Uma das coisas que eu mais gostava na época em que trabalhava no atelier da minha mãe era o contato que tinha com as noivas! Era muito gostoso acompanhar as provas, ver de perto os sonhos tomando forma…! Hoje, como não consigo mais vivenciar o dia-a-dia do atelier, minha mãe sempre faz alguns relatos para mim: como foi o dia, quem provou, como foi a prova, como são os vestidos, se a noiva está feliz… e assim, mesmo sem as noivas saberem, me sinto próxima de muitas delas!

Esse foi o caso da Patrícia Iris! Fui acompanhando o processo de criação do vestido dela à distância… até que um dia vi o vestido na oficina e quase cai para trás de tão lindo!! Sou apaixonada por cetim duchesse e achei deslumbrante o design mais arrojado e  ao mesmo tempo com uma pegada clássica, com a renda por baixo…! O modelo nunca mais saiu da minha cabeça!!

Na última prova, minha mãe pediu que eu fosse ao atelier para fotografá-la. Fiquei super triste porque o horário coincidiu com um compromisso que eu tinha, então só dei um beijo na Paty e foi minha mãe quem acabou fazendo as fotos (que estão no site dela).

Lembro que na época em que estávamos começando a pensar no meu vestido de noiva, brinquei com a minha mãe “Mas você já fez o meu vestido – só que para a Paty Iris!”rs Bom, tudo isso para dizer que eu estava super ansiosa para publicar o casamento da Patricia e do Ricardo aqui!! Um casamento de sonho em Florianópolis!

A Paty nos contou de forma tão detalhada e apaixonada sobre os preparativos do casamento que resolvemos colocar o depoimento na íntegra, para vocês sentirem um pouco melhor o clima da festa:

“Posso dizer que com a festa do meu casamento realizei um grande sonho de criança! Sempre tive a expectativa de formar uma família com alguém muito especial e iniciar essa história de amor de uma forma tão linda me deixou ainda mais realizada!

A inspiração para a festa do nosso casamento começou com o nosso noivado, que aconteceu durante uma viagem a Paris e foi uma linda surpresa dentro da Sacre Couer. Era um domingo de sol, entramos na igreja e sentamos para rezar, como fazemos em todas as igrejas que entramos. Enquanto rezávamos, meu namorado disse que tinha um pedido muito especial para fazer, e, ao mesmo tempo em que colocava o anel de noivado no meu dedo, perguntou se eu queria me casar com ele! Foi um momento único e lindo, especialmente pelo fato de estar acontecendo em um lugar tão abençoado! Depois do noivado, passamos 5 dias comemorando a novidade em Paris, conversando e planejando como seria um dos dias mais importantes das nossas vidas.

Eu já sonhava com um casamento clássico, e com a inspiração do noivado tudo ficou mais especial! Como somos encantados com o Palácio de Versalhes, nossa principal inspiração veio de lá. Pensamos em um casamento palaciano com lustres, candelabros, velas, espelhos, pratarias, e mesas comunitárias, contrastando com a contemporaneidade do serviço em forma de menu degustação – para que a festa acontecesse mais em pé e as pessoas pudessem circular, conversar e dançar -, lounges, e um telão enorme de led formando uma caixa onde o DJ pudesse se apresentar. Em relação as flores, que são minha grande paixão, escolhemos rosas, orquídeas e peônias em tons claros: off white e rosé.
 
Quisemos que nossa cerimônia acontecesse na Catedral Metropolitana de Florianópolis, e este foi um dos momentos mais lindos, verdadeiros e mágicos. Recebemos bênçãos tão especiais que até hoje sentimos em nossos corações!

Um dos momentos mais lindos e esperados da cerimônia foi quando nossa afilhada Julieta entrou na Igreja trazendo nossas alianças. Ela tinha apenas 2 anos e 3 meses, e estávamos todos na expectativa se ela realmente entraria. Os treinamentos com ela haviam sido intensos e divertidos durante os meses anteriores. Ela surpreendeu a todos quando entrou toda feliz, linda, correndo, com a caixinha de prata onde estavam as alianças, em nossa direção. Minha alegria foi tanta que esqueci que estava no altar e a peguei no colo dando um abraço daqueles bem apertados e cheios de amor, e quando a coloquei no chão, ela saiu saltitante em direção à minha irmã…. parecia que junto com aqueles pulinhos estava levando dentro do seu coração toda a felicidade e alegria que eu sentia dentro do meu.  
 
Os preparativos duraram um pouco mais de um ano, e, apesar de saber exatamente o que queríamos, tivemos alguns momentos de dúvida, em especial em relação ao local da festa. Sonhávamos com um lugar amplo e diferente, em que pudéssemos dar aos nossos convidados uma experiência especial e única. Depois de muito pesquisar, descobrimos que esse lugar especial era mais óbvio do que imaginávamos!! O clube mais tradicional da cidade, o Clube 12 de Agosto, que teve seu auge nos anos 80, estava totalmente esquecido e trazia todo o clima clássico que queríamos! Lustres, escadas, candelabros, e em especial a história de nossas famílias, já que nossos pais costumavam frequentar esse clube mesmo antes de casarem.

A Lica Paludo foi a produtora da festa e ela, junto com sua equipe, conseguiu superar nossas expectativas, transformando o clube em nosso tão sonhado palácio! O desafio foi enorme, pois o Clube não estava sendo muito usado para festas, então tivemos que forrar todas as paredes e também o chão! O ponto alto da decoração foram os enormes lustres que cobriam o teto do clube, todos com velas, e vários deles recheados de orquídeas, tornando o cenário lindo e encantador, trazendo o aconchego que queríamos!

Quando estávamos conversando sobre layout da festa, buscamos duas referências importantes. A primeira foi a simetria na composição do salão, com a intenção de criar um ambiente harmônico para os olhos. A outra premissa era trazer a mesa de doces para o meio do salão, já que é o espaço mais lindo e florido da festa, e geralmente é colocado na saída, muitas vezes até se tornando oportunidade para os convidados pegarem um doce e irem embora. Trouxemos então a mesa para o meio do salão, e criamos um lounge de doces, colocando várias mesas baixas com poltronas clássicas em off white e dourado, compondo um ambiente gostoso onde os convidados pudessem sentar e conversa, curtindo os doces durante a festa. A mesa de doces, bem clássica e florida, em espelho veneziano, foi uma das minhas grandes paixões da festa! As peônias usadas na composição das flores combinavam com meu tão sonhado bouquet de peônias, que foi transformado em realidade pela Lica Paludo!
 
Outro momento marcante foi a escolha do vestido de noiva. Minha irmã Letícia já teve uma grife de roupas, a Le Iris, e sempre sonhei que ela desenhasse meu vestido. Como ela estava grávida de 8 meses, trocamos varias idéias, e fui com minha mãe para São Paulo. Depois de visitar algumas lojas e não me encantar com nenhum vestido, fomos ao Ateliê da Wanda Borges. Quando conversamos sobre o que imaginava sobre o vestido, a Wanda fez um desenho simplesmente perfeito! Enviei na hora para minha irmã e ela disse que se emocionou, pois era exatamente como me imaginava de noiva. Após a escolha do modelo – manga comprida, peplum e saia rodada, escolhemos o tecido: renda francesa e cetim duchese off white.

A partir daí, foram varias idas a São Paulo para as provas. Passamos algumas tardes gostosas e divertidas no ateliê da Wanda, e a cada prova que o vestido ía tomando forma, eu me sentia mais segura e feliz. Um grande desafio que tivemos foi o fato de o vestido ter ficado pesado pois a saia era muito volumosa, e a minha mãe tinha a preocupação de que ele ficasse confortável para eu poder curtir a festa até o fim. Lembro até hoje o dia em que a Wanda me ligou e trouxe a solução. Disse que faríamos dois vestidos: um inteiro de renda de manga comprida por baixo, que desse o volume necessário para o de cima, e que possibilitasse que eu tirasse o vestido de cetim assim que me sentisse desconfortável! Foi a solução perfeita!! No meio da festa, tirei o vestido mais pesado e fiquei super confortável, curtindo e dançando até às 7h da manhã! E o melhor de tudo foi que o vestido de renda ficou uma lembrança maravilhosa que poderei usar quando quiser.

O véu que usei tinha uma aplicação de renda na borda, e o coque foi arrematado com uma tiara bem delicada, também da Wanda Borges. As joias usadas por mim, pela minha mãe e pela minha irmã foram Ruth Griecco, jóias que amamos e que traziam a delicadeza e beleza para finalizar nossos looks.
 
A última lembrança que tenho da festa foi quando eu e meu noivo estávamos saindo do Clube com alguns amigos, o dia já claro, muito felizes e realizados, e com uma pena enorme de deixar para trás aquele palácio lindo onde celebramos o nosso amor! O bom é que todo o encanto desse dia especial está guardado com muito carinho nos nossos corações!“.

casamento-patricia-iris-making-of-02

casamento-patricia-iris-making-of-03

casamento-patricia-iris-making-of-04

casamento-patricia-iris-making-of-05

casamento-patricia-iris-making-of-06

casamento-patricia-iris-decoracao-cerimonia-igreja-verde-branco

casamento-patricia-iris-vestido-noiva-wanda-borges-02

casamento-patricia-iris-cerimonia-entrada-noiva-igreja-02

casamento-patricia-iris-cerimonia-religiosa-igreja

casamento-patricia-iris-cerimonia-convidados

casamento-patricia-iris-cerimonia-entrada-daminha

casamento-patricia-iris-troca-das-aliancas

casamento-patricia-iris-cerimonia-vestido-noiva-wanda-borges

casamento-patricia-iris-fogos-artificio-igreja

casamento-patricia-iris-entrada-noivos-festa-02

casamento-patricia-iris-entrada-noivos-festa

casamento-patricia-iris-primeira-danca-dos-noivos-02

casamento-patricia-iris-primeira-danca-dos-noivos

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-01

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-05

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-mesa-de-doces-01

casamento-patricia-iris-bolo

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-02

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-04

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-03

casamento-patricia-iris-decoracao-lica-paludo-06

casamento-patricia-iris-segundo-vestido-noiva-wanda-borges-01

casamento-patricia-iris-segundo-vestido-noiva-wanda-borges-02

casamento-patricia-iris-segundo-vestido-noiva-wanda-borges-03

Fotos: Anderson Miranda | Cerimonial: Bárbara Erig | Igreja: Catedral Metropolitana de Florianópolis | Espaço: Clube 12 de Agosto | Decoração: Lica Paludo | Buffet: Tabajara | Bolo: Christiane Bender | Doces: Mayra Pauli | Bem casados: Conceição | Vestido de noiva, véu e tiara: Wanda Borges Bridal GuideWANDA BORGESVestidos de NoivaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio | Cabelo e maquiagem: Enaide e Fabiane Arcoverde | Joias: Ruth Grieco | Traje do noivo: Armani

Ficha Técnica

Fornecedores que

Vestidos de Noiva: WANDA BORGES Bridal GuideWANDA BORGESVestidos de NoivaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio