Lais Ferreira sempre gostou tanto de fotografia, que acabou se apaixonando justamente por um fotógrafo! “Nos conhecemos pelo Instagram! Comecei a ver o perfil do Diego, passamos a conversar e viramos amigos!”, conta a noiva. Conhecer Paris sempre foi um sonho de Lais, mas ela nunca havia imaginado que o pedido de casamento aconteceria lá! “Ganhamos a viagem da minha mãe e, a princípio, seria uma viagem em família. O Diego aproveitou que minha mãe é artesã de joias e pediu para ela fazer o anel! No dia, o Diego me acordou bem cedinho. Tínhamos combinado de ir comprar pão para tomar café. Já estava tudo certo com a fotógrafa, pois ela seria uma ‘espiã’, rs! Saímos em direção ao local em que seria feito o pedido em quando chegamos ao jardim, aos pés da Torre Eiffel, o Diego me abraçou e pediu que eu lesse uma carta. Ela falava como era maravilhoso me ter como namorada, mas que, a partir daquele dia, ele queria que eu  fosse a mulher da vida dele e mãe dos seus filhos! Fiquei muito emocionada e disse ‘sim’!”, relembra.

Como Paris já fazia parte da história de Laís e Diego, os dois logo passaram a sonhar com um destination wedding na França“Começamos a pesquisar e vimos que era possível! Dois anos antes, escolhemos o Chatêau Bouffemont, no interior do país, que era perfeito!”, comenta. Como imaginado pelos noivos, o casamento para 35 convidados aconteceu ao ar livre e ao final da tarde“Como o espaço era bem clássico e em tons pastel, não queríamos nada que brigasse com as cores e o estilo. Também sonhava com uma decoração com peônias brancas e ramos verdes, exatamente como foi!”.

Lais também sempre sonhou com um modelo de vestido de noiva específico“Com renda, bordados discretos e saia fluida, explica. Para a beleza, ela optou por um penteado meio-preso com torcidinhomaquiagem com delineado e batom vermelho.

Como é fotógrafo, Diego fez questão de escolher a dedo quem registraria os detalhes do grande dia. E o “eleito” foi Johansson Correia, que fez os lindos cliques abaixo:

“Escolhemos uma paleta de cores basicamente branca, verde, azul e cinza. A decoradora mesclou peônicas brancas com ramos verdes e galhos secos, além de velas e guardanapos azuis. Na mesa, também tinha o nome de cada convidado feito em lettering aquarelado, explica Lais.

Fotos: Johansson Correia | Assessoria: Tiago Allaion | Espaço: Chatêau Bouffemont | Decoração: Branco Prata | Vestido de noiva: L’Apartment Atelier | Cabelo e maquiagem: Indianara Araújo