A foto da Audrey Hepburn, no post anterior, me fez lembrar do comprimento ideal das saias das daminhas: um pouquinho acima da canela.

O vestido pode até ser mais curto (o que não se costuma fazer no Brasil, mas é muito fofo!), mas não deve ser mais longo.

Saias muito longas ficam desproporcionais, pois, o corpinho dos vestidos deve ser curto… aí, descaracterizam a roupa. Além de representarem um risco, pois as crianças podem tropeçar.

Criança deve ficar com cara de criança: de saia curta, sem maquiagem, sem brilhos e se tiver algo no cabelo, que sejam flores ou laços.

Os modelos abaixo, no comprimento correto tanto das mais novas quanto das mais crescidas, são da marca americana Us Angels.

.

Pézinho de criança deve ser visto.