Estamos contentes em mostrar hoje o casamento intimista em casa na montanha de Daniela Rodrigues, designer e uma das fundadoras dos lindos acessórios para noivas Matilda Headpieces, e Michael Kapps, no interior de São Paulo. “Realizamos a cerimônia ao lado do chalé e depois todos subiram a montanha até a casa onde foi a festa. Todos foram avisados sobre os sapatos”, conta a noiva, aos risos.

O casal enfrentou o desafio de casar em uma região de montanha e o imprevisto do local onde aconteceria a celebração ser vendido no decorrer da pandemia. “Era uma residência privada, mas convencemos o proprietário da época a fazermos o casamento lá”, explica a Daniela. Como os noivos haviam se apaixonado pela região de São Francisco Xavier e compraram um terreno no local, decidiram que o local seria perfeito.

Chegamos à conclusão que não haveria lugar melhor para fazer o casamento do que a nossa própria casa (quando ficasse pronta). O terreno que compramos era um morro, um pasto com 50 vacas”. Os dois então construíram tudo do zero. “Depois de muitos perrengues e longos três anos, tínhamos um chalé, uma casa, uma grande horta e agrofloresta. Muito do paisagismo e decisões da obra foram tomadas já pensando que faríamos o casamento ali”.

O local recebeu a celebração para os 100 convidado, que durou três dias. Começando em uma quinta-feira à noite, com um jantar rústico, seguida de uma cavalgada com churrasco/piquenique e uma pizzada pré-casamento na sexta, e finalizada com a cerimônia no sábado.

Vestido de noiva em seda devorê com motivos de folhagens

Daniela não queria nada específico para o casamento, apenas um belo vestido grande e um véu ainda maior! “Para o vestido da cerimônia, uma amiga trouxe todo o tecido da Itália, sendo o principal deles uma seda devorê com motivos de folhagens”. Ela usou um modelo criado por ela mesma, com decote coração, saia evasê volumosa e mangas curtas, drapeadas e removíveis. Um longo véu liso finalizou o look do altar.

Para a beleza, a noiva optou por uma maquiagem clássica e coque. “Eu sempre gostei do meu cabelo preso e nunca tive dúvidas sobre isso”, conta a noiva. Como designer e sócia da Matilda Headpieces, é claro que Daniela não poderia deixar de usar uma de suas criações no grande dia. O arranjo foi mudando ao longo dos anos, conforme criava uma nova coleção para a Matilda Headpieces. Me apaixonei por vários nesse processo”. Por final, a noiva usou um par de brincos emprestado de uma amiga, uma correntinha que ganhou dos sogros e o relógio que é uma joia de sua mãe.

Love Affair

Daniela e Michael se conheceram durante o Carnaval de 2014, no Rio de Janeiro. “O Mike é russo/canadense e se mudou para o Brasil para empreender em novembro de 2013”, conta a noiva. Os dois moravam no mesmo bairro de São Paulo e namoraram por seis anos. “Marcamos nosso casamento para maio de 2020, porém, por causa da pandemia, acabamos realizando a festa somente três anos depois”.

O pedido de casamento foi muito informal, quando o casal estava em casa, em uma tarde qualquer em meio a semana. “O Mike havia voltado de uma viagem de trabalho dos Estados Unidos e me entregou um envelope rasgado do Fedex como se fosse uma encomenda. Lá tinha uma caixinha com o anel que ele mandou fazer sob medida

Ele encontrou o diamante e mandou fazer o anel do modelo que escolheu”.

Decoração campestre com clima de jardim

A celebração contou com uma decoração campestre e colorida, assinada pela Tipo A Eventos. “Queríamos algo ‘fácil’, que parecesse que tivesse ‘nascido ali’”, explica a noiva. “Também não queríamos desperdício. Por isso amamos a ideia das mudas replantáveis e da tenda de eucalipto que vamos transformar em estufa”.

Para a cerimônia, ao ar livre e em meio à natureza, o altar foi posicionado em frente a uma árvore e o local recebeu fios de luzes. Após o casamento, todos subiram a montanha até a casa do casal. Arranjos com um mix de flores coloridas diretamente nas mesas, criou uma atmosfera alegre. “Pensando em todo o conceito do casamento, o decorador utilizou mais de cinco mil mudas de flores que depois replantamos na propriedade. Ele fez a decoração com terra e cascas como se fosse um jardim plantado sobre as próprias mesas”.

O mobiliário em madeira natural combinou com o local campestre entre as montanhas, assim como as fogueiras, que aqueceram os convidados e deixaram o ambiente ainda mais aconchegante. Um dos destaques ficou por conta da mesa de doces, que parecia um pequeno jardim em que os convidados encontravam diversos docinhos.

A celebração também contou com itens personalizados. “Fizemos pequenas cobertas com o ‘logotipo’ da nossa propriedade”, conta Daniela. “O convite eu mesma desenhei em aquarela e fiz a caligrafia dos envelopes, assim como os menus e rótulos dos gins que foram a lembrança da festa. Nós pedimos a uma destilaria local para destilar nosso próprio gin com as ervas que nós mesmos plantamos em nossa horta”.

. . . . . . . . . .

Já segue a gente no InstagramPinterest e Facebook?

Leia mais: 10 fazendas para casamento no campo no interior de São Paulo

Veja também: 11 cuidados essenciais na hora de formular os contratos de serviços do casamento

Ficha Técnica

Fornecedores do Guia de Fornecedores CZ

Acessórios da noiva: Matilda Headpieces

DEMAIS FORNECEDORES

Fotos: Rafael Bigarelli | Assessoria: Matri Eventos | Espaço: Moonrise Cabins | Decoração, flores, buquê, mobiliário, louças, objetos, sousplats e tapetes: Tipo A Eventos | Buffet: MW Gastronomia | Bar: X Bar | Bolo: Alessandra Rosa | Doces: Louzieh e Cuca Lovorato | Bem-casado: Cuca Lovorato | Vestido de noiva e papelaria : Daniela Kapps | Beleza da noiva: Jhonny Braz |  Traje e sapato do noivo: Hugo Boss | DJ: Silvio Normal | Banda: Som Xico Produções