Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Diário de Noiva: Expectativa x Realidade

Pelo fato de a minha mãe ser estilista de noivas, cresci ouvindo “Nossa, imagina o seu vestido! – o que virou “Nossa, imagina o seu casamento!” desde que lancei o blog!

Eu imagino o meu casamento! Imagino super bem! Agora, se o que eu imagino corresponde ao que as outras pessoas imaginam já são outros quinhentos…! rs

Entendo a “expectativa” por parte das pessoas… se a minha mãe faz vestidos lindos para tantas noivas, é natural que se espere que ela faça um lindo para mim também (bom, ai dela se não fizer!rs). Há quem diga que ele será “perfeito”. Eu tenho certeza disso, mas com uma ressalva: perfeito para mim.

De certo modo, esse conflito entre expectativa x realidade é vivido por todas as noivas.

A expectativa é da família, do círculo de amizades, às vezes até de uma cidade inteira! E é claro que ninguém quer “fazer feio” no seu próprio casamento. Pelo contrário, em uma festa tão importante para a família, todo mundo que fazer algo incrível e inesquecível. Mas o perigo de se querer agradar a todos é o de perder a personalidade. E esse medo de não estar à altura da expectativa alheia é tão maluco, que acho que, inconscientemente, é uma das maiores causas da insegurança por parte das noivas  brasileiras.

Em todos esses anos ligada ao universo dos casamentos, aprendi que não adianta buscar por uma “unanimidade”, porque, infelizmente, 2 coisas são certas:

1) nenhum casamento – repito, NENHUM – agrada a todos;
2) por mais incrível que o casamento seja, sempre vai ter alguém falando mal. (espíritos de porco, obviamente, mas é preciso saber que eles existem)

Por favor, não me entendam mal! Não digo isso para desanimar ninguém!! Digo isso para se sentirem mais leves, livrando-se do peso da pressão! Saber que não é possível agradar de gregos a troianos, nos liberta para o principal: agradar a nós mesmos! (e como a gente bem sabe, já é tarefa suficientemente difícil descobrir do que a gente gosta!rs)

Tenho plena consciência de que o que é bonito para mim, não é necessariamente bonito para todos. E não espero agradar a todo mundo, porque isso é simplesmente impossível – e desnecessário. Antes de qualquer pessoa, eu tenho que estar feliz com o meu vestido, com a minha decoração, etc. E se vierem comentários do tipo “Esperava mais!” (e provavelmente virão), fazer o que? Eu estou esperando exatamente o que está por vir!

E como não tive ideia de foto para ilustrar o post, vai uma frase que estava no Instagram da @brunaslaviero para a gente lembrar durante essa fase de preparativos:

Diário de Noiva

42 Comentários

  1. Juliana 23 de julho de 2012

    Adorei, Constance!

  2. Marina 23 de julho de 2012

    Eu tentei de todas as formas reduzir as expectativas para sofrer menos, porque sou uma pessoa super ansiosa…. consegui reduzir a pressão com as seguintes iniciativas (apesar que espiritos de porco sempre existem….)
    – optei por não casar na minha cidade, que é pequena, no interior de Minas e que até hoje casamento é o evento anual e todos esperam ser convidados
    – comprei a briga com os familiares e reduzi a lista para 150 pessoas. O criterio era além de serem convidados que eu e meu noivo gostávamos, tinham que passar por algum critério do tipo “já veio na minha casa?”, “conheço ha quanto tempo?”….
    – dividi os detalhes somente com as pessoas super queridas e que já sabiam meu gosto, para reduzir os palpites rsrsrs

  3. Adriana K. 23 de julho de 2012

    Achei barbaro esse post. E bom lembrar sempre o que esta escrito na frase acima.

  4. Juliana 23 de julho de 2012

    Constence, vc está coberta de razão!!!! Me caso agora em agosto e também sofria com a expectativa alheia!! Até que me libertei e pensei: bom, de todas as formas sempre terá alguem reclamando, então faremos como EU e meu noivo quisermos… hehe!!! E pronto!! Adoro seu blog, ele me inspirou e me ajudou MUITO!!! Vc é otima! E tenho certeza que seu casamento será lindo, aos olhos de quem importa!!!! Um beijão!

  5. Fernanda 23 de julho de 2012

    Nossa, você falou tudo nesse post, amei!!!
    Também sou noiva, estou cuidando de cada detalhe e não quero ninguém dando palpite,
    quero que saia a minha cara, que seja perfeito para mim, meu noivo e minha família.
    Claro que não vou agradar a todos… como você mesma disse “nenhum casamento agrada a todos”.
    Constance, quando será seu casamento?
    Beijos

  6. Thays 23 de julho de 2012

    Acho que os blogs de casamento funcionam mais com uma terapia pra nós, do que como uma pasta de inspirações. Rs.. Só agora, faltando menos de um mẽs pro meu casamento é que me sinto assim. Sinto um medo enorme! Não tem outra palavra. Antes, quando tomei a decisão de fazer uma festa fora dos padrões (pelo menos da cidade em que moro..), de excluir um monte de coisas que são “figurinha garantida” em todos os casamentos, de fazer tudo do nosso jeito, eu sempre repetia que só me importava se eu e o marido estavamos satisfeitos, que eu tinha certeza que seria perfeito, nossa cara. Agora só imagino as pessoas insatisfeitas, reclamando, com a cara de “esperava mais”. É uma agonia enorme! Se é pra mim que nunca entendi nada sobre casamentos, imagino pra você.. Espero que sua segurança e tranquila se mantenham sempre! No fundo todo mundo sabe que é impossível agradar a todos, mas dá vontade, rs..

  7. Milene Szaikowski 23 de julho de 2012

    É a mais pura verdade, Constance! Mas, o seu sorriso e a felicidade de vocês no dia vai transparecer a beleza de tudo que será escolhido por vocês!

  8. Raquel Rezende 23 de julho de 2012

    Gracinha de post Constance. Sendo delicada e elegante conseguiu transmitir a ideia de que realmente é impossível agradar a todos.
    Aquela velha historia.. o que é bonito para mim, pode não ser para voce né?
    Bom, acho que os meus olhos vão gostar muito do seu modelito! 😉 Você é simples, delicada, discreta. E o bonito pra mim esta ai!
    Misturando a sua personalidade com o seu bom gosto não tem muito como errar! rs
    Bjs Raquel Rezende (BH)

  9. Geórgia Carneiro 23 de julho de 2012

    Constance concordei com cada virgula q vc escreveu!
    Minha irma vai casar esse ano, e o casamento dela vai ser bem simples, pela manha (a cara dela!), Nao vai haver festança pq ela decidiu casar no inicio do mes, e a festa sera em 3 meses!!!

    Antes dela pensar no casorio dela, eu ja estava planejando o meu, que sera uma festa a noite e num formato maior… e como eu sou bem antenada nas novidades de casamento, leio muito a respeito, vou a feiras e vejo mts blogs, ja sinto essa pressao e expectativa por parte dos nossos amigos e familiares!

    tento nao absorver essa pressao, mas é inevitavel.
    Mas vou fazendo as coisas do meu jeito e deixando td a minha cara e do meu noivo

    beijao

  10. Carolina Claudino 23 de julho de 2012

    Nossa, amei o post. Meu casamento está quase chegando e muitas vezes me pego pensando na expectativa que as pessoas estão colocando nele. Já não basta a minha ansiedade p/ que dê tudo certo ainda acabo pensando no que os outros vão achar, quando, na verdade, ele tem que ser perfeito apenas pra mim e pra o meu noivo.

  11. Luiza Campos 23 de julho de 2012

    Concordo em gênero, número e grau!

  12. Samy 23 de julho de 2012

    Nossa… me vi demais nesse post. Acabei de casar e durante o período de preparação, me peguei váriasss vezes preocupada com o que os outros iam pensar… Costumamos dar muitas festas em casa e as pessoas costumam gostar… a frase que mais ouvia era “imagina o casamento”… Enfim, em um determinado ponto fiz exatamente isso: Eu gosto disso, eu não quero isso, eu quero agradar a mim mesma e problema de quem não gostar! E aí fiquei bem mais tranquila! Tudo dá certo no final meninas!

  13. Carina Brosler 23 de julho de 2012

    Achei incrível este post! Vou me casar no ano que vem também, e estou começando os preparativos…então esta expectativa começou a surgir. Confesso que ainda não me disvencilhei da preocupação com a expectativa alheia…principalmente porque fico pensando que quero uma festa animada, e imagino que para isso preciso da participação de todos.
    Sei que devo fazer tudo do meu jeito sem me preocupar com os outros, mas acho que são fases e sentimentos pelos quais todas (ou pelo menos quase todas…hehe) as noivas passam. No final sei que será o dia mais feliz da minha vida.
    Beijos!

    • Constance Zahn 23 de julho de 2012

      Carina, super entendo o que você quer dizer!

      Na verdade, acho que existe uma diferença entre se preocupar com os outros e se preocupar com o que vão achar….

      Considero muito válido a gente pensar no melhor para os nossos convidados, em como recebê-los com conforto, em fazer uma festa agradável, etc… mas se vão achar que você deveria ter escolhido verde ao invés de branco, se deveria ter usado um véu mais longo do que escolheu, isso eu acho que não deve nos preocupar. Afinal de contas, já é suficientemente difícil escolher o que a gente gosta! rs

      Bjss

  14. Pri Lobato 23 de julho de 2012

    Foi exatamente assim que pensei e agi na época do meu casamento.

    Seu texto está irretocável. Que bom seria se todas as noivas e pessoas (familiares, convidados, ou apenas faladores) pudessem lê-lo.

    Também tenho a certeza q seu casamento será perfeito para você, para seus ideais e para aqueles que te amam e se sentirão plenos apenas em presenciarem tua felicidade.

    Bjo grande!!!

  15. Juliana 23 de julho de 2012

    E isso vale pra vida toda… Adoro a forma como vc se coloca Constance, parabéns. Inspirações no só para o casamento dos (nossos) sonhos 😉

  16. Flávia Andrade 23 de julho de 2012

    Yeah !!! Espalhem isso …

    Querido Povo Brasileiro: Casamento não é feira de eventos, vitrine de compras, convenção política ou sei lá o que …

    Agora é regra: O CASAMENTO TEM QUE TER A CARA DOS NOIVOS, A COR DA PERSONALIDADE DOS NOIVOS, a MÚSICA QUE FAZ SENTIDO SOMENTE PARA OS NOIVOS E CADA CANTINHO DA FESTA SERÁ UMA ESCOLHA CARINHOSA E PARTICULAR DOS NOIVOS …

    Logo: CARO CONVIDADO NÃO SE PREOCUPE EM ENTENDER OU ACHAR ALGO SOBRE O QUE DESCONHECE, SIMPLESMENTE CURTA DO CONTRÁRIO, PREOCUPE-SE VC ERROU DE FESTA.

    bjO Constance 🙂

  17. Naná 23 de julho de 2012

    You rock!
    A DO RE I
    bjs : )

  18. Lívia Farah 23 de julho de 2012

    Eu precisava muito ter lido esse post hoje. Obrigada!

  19. Amanda 23 de julho de 2012

    É exatamente isso que enfrento. Casaremos daqui a 12 dias. Eu sou advogada e ele publicitário. Nossos mundos são opostos e tem expectativas bizarramente contrastantes. Escolhemos o melhor para o nosso meio termo, o que tem sentido para nós dois e espero que dê certo ao menos para nós dois.
    Bjos grandes

  20. Marina 23 de julho de 2012

    Constance, com certeza se toda noiva pensar assim o índice de frustração ira diminuir muito. Eu fui uma noiva muito tranqüila, nao tive muitas duvidas, sabia bem o que eu queria e nao fiz nenhuma escolha baseada nos outros. Claro que a gente quer que todos gostem do casamento, mas realmente é impossível, o que importa sao os noivos, depois da cerimonia/festa, qdo forem deitar, sentirem que o casamento deles nao poderia ter sido melhor. Ter essa sensação faz com que todo stress, nervosismo, ansiedade tenha valido a pena.
    Beijos

  21. Tetê Diniz 23 de julho de 2012

    Super me identifiquei com esse post, pois também sou filha de uma estilista de noivas incrível de Belo Horizonte, a Branca Diniz (eu sei, sou suspeita…)! E cresci ouvindo essa mesma frase.

    Parabéns pelo blog maravilhoso! Continuarei te acompanhando para inspirações para quando for o meu casamento ou para ver cenas e estórias lindas como as que você mostra aqui.

  22. Natalia Siena 24 de julho de 2012

    Fofa!!

  23. Natalia 24 de julho de 2012

    Penso que a expectativa vai existir até acabar a festa! Faz 8 anos que namoro, estou noiva desde janeiro e caso em dezembro. Meu noivo esta super envolvido com todos os detalhes da festa e a expectativa de todos e muito grande, mas pensando sempre que em primeiro lugar a festa será nossa! Satisfazendo primeiro todas as nossas preferencias.

  24. Gisele Freitas 24 de julho de 2012

    Parabéns pelo post!!!

    Eu no papel de assessora sempre passo esse recado para os noivos.

    É muito legal ver um post reforçando o que eu e as assessoras em geral passam para os noivos.

    Gisele

  25. Fran Huesa 24 de julho de 2012

    Adorei o post… e concordo plenamente com vc… ninguém esta satisfeito…

    bjuu

  26. Paola 24 de julho de 2012

    Caracas! Me caso ano que vem tambem – casamento metade Brasileiros e metade Gringos. Estou planejando tudo sem morar no Brasil, alias estou trabalhando enquanto meus fornecedores dormem… nao estah sendo facil e soh vou para o Brasil uma vez antes do casamento. Brasileiro estah acostumado com festa grande e Gringo se assusta com ostentacao… Estou super ansiosa e preocupada mas adorei essa frase da Constance: “Afinal de contas, já é suficientemente difícil escolher o que a gente gosta!” – Obrigadinha por este post super fofo!

  27. Maite 24 de julho de 2012

    Constance você foi PERFEITA nos seus comentarios eu quando me casei na verdade eu sabia que tinha gente que ia falar besteira das coisas que eu havia escolhido, alias falaram ate antes, mas eu pensei : espera ahi o casamento é de quem ? Então tem que estar com a cara de quem ? Dos Noivos !!! Então foia ssim que toemi TODAS as decisões dos nosso casamento o Noivo e eu querendo e amando, assim tudo foi feito …
    Amei seu comentário parabens e tenho certeza que o seu vestido o seu dia e o seu casamentos erão perfeitos sim , mas em primeiro lugar para Você e seu então Noivo !!! Parabens.. Amei

  28. Bárbara 24 de julho de 2012

    Constance,
    Perfeito! Irretocável!
    Confesso nunca ter lido um post que descrevesse tão bem todas as expectativas e preocupações de uma noiva!
    Caso dentro de 40 dias e, ao longo de 2 anos pude vivenciar toda a expectativa da organização do meu casamento, mas, nunca havia sentindo tanto “medo de agradar” quanto nesses dias que se aproximam. Por isso suas palavras foram tão importantes e, uma constatação de algo que todas nós já sabemos mas, dificilmente aceitamos pois, queremos e tentamos agradar a todos.
    Obrigada! Seu post caiu no momento certo, na hora mais perfeita! Parabéns!

    Obs: Desde que comecei a organizar meu casamento, passei a acompanhar seu blog. E, Parabéns! Seu bom gosto e elegância são inquestionáveis! Maravilhosa!

    Bjs,

    Bárbara

  29. Fernanda 24 de julho de 2012

    Infelizmente, isso acontece mesmo! Você pode fazer um casamento lindíssimo, mas sempre vai haver pessoas que vão reclamar de alguma coisa… Não tem jeito!

    Beijinhos

  30. Ana 24 de julho de 2012

    Ufaaa!!! Que alívio!
    Realmete o blog é uma terapia também.
    Me caso daqui alguns dias em uma cidade pequena do interior e na onde vou escuto “você vai ficar linda de noiva”. Que pressão!
    Tentei fazer tudo conforme a minha vontade, mas às vezes as coisas não saem como planejamos.
    Quer um exemplo? Comprei gravata prata para todos os padrinhos e meu noivo vai de terno e gravata of white, foi uma maneira que encontrei para destacá-lo dos convidados, e agora minha sogra decidiu que o marido dela vai de gravata roxa e ponto final. E aí? Já pensou um altar com todo mundo de gravata prata, o noivo de gravata of white e o pai de gravata roxa? A poucos dias do casamento, eu falo minha opniao e imponho a cor da gravata dele ou deixo passar sem me importar com que os outros vão dizer?

    É noivinhas…é preciso muito jogo de cintura.

    Valeu Cosntance

  31. Maria 24 de julho de 2012

    Amei o post. Parece óbvio, mas não é! Eu levei muito na cabeça até aprender que não devo ficar compartilhando TODOS os detalhes do casamento com a família inteira, esperando a aprovação de todos. Principalmente daqueles detalhes que já estão decididos na minha cabeça… Pq sou eu e meu noivo que estamos pagando tudo, eu não vou mudar minhas decisões e ouvir a crítica nada construtiva dos outros (basicamente da sogra :S) só magoa. A fase de preparativos é uma delícia e deve trazer prazer e não stress!!

  32. Babi 24 de julho de 2012

    Constance, o tanto de comentários que o seu post teve já diz tudo! Perfeito! Lidar com a expectativa, especialmente da família, é mto difícil… Eu sou a primeira a me casar na família (primeira filha, primeira neta, primeira prima, primeira sobrinha….) então fico ansiosa todos os dias só de pensar em como fazer todos ficarem felizes rs Seu post realmente é um alento, já repassei p/ mais três amigas noivas e vou salvar p/ lê-lo nos dias q a tensão estiver demais! Obrigada mesmo! Seu blog é o máximo!
    Bjos!

  33. Andreza 24 de julho de 2012

    Adorei o que vc escreveu. Desde que acompanho seu blog leio comentários do tipo “Imagina o seu casamento! ou O seu vestido será o mais lindo de todos, etc”. Fico feliz de saber que você não absorveu essa pressão!

    Beijo!

  34. Claudia 24 de julho de 2012

    Oi Constance, sempre entro no seu site mas não costumo deixar comentários mas dessa vez preciso dizer que você esta certa e eu sei bem o que você esta dizendo. Vou me casar no proximo mes e é a sua mae que esta fazendo o meu vestido. Ele esta ficando lindo, maravilhoso, exatamente a minha cara e do jeito que eu queria. Andava muito nervosa pensando o que as pessoas vão achar do meu vestido, da minha maquiagem, da decoração da festa, da comida, da bebida que meu pai escolheu (nem dormia mais direito) e percebi que estava me desviando da coisa mais importante nesse momento que é o meu casamento real com o Daniel, meu noivo, meu grande amor. E cheguei a conclusão que fiz tudo pra ser uma festa linda e sei que vai ser, mas sei tambem que não vou conseguir agradar a todos, como você disse, isso é IMPOSSÍVEL!! Mas tenho certeza que vai ser um dia muito feliz pra mim!
    Beijos e adoro seu site e suas dicas, Claudia.

  35. Kelly Barros 25 de julho de 2012

    Ótimo texto! Resumiu o que realmente acontece e abriu o meu olhar pra ter mais confiança e sempre escolher o que me agrada em primeiro lugar.

  36. Verônica Prado 25 de julho de 2012

    OLá Constance! Adoro seus posts, e hoje especialmente me identifiquei muito, começamos a programar nosso casamento há um ano atrás, sendo que, ele ainda acontecerá em dezembro… está quase tudo pronto, e a pressão é certa! Todos os nossos amigos dizem que estão mais ansiosos que nós, minha família é paranaense e vem toda para prestigiar, e eu e meu noivo estamos uma pilha de ansiedade, com medo de dar tudo errado, sonho com meu casamento (tenho pesadelos) quase todo os dias, e tudo o que você escreveu caiu como uma luva! Vou tentar respirar e relaxar um pouco! Abraços!

  37. Monica 25 de julho de 2012

    Frase perfeita! Mas, tenho certeza que no seu casamento vai ser tudo perfeito! Unanimidade!!

  38. Carla 25 de julho de 2012

    Amei…me caso a menos de 2 meses, moro em uma cidade pequena do interior de SP, e já viu…também fugi dos padrões e estou fazendo uma festa como EU quero. Mas vai chegando perto, e ai…o frio na barriga esta aumentando, os outros estão falando mais e mais, e o medo da decepção é maior. Mais sei que dará tudo certo.
    Acompanho sempre seu blog e me ajudou muito..com certeza continuarei! Beijos

  39. Talita 26 de julho de 2012

    Ótimo post, adorei! É exatamente o dilema que estou vivendo… mas a cada dia eu e meu noivo nos convencemos a fazer as nossas vontades, afinal, é o maior dia da nossa vida, e não da dos outros, não é?

  40. ANNA 26 de julho de 2012

    Parabéns mais uma vez Cons! Você é muito correta e delicada na maneira como escreve e se posiciona! Quando fiquei sabendo que estava noiva fiquei muito feliz com a noticia! Na mesma hora ja imaginei que apesar de toda a expectativa de nós leitoras, tenho certeza que vai organizar uma cerimônia e festa de casamento que correspondam a sua personalidade e a de seu noivo! principalmente a de vocês dois como um casal!
    Sou muito sua fã e seu blog é leitura diária e sagrada para mim. Muitas referências para meu casamento, em Abril 2013, eu obtenho através dessas leituras! Espero um dia a sua visita em Curitiba, cidade onde moro, gostaria muito de conhecê – la!
    Abraços e força nos preparativos!

  41. Thais Lopes 31 de julho de 2012

    Nooooooossa meus parabéns, que texto maravilhoso…
    Vou me casar final do ano e nunca pensei em agradar as pessoas
    sempre penso assim eu gostei?? acho que vai combinar?? vai fazer sentido para mim??
    vai ter algum significado especial pra mim?? se SIM com certeza não me importarei de fazer td conforme o meu gosto e do noivo, que adora dar palpites tbm 😀 me ajuda em td o que eu preciso a respeito da festa do casamento e td mais… Como nossa lista está bem reduzida nós priorizamos convidar pessoas que gostem da gente, que nos valorizem pelo que somos, então acredito que por mais que tenha um ou outro que eu não consiga agradar, a grande maioria vai gostar e ficar feliz, por nós e pela nossa felicidade… estamos indo pelo caminho do tudo mais simples, delicado e romântico… vai ficar como NÓS estamos sonhando… e pra mim está perfeito e é o que importa 😀

    Bjinhos noivinhas felizes 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *