A história de Marina e Guilherme começou… em um casamento no campo! “Nos conhecemos em 2012, em Birigui, cidade natal do Guilherme, através de uma amiga em comum. Nós dois somos dentistas e ela viu que tínhamos muito mais em comum do que só a profissão! Nessa época eu morava em Ribeirão Preto, e o Guilherme em Bauru. Namoramos à distância por um tempo e em 2014 compramos um consultório e me mudei para Bauru. Foram sete anos de namoro até nosso casamento”, conta Marina.

O pedido de casamento aconteceu em uma viagem a dois para a praia. “Em 2016 viajamos para Ilhabela e o Gui fez a surpresa mais linda! Estávamos hospedados em um hotel à beira mar e ele reservou uma tenda pé na areia, no restaurante e fez tudo escondido. A aliança veio no prato, com direito a pétalas de rosas, champanhe, o mar e a lua nos abençoando.

Os preparativos para o casamento levaram quase dois anos, e, como a família da noiva é de Minas Gerais e a do Guilherme do interior de São Paulo, escolheram um hotel no campo, onde todos pudessem se hospedar e passar o final de semana juntos. Os noivos disseram “sim” diante de 200 convidados em uma emocionante cerimônia ao ar livre. “O momento mais inesquecível foi ver meu pai presente e celebrando a cerimônia. Ele recentemente se curou de um câncer, e vê-lo com muita saúde foi inesquecível!”, conta Marina.

Beatrís De Michelli foi a responsável por assinar a decoração romântico-contemporânea toda cor-de-rosa. “Como estaríamos na primavera, e o hotel tinha uma Primavera (árvore) lindíssima na cor pink, escolhi com a decoradora Beatrís De Michelli os tons desde o Marsala, pink e rosa e os toques de azul marinho na louça portuguesa.” Chama a atenção o projeto floral, marcado pelo clássico nos centros de mesa e pelo contemporâneo nos aéreos.

Marina encontrou o vestido de noiva de seus sonhos na Magnus Noiva e Festa e conta que foi uma escolha muito tranquila. “Foi super especial, pois já conhecia o trabalho da Magnus Noiva e Festa e também já conhecia a Roberta e a Suellen. Quando coloquei o vestido, minha mãe e eu nos emocionamos e ali já soube que era aquele! Era 2 em 1: na cerimônia usei uma sobressaia linda da Rosa Clará e, para a festa, retirei a saia para poder dançar.” Marina subiu ao altar em um modelo de renda com forro champanhe, sobressaia de tule e decote nas costas.

Assim como a mudança no look, Marina escolheu duas versões de sua beleza. “Queria muito meu cabelo solto, mas sabia que para festa seria ruim. Então decidi usar solto na cerimônia e preso para festa. O véu e acessórios também escolhi na Magnus, compondo e ornando com o vestido.” O penteado foi finalizado com uma headband com toques de brilho.

O rosa, de fato, só apareceu na festa, deixando o branco imperar na cerimônia, que ganhou a companhia de um lindo pôr-do-sol. Na árvore centenária do espaço, um arco de flores brancas marcou o altar, enquanto vasos baixos decoraram o caminho da noiva.

Em diversos momentos, Beatrís De Michelli quebrou o rosa com detalhes em azul e branco, como os caminhos de mesa e os vasos.

A mesa de doces foi o ponto alto da decoração de casamento no campo assinada por Beatrís de Michelli. Desconstruída em móveis de diferentes alturas e com um aéreo pink imponente, era o centro das atenções.

. . . . . . . . . .

Já segue a gente no InstagramPinterest e Facebook?

Veja também: Decoração romântica em rosa e branco

E mais: Decoração contemporânea para casamento na praia

Ficha Técnica

Fornecedores do CZ Bridal Guide

Decoração e flores: Beatrís De Michelli Mobiliário, louças, tapetes e toalhas: Acervo Beatrís De Michelli Vestido de noiva: Magnus Noiva e Festa Acessórios e joias da noiva: Magnus Noiva e Festa Traje daminhas e pajens: Magnus Noiva e Festa

DEMAIS FORNECEDORES:

Fotos: Yoshida | Assessoria: B&S Eventos Sociais | Espaço: Haras Recanto Shangri-lá | Cabelo: Bruna Bravin | Maquiagem: João de Carvalho