodge é o que oferece melhor acesso às famosas dunas de Sossusvlei. Passeios de balão, safáris a pé ou em 4×4 permitem a descoberta das fantásticas paisagens da região. As 23 tendas, ou “kulalas” apresentam estilo rústico, construídas sobre decks de madeira e equipadas com suítes e varandas. Uma experiência especial é dormir sob as estrelas – em uma cama montada sobre o telhado da tenda. Na área social, lounge, bar, área de jantar e piscina proporcionam momentos de descontração.

&Beyond Sossusvlei [Sossusvlei]

No coração do deserto da Namíbia, a estrutura feita de pedra e vidro abriga apenas dez suítes em um estilo rústico e confortável, oferecendo uma experiência intimista nesta remota paisagem da Namíbia. Um dos grandes destaques dos serviços oferecidos pelo lodge, o jantar organizado no deck externo, apreciando a majestosa vista do deserto, sob as estrelas, é aquele tipo de experiência difícil de esquecer. Na África, a vida selvagem está sempre ao alcance dos olhos.

Little Ongava [Etosha]

Um dos mais exclusivos lodges do Etosha, o Little Ongava conta com apenas 3 espaçosas tendas, equipadas com chuveiro ao ar livre, piscina de borda infinita, deck privativo e sala de estar com lareira. Os decks proporcionam vista panorâmica para os poços de água, que atraem uma grande quantidade de animais principalmente durante a breve temporada que colore o Etosha de verde.

Hoanib Skeleton Coast Camp [Sketeton Coast]
Localizado na protegida Sketeton Coast, o Hoanib Skeleton Coast Camp desfruta de uma das paisagens mais exóticas e remotas do país. A propriedade consiste em apenas sete amplas tendas, que dispõem de piscinas e restaurante, além de experiências inusitadas na região.

Serra Cafema Camp [Serra Cafema]

Localizado no extremo nordeste da Namíbia, o Serra Cafema Camp oferece uma aventura inesquecível em um dos lugares mais inóspitos da terra. O hotel, construído às margens do Rio Kunene – um improvável oásis no meio do deserto africano – possui cabanas bem equipadas, além de piscina, área de jantar e bar. É possível participar de tours pela comunidade dos Himba – um dos últimos povos nômades da África -, além de realizar safáris pelas dunas da região.

cz-lua-de-mel-namibia-africa-hotel-serra-cafema-camp-2

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

  • Visto: Portadores de passaporte brasileiro não precisam de visto, contanto que a permanência não ultrapasse três meses.
  • Vacinas: É necessária a apresentação do certificado internacional de vacina contra febre amarela. A vacina deverá ser providenciada até 11 dias antes do embarque.
  • Clima: Por ser um país semidesértico, a Namíbia tem clima seco. Os dias são quentes enquanto as noites são mais frescas. Durante o dia, a temperatura pode variar de 20°C a 34°C e durante a noite de 0°C a 10°C. No auge do verão as temperaturas chegam a 40°C. O país possui uma média de 300 dias de sol por ano.
  • Melhor época: A melhor época para visitar a Namíbia é de abril a outubro, quando as temperaturas são mais amenas.
    Como chegar – Não há voo direto entre o Brasil e Namíbia. A melhor opção é voar até Johannesburg e depois até a Namíbia.

Teresa Perez é especialista em criar roteiros personalizados. Os programas são preparados de acordo com os interesses de cada casal. Solicite o atendimento de um consultor. Tel: 11 3799-4000 | 11 3390-9000 | 61 3217-2300 | E-mail: info@teresaperez.com.br