Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Tags

Posts encontrados com a tag tiara

Navegue como ou

Casamento na Fazenda Dona Catarina: Graziella Cintra + Marcelo Huertas

Vocês lembram que, em maio, falamos aqui no site sobre o noivado de Graziella Cintra e Marcelo Huertas? Bom, no final de julho, eles disseram o "sim" na Fazenda Dona Catarina e nós estávamos super ansiosos para compartilhar todos os detalhes com vocês! Mas, antes, vamos contar um pouquinho da história dos noivos! Marcelo morava em Barcelona e foi durante férias em São Paulo que conheceu Graziella. Os dois namoraram por quatro anos e ideias não faltaram para o pedido de casamento. “A primeira ideia era me levar para um passeio de barco onde moramos, em Manhattan Beach, na Califórnia. Mas só chovia no dia e, como era inverno, escurecia muito rápido. Depois, ele pensou em fazer um almoço romântico em uma vinícola, que estava até marcado. Mas, no dia, houve um imprevisto no trabalho, e ele teve que cancelar. Então, ele decidiu fazer algo mais prático e criativo: um vídeo de retrospectiva de vários momentos nossos, e a última foto era uma aliança de noivado! Eu amei, foi muito mais emocionante do que eu esperava!”, conta a noiva. Graziella adora o clima do campo, por isso, escolher a Fazenda Dona Catarina como cenário do "sim" não foi uma grande surpresa. "Meu avô sempre teve fazenda no interior de São Paulo e eu passei a infância nesse ambiente. Quando encontrei a Fazenda Dona Catarina, adorei saber a história do lugar e me apaixonei pelas fotos: a fachada da casa, os quartos e toda a arquitetura!", explica. Como os preparativos duraram um ano e meio, Graziella teve tempo de decidir tudo com calma. "Eu me envolvi em absolutamente tudo! Desde doces e buffet até música, cores das almofadas, talheres, taças... Tudo passou...
Leia mais

Casamento em Itu: Carolina Yoshimoto + Pedro Oliveira

Carolina Yoshimoto e Pedro Oliveira começaram a namorar super novinhos, quando ainda estavam na oitava série. "Ficamos juntos por quatro anos, mas terminamos após o primeiro ano da faculdade. Foram cinco anos separados. Então, nos reencontramos em um show em São Paulo, em 2012, onde tudo recomeçou!", relembra Carolina. Três anos depois, o casal estava de mudança para Nova York, e foi quando aconteceu o pedido de casamento. "Uma semana antes da nossa festa de despedida, o Pedro combinou uma surpresa com minhas amigas. Eu marquei com elas de ir jantar, mas, quando cheguei lá, era o Pedro que me esperava com um anel!", conta. Por conta da mudança para NY, os preparativos foram longos. "Decidimos fazer tudo com calma e marcamos o casamento para quase dois anos depois - para o dia exato em que completamos 14 anos do primeiro beijo e também quatro anos da volta do namoro", explica. O local escolhido para o "sim" foi o sítio da família do noivo, em Itu, interior de São Paulo. "Sempre foi um lugar muito especial para nós, e não conseguíamos nos ver casando em outro cenário", justifica. Carolina queria uma decoração colorida, com mix de móveis rústicos e modernos. "Queria um conceito que era totalmente alinhado com a proposta da Taís Puntel. Além disso, todas as referências que eu via sempre me levavam de volta a ela. Não poderia ter sido outra pessoa!", diz. O menu do casamento ficou por conta do Buffet Zest, que preparou dois cardápios diferentes. "Optamos por servir o jantar empratado e tivemos o buffet da noiva e o do noivo, cada um com opções diferentes de carnes, peixes, massas. O menu inteiro estava ma-ra-vi-lho-so e, até hoje, as pessoas comentam sobre a comida do...
Leia mais

Casamento na Villa Jockey: Ana Beatriz Libertini + Danilo Finardi

Foi por pouco que Ana Beatriz Libertini e Danilo Finardi não se conheceram. "Nos conhecemos em uma balada na Vila Madalena. Eu estava muito cansada, mas, como era aniversário de uma das minhas melhores amigas, fui mesmo assim. Ele estava com lá com alguns amigos e, desde que cheguei, já prestamos atenção um no outro", conta Ana Beatriz. Os dois namoraram por dois anos e meio, e o pedido de casamento aconteceu quando completaram um ano juntos. "Ele me convidou para ir no Terraço Itália e, antes mesmo de chegar lá, eu quis dar o meu presente. Então, ele me deu um  brinco e uma pulseira. Depois do jantar, ele disse que iria me dar mais um presente e, enquanto esperávamos pela sobremesa, ele pegou o celular e me mostrou um vídeo que fez com todas as nossas fotos. Fomos para o hotel e, quando chegamos, fui direto para a cama. Aí ele deitou ao meu lado e eu disse 'estou te amando tanto que, se você me pedisse em casamento, eu aceitava'. E, em seguida, ele me mostrou a aliança de noivado que estava segurando!", relembra. Ana Beatriz sempre soube que, quando casasse, o cenário seria a Igreja Nossa Senhora do Brasil. "Foi onde meus pais se casaram e lá tem uma estrutura tão linda, que quase não precisa de decoração", explica. Para a festa, o casal escolheu a Villa Jockey, que tem um significado especial para a noiva. "Meu avô tinha cavalos de corrida, e sempre levava meus irmãos, primos e eu para assistir aos páreos no Jockey. Além disso, eu nunca quis um salão todo fechado e a lá tem uma das vistas mais bonitas da...
Leia mais

Casamento clássico: Mayara Protti + Bruno Mastroléo

A história de Mayara Protti e Bruno Mastroléo começou ainda na escola. "Nos conhecemos na sétima série, mas foi só no primeiro colegial, na época das festas de 15 anos, que o Bruno decidiu que deveríamos ficar juntos! Rs Depois de seis meses de muitas tentativas de conquista por parte dele, eu aceitei o pedido de namoro. Namoramos por seis meses e decidimos que éramos muito novos e que deveríamos viver nossas vidas separados", conta Mayara. Após quatro anos separados, os dois se reencontraram em uma festa com os amigos da escola. "Lá, decidimos começar nos ver mais. Porém, o Bruno já estava com tudo fechado para cursar a graduação no exterior. Mas, depois de passar um mês fora, ele decidiu estudar no Brasil mesmo, então começamos a namorar", explica. Quando completou seis anos de namoro, o casal começou a falar sobre casamento. "Passei a dar indiretas sobre o assunto! Rs Falei para ele que a Igreja Nossa Senhora do Brasil, onde eu sonhava casar, tinha uma lista de espera de dois anos! Convidei ele para ir à Igreja e, quando chegamos lá, ele também se encantou. Resolvemos marcar a data na hora e saímos de lá com o combinado de não contar para ninguém até o pedido de casamento formal", relembra Mayara. No Réveillon daquele ano, os noivos foram viajar com as duas famílias, e a futura noiva sentiu que seria o momento perfeito para o pedido. "Na noite de Ano Novo, jantamos em um hotel, com uma festa incrível! E como o Bruno sempre soube que eu sou apaixonada por fogos de artifício, ele escolheu fazer o pedido bem na virada! Ele me perguntou...
Leia mais

Casamento em Santa Catarina: Jéssica Volaco + Rafael Kirchner

Jéssica Volaco e Rafael Kirchner já conheciam há algum tempo, mas nunca haviam conversado. "Nos encontramos na festa de uma amiga em comum e começamos a nos conhecer melhor. Depois de sairmos algumas vezes, o Rafael me pediu um beijo e eu disse que ainda não estava preparada para um relacionamento. Ele me pediu três motivos para não beijá-lo e como, na verdade, não havia motivos, começamos nossa grande história de amor!", conta Jéssica. Foram dois anos e três meses de namoro, e o pedido de casamento aconteceu em Punta Cana. "Ele contratou um chef para um jantar exclusivo na praia. O espaço foi todo decorado com flores, pétalas e velas. Foi uma surpresa muito especial!", relembra. Jéssica e Rafael tiveram 11 meses para organizar o casamento. Eles optaram por dizer o "sim" na Igreja Matriz, em Itajaí, e a cerimônia aconteceu à luz do dia, às 17h. "A Igreja é encantadora e sempre fomos apaixonados por ela", justifica. Já a festa para 460 convidados foi realizada em Balneário Camboriú. "Queria um lugar próximo ao mar, e onde eu e meus familiares pudéssemos nos hospedar, em clima de destination wedding. Além disso, também tínhamos vários convidados de fora do País", conta. A decoração em verde e branco teve com muitas rosas e orquídeas e toques de dourado. Jéssica escolheu um vestido de noiva com mix de renda floral e arabescos e decote ombro a ombro. "O Gessoni Pawlick foi indicado pela minha melhor amiga e conseguiu compreender exatamente o que eu queria", comemora. Para o penteado, a noiva escolheu um meio-preso com tiara. "Sempre quis casar com o cabelo solto, o que, de certa forma, é um pouco arriscado, já que muitas pessoas abraçam a noiva e o penteado por desmoronar. Mas contratei um profissional para ficar comigo a...
Leia mais

Casamento no campo: Gabriela Leite + Guilherme Cristovam

Pode-se dizer que a história de Gabriela Leite e Guilherme Cristovam tem um quê de Cinderela! "Nos conhecemos em uma festa de formatura e, durante a noite, acabei tirando meu sapato e não lembrava onde havia deixado. Ele ficou comigo até o final, procurando, mas infelizmente não encontramos! Nisso, perdi também a minha carona, e ele se ofereceu para me levar para casa", conta a noiva. Depois, Gabriela acabou encontrando os sapatos - e também um namorado! Os dois namoraram por quatro anos, sendo dois à distância. O pedido de casamento aconteceu em Campos do Jordão e não foi exatamente uma surpresa para Gabriela. "Ele ficou tentando esconder, mas, no fundo, eu sabia! Quando estávamos no meio do jantar, ele simplesmente pegou o anel e falou 'quer casar comigo?'. Claro que disse 'sim'!", relembra. Para o casamento, os noivos escolheram o Sítio do Carroção, que foi fundado pelos avós maternos de Gabriela. "Lá é um resort pedagógico para crianças e adolescentes, mas, para mim, é muito mais do que isso! Meus pais se casaram lá e também foi o lugar onde passei todas as minhas férias, meu segundo lar", justifica. A cerimônia aconteceu ao ar livre, e a festa foi realizada parte em espaço aberto e parte no salão recém-inaugurado. A decoração seguiu o estilo clássico, com flores brancas e pinceladas de rosa suave. O projeto floral teve assinatura de André Pedrotti. Para comprar o vestido de noiva, Gabriela viajou para Miami. Ela escolheu um modelo liso com saia volumosa, assinado por Carolina Herrera. Os acessórios eram todos da Cristovam Joalheria, que pertence à mãe do noivo. "Quis um penteado meio-preso, pois nunca uso o cabelo totalmente preso, e queria ser o 'mais eu' possível. O véu acompanhou o estilo do vestido, bem clean", explica. O vídeo do casamento...
Leia mais

Mini-wedding em Curitiba: Helena Guiss + Eduardo Malucelli

A história de Helena Guiss e Eduardo Malucelli começou por causa de um sonho, literalmente! "Uma amiga em comum teve um sonho conosco e resolveu nos apresentar! E deu super certo, namoramos por dois anos!", conta Helena. O pedido de casamento aconteceu durante uma viagem a dois. "Foi em um restaurante muito charmoso, com uma vela vista para as pontes de Praga", relembra. Como queriam um casamento intimista, Helena e Eduardo decidiram fazer um mini-wedding para 55 convidados. Os preparativos foram rápidos - apenas seis meses -, e a festa aconteceu no Hotel Nomaa, em Curitiba. "Conhecemos o hotel tempos atrás e achamos tudo perfeito para a celebração, localização, elegância, gastronomia e uma linda área externa", explica. Para complementar a decoração do próprio hotel, os noivos optaram por orquídeas brancas e muita folhagem. Para o dia, Helena escolheu vestido de noiva rendado da Cymbeline, com saia em camadas e mangas sino. A beleza teve maquiagem com leve destaque para os olhos e cabelos soltos com tiara.   Fotos: Estúdio Dos | Assessoria: Chuva de Arroz | Espaço, buffet e bar: Hotel Nomaa | Flores: Tina Gabriel | Doces: Simone Nejn | Vestido de noiva: Cymbeline | Cabelo: Jeff Salles | Maquiagem: Vivian...
Leia mais

Casamento no Jardim Leopoldina: Mariana Thomaz + Anderson Freitas Silva

Mariana Thomaz e Anderson Freitas Silva se conheceram na balada, e de uma maneira bem divertida. "Fui puxar a mão da minha amiga para ir ao bar comigo, e peguei a mão errada! No caso, a mão do homem da minha vida!! Namoramos por um ano e meio, mas terminamos, pois decidimos fazer intercâmbio - eu no Canadá e ele, na Austrália. Ficamos separados por sete meses. Mas, quando ele voltou ao Brasil, eu já havia chegado e fui buscá-lo no aeroporto. A partir desse dia, nunca mais nos separamos! Foram seis anos de namoro", conta Mariana. Desde os 15 anos, Mariana sonhava em se casar. E, como muitas noivas, fazia questão de dizer o "sim" na Igreja Nossa Senhora do Brasil. "Ligava toda semana para lá, perguntando se já havia aberto a agenda de 2017. E nem noiva eu era ainda, rs!", confessa. No entanto, não demorou para que Anderson fizesse o pedido de casamento. "Foi durante as nossas férias, em um cruzeiro. A princípio, o pedido iria acontecer em alguma parada do cruzeiro, mas ele não achou nenhum momento super romântico e 'nosso' para fazê-lo. Ele se decidiu, então, por um restaurante maravilhoso, na Flórida. Foi perfeito e muito a nossa cara!", relembra. Como Mariana "é louca por festas" e já trabalhou com eventos, os preparativos do casamento, que duraram quase um ano e meio, foram uma diversão! "Organizei a festa de 15 anos da minha irmã e a minha também. Já tinha certeza que iria trabalhar com alguns fornecedores, pois já conhecia o trabalho e gostava bastante. Então foi bem tranquilo!", conta. Mariana já havia ido a um casamento no...
Leia mais

Casamento no Traffô: Bruna Ferrari + André Rosilho

Depois de se conhecerem na faculdade de Direito, Bruna Ferrari e André Rosilho namoraram por quase 10 anos até o tão aguardado "sim"! E a paradisíaca Cartagena, na Colômbia, foi o cenário do pedido de casamento. "No hotel em que nos hospedamos, todo dia eram deixados mimos em cima da cama. E a cor das embalagens era bem parecida com o azul Tiffany. Então, na nossa última noite lá, após o jantar, entrei no quarto e vi a caixinha em cima da cama, mas logo pensei que era a última lembrancinha do hotel. Fui abrindo a caixinha e, quando terminei, descobri que era um anel de noivado! Não acreditei e comecei a chorar!", relembra a noiva. Como Bruna é evangélica e André, católico, os dois sabiam que não seria possível casar em uma Igreja. "Por isso, era muito importante um espaço que tivesse tanto um salão fechado, quanto um jardim aberto, onde gostaríamos de fazer a cerimônia", explica Bruna. E como o Traffô tem exatamente essa configuração, não restaram dúvidas para os noivos, que acharam que lá seria o local ideal para receber os 350 convidados! Para a decoração, Bruna quis um projeto em verde e branco e fez questão das velas suspensas, que apareceram tanto no salão, quanto no jardim. O menu do casamento foi criado pela Divani Gastronomia. "Os destaques do cardápio foram a salada de arroz vermelho, o risoto de arroz negro ao Prosecco, o namorado em crosta de amêndoas com redução de laranja e gengibre e a taça Bavaroise de pistache com coulis de framboesa silvestre e tuille de pistache", detalha Bruna. A Petit Souvenir fez o convite do casamento, clássico em branco e dourado: Também em verde e branco, a decoração da cerimônia teve gypsophilas, velas suspensas e aéreo de orquídeas e folhagem:...
Leia mais

Casamento clássico: Aneliese Lourenço + Felipe de Mattos

Dizem que sexta-feira 13 dá azar, mas não foi bem assim para Aneliese e Felipe de Mattos. "Nos conhecemos no antigo Orkut, por meio de amigos em comum. Conversamos até altas horas por meses. Até que nos conhecemos pessoalmente em agosto de 2010, em plena sexta-feira 13 - que só nos deu sorte! Na época, eu morava em Bauru e cursava o primeiro ano de faculdade. Ele, 10 anos mais velho, morava e trabalhava em São Paulo. Mas nossas cidades natal são Jaú e Brotas, ou seja, quatro cidades para conciliar! Acabou dando certo!", conta Aneliese. Até o casamento, foram seis anos de namoro e o pedido aconteceu na Alemanha, durante uma viagem em família. "Fomos visitar o Castelo Neuschwanstein com a família e, depois, seguimos só nos dois, em uma carruagem, em direção a uma ponte que tem uma vista incrível do castelo. E lá, o Fê começou com uns dizeres fotos, se ajoelhou, pegou aquela caixinha e... 'quer casar comigo?'. Dessa vez era real!", relembra. Aneliese sempre sonhou em dizer o "sim" na Igreja Matriz Nossa Senhora do Patrocínio, em Jaú. E assim foi! "Foram quase dois anos de preparativos, o que foi ótimo, pois conseguimos garantir as datas com os profissionais que gostaríamos e tivemos mais tempo para decidir os detalhes importantes", conta. Beatrís de Michelli assinou a decoração do casamento. "Sempre soube que tinha um estilo mais clássico e tradicional, e cada escolha confirmava isso. Acabamos optando pelo verde e branco, com peças de prata e cristal. E a Beatrís, sabendo da nossa história, elaborou um layout que remetia aos jardins do castelo", explica Aneliese. Antes de escolher o vestido de noiva, Aneliese provou muitos modelos diferentes. "Queria experimentar vários tecidos e cortes, mas o clássico sempre me encantou. Acabei escolhendo um...
Leia mais