Cândida e Eduardo se conheceram em 2011, apresentados por uma amiga em comum. Na época, ele morava em São Paulo e ela em Presidente Prudente, no interior. “Seis meses depois, saímos para tomar açaí e então começamos a namorar. Esse foi o início de uma eterna história!”, conta Cândida.

Após oito anos de namoro, Eduardo preparou uma surpresa para fazer o pedido de casamento. “Estávamos em Presidente Prudente e ele me entregou uma carta linda falando sobre nós dois. No fim da carta, achei que estaria escrito  ‘quer casar comigo?’ Mas não, ele apareceu com uma caixinha preta na minha frente e perguntou se eu queria casar com ele e ser a mulher da vida dele! Como sou mineira, respondi falei ‘UAI, lógico!'”

Cândida sempre teve o desejo de se casar, mas não tinha em mente nada muito específico para o grande dia. Então, para se organizar com os preparativos, que duraram pouco mais de um ano, ela contou com a ajuda da assessoria da Hora do Buquê. “Como faço residência em pediatria, era difícil conciliar com todas as reuniões. Por isso toda a equipe da Hora do Buquê foi imprescindível na organização! A minha mãe e minha sogra também me ajudaram muito, principalmente com trabalhos manuais.”

Cândida e Eduardo tiveram de entrar em um consenso para escolher o local do casamento. Como morrei na fazenda na infância, pensava em um casamento no campo, mas o Dudu queria casar na praia, por conta do clima leve e descontraído. Minha mãe dizia que só topava praia se fosse em um hotel para poder acomodar as pessoas que viriam de longe. Anos antes tínhamos ido a um casamento de amigos em um hotel em Juquehy, e tínhamos ficado encantados com o lugar. Quando nossas mães conheceram o espaço, também amaram e assim resolvemos que seria lá.”

A cerimônia aconteceu às 14h30 para aproveitar a luz do dia. Para Cândida, o momento mais emocionante foi a entrada das alianças. “Minha avó Maria entrou de mãos dadas com o meu afilhado, de 3 anos, e eles nos entregara as alianças. Foi muito emocionante!”

Como escolheram um cenário praiano, os noivos queriam uma decoração que combinasse com o local. “Queria cores tropicais, frutas, flores…” A responsável por traduzir os desejos da noiva no projeto foi a decoradora Mara Perez, especialista em casamentos na praia. Na cerimônia, Mara Perez valorizou o verde em folhagens tropicais como palmeiras e Costela de Adão, que apareceram ao longo de todo o caminho da nave. Pinceladas de branco e amarelo se misturaram ao verde no arco do altar, que emoldurou o mar ao fundo.

Já na festa, cores quentes como vermelho, amarelo, rosa e laranja apareceram nos arranjos florais, nos sousplats Vintage And Cool e nos tapetes By Kamy Bridal GuideBY KAMY EVENTOSAluguel de móveisSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio. Mara Perez ainda investiu em arranjos aéreos que transportaram a natureza para dentro do espaço, e inovou ao usar cachos de banana em detalhes da decoração. Nas mesas, louças da Casa das Festas Bridal GuideCASA DAS FESTASAluguel de materiaisSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio.

Para reforçar o clima rústico do casamento, a decoradora abusou de texturas de bambu, palha e rattan no mobiliário, nas bandejas e luminárias.

A escolha do vestido de noiva foi um caso de amor à primeira vista. Fui em duas lojas com a minha mãe e minha avó. Na primeira provei 5 modelos e não gostei de nenhum. Quando fomos à Casamarela, o primeiro vestido que provei simplesmente me apaixonei!” Cândida usou um modelo sem mangas, com as costas abertas e saia de tule fluida, com aplicações florais em 3D.

A noiva usou um coque, finalizado com acessório de cabelo V,Ore em formato de orquídea branca. Como o vestido era detalhado, a noiva optou por usar um véu liso. A maquiagem teve o olhar levemente marcado e pele natural.

Nas joias do grande dia, além do anel de noivado, Cândida quis seguir uma tradição da família. “Usei o brinco de pérolas que meu avô Joaquim deu para a minha avó Maria quando a minha mãe nasceu. Minha mãe se casou com mesmo brinco e me deu de presente para eu usar no dia do meu casamento também.” 

Com iluminação e sonorização da DB2 Produção, a pista de dança foi comandada pelo DJ Gui Guerreiro, da Muzik Produções Bridal GuideMUZIK PRODUÇÕESSom & IluminaçãoSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio. E, para a surpresa de todos, Cândida e Eduardo ensaiaram uma dança que animou todos os presentes!

Outro detalhe charmoso da decoração foram os itens feitos artesanalmente pelas mães dos noivos. “As almofadas da festa foram bordadas por nossas mães, com os mesmos desenhos do Save the Date. Os kits toilette foram bordadas pela minha sogra com o tema praia, e as lembrancinhas foram pratos de porcelana pintados pela minha mãe.”

A mesa de doces foi montada em frente a uma parede recoberta de folhagens. Mara Perez compôs o cenário com mesas de diferentes formatos e alturas, com pontos de cor arranjos e nas flores de açúcar do bolo, que ganhou destaque no centro da cena.

. . . . . . . . . .

Já segue a gente no InstagramPinterest e Facebook?

Ficha Técnica

Fornecedores do CZ Bridal Guide

Assessoria: Hora do Buquê

Decoração, flores, toalhas/jogos americanos: Mara Perez

Louças: Casa das Festas Bridal GuideCASA DAS FESTASAluguel de materiaisSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio

Sousplats: Mara Perez e Vintage and Cool

Tapetes: By Kamy Bridal GuideBY KAMY EVENTOSAluguel de móveisSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio

Iluminação, iluminação cênica, sonorização, palco/estruturas/montagens especiais: DB2 Produção

DJ: Gui Guerrero (Muzik Produções Bridal GuideMUZIK PRODUÇÕESSom & IluminaçãoSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio)

Vestido de Noiva: Casamarela

Acessórios da Noiva: V,ore

DEMAIS FORNECEDORES

Fotos: Jeff e Gal | Espaço e buffet: Juquey Praia Hotel | Cabelo: There Estudio | Maquiagem: Isabella Carvalho