Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Tendência: vestido de noiva de tule

Nas várias mudanças de servidor que já fizemos, alguns posts foram perdidos – e o que mais me deixou triste foi o sumiço do meu “manifesto de amor ao tule”.

Por sua leveza e transparência, o tule traz um ar de romance e mistério que combina muito com noivas! E apesar disso, ainda há quem tenha preconceito com o tecido e torça o nariz para ele, achando que é tecido de fantasia, de barra de mesa de festa infantil… A verdade é que o tule é um clássico na alta-costura, muito usado nas criações de Christian Dior e de todos os outros couturiers… Além disso, é preciso entender que há tules e tules! Os de algodão são extremamente macios (e raros nos dias de hoje). Os de seda são extremamente fluidos. Dentre os de nylon (os mais usados para fazer saias volumosas e véus), os sem brilho e com furinhos menores são os mais chiques. Há ainda o delicado point d’esprit, que é o tule de bolinha.

No meu post-manifesto de amor que sumiu, eu havia mostrado inúmeras referências antigas para provar a nobreza do tule. Desta vez, aproveito que ele é uma das principais tendências para 2018 e, para inspirar, selecionei alguns vestidos de noiva de tule. Dependendo da maneira que se trabalha o tecido, o modelo pode ser “princesa”, moderno, cool

Em 2017, as duas noivas que mais deram o que falar usaram vestidos inteiramente de tule.

A primeira, Marina Ruy Barbosa (publicamos os detalhes do casamento dela aqui), usou um Dolce & Gabbana bem “princesa”, com saia farta, cintura marcada e corset com barbatanas aparentes:

Já o modelo usado Michelle Alves, criado por Zac Posen, evidenciava um pouco mais o corpo, com um corpete com drapeado entrelaçado justo até o começo do quadril, de onde começa a saia volumosa. E as mangas de tule ficaram super delicadas:

Nos últimos desfiles da Dior, o tule tem sido grande protagonista. Abaixo, backstage em clima fairytale:

Na capa da última Vogue Novia Espanha, um romântico Valentino de tule com laços verde oliva:

Um modelo super clássico, que ficou moderno no tom levemente acinzentado, por Ashi Studio:

Para nosso editorial de “casamento wabi-sabi” da revista Constance Zahn Nr. 5 (à venda aqui), Wanda BorgesFornecedoresWANDA BORGESVestidos de NoivaSão Paulo, São Paulo (Capital)Leia mais escolheu o tule de seda para criar um modelo que pedia fluidez:

Na coleção 2018 da estilista Vera Wang, o tule de seda aparece tanto em modelos mais lânguidos como nos volumosos:

Com drapeados assimétricos e capa, o vestido Marchesa usado por Lily James a deixou como uma deusa grega moderna:

Na época em que a Lanvin tinha a linha bridal (saudades de Alber Elbaz!), os vestidos de tule sempre figuravam nas coleções. Aqui, um modelo de um ombro só:

Nesse vestido Marchesa, até as  aplicações flores em 3D são de tule:

Monique Lhuillier usa muito tule em suas criações! Abaixo, um drapeado moderno:

Já nesse Marchesa, também drapeado no corpo, o tule da saia ganha volume extra com as camadas plissadas:

Um dos modelos icônicos de Valentino (da época em que tinha o próprio à frente da criação) foi esse de tule com camadas plissadas e laço preto que Cameron Diaz usou no Golden Globes em 2007:

O casamento da Ana Helena saiu no site há anos e ela usou um vestido clássico e atemporal de tule point d’esprit assinado por Wanda Borges:

Fotos: Daniela Picoral

Fotos: Daniela Picoral

Já no vestido da J. Crew com pois maiores, o estilo é mais despojado:

Fashionista-cool-romântica by Dior:

Uma pegada super moderna by Vera Wang com tule trabalhado de diferentes maneiras – no top, ele é drapeado; na parte da frente da saia, texturizado com nervuras; e na parte de trás, liso:

Fotos: Reprodução

Veja também: Tendência: vestidos de noiva com detalhes em preto

E mais: 19 vestidos de noiva com detalhes coloridos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *