Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo

Tags

Posts encontrados com a tag rio de janeiro

Navegue como ou

Casamento ao ar livre: Maíra Rodrigues + Bruno Calvano

Quando se conheceram no casamento de um amigo em comum, Maíra Rodrigues e Bruno Calvano não imaginavam que a história dos dois também renderia um "sim" especial! "No final de 2014, minha irmã gêmea, Angélica, foi convidada para o casamento de um amigo. Faltando pouco menos de duas horas para a cerimônia, o noivo dela teve um contratempo e não pôde ir. Ela me ligou em cima da hora, pedindo companhia, mas eu não estava em casa e não tinha roupas adequadas comigo. Demos um jeito e, na festa, conheci o Bruno. Trocamos telefones aquele dia e começamos a conversar até marcarmos um encontro. E, depois do primeiro beijo, nunca mais nos desgrudamos!", relembra Maíra. Em fevereiro do ano seguinte, Maíra e Bruno estavam namorando. E, alguns meses depois, já dividiam a mesma casa. "Nunca houve um pedido de casamento oficial. Quando estávamos juntos há pouco mais de um ano, decidimos que queríamos celebrar a nova fase", explica. No entanto, na semana do casamento, Bruno decidiu surpreender a noiva com um presente especial. "Ele comprou o anel e, quando acordei no Dia dos Namorados, ele veio com a Lena, nossa cachorrinha, no colo, segurando a caixinha, e fez o pedido!", conta.   Maíra queria que o casamento fosse uma festa despojada, em um lugar acolhedor e que fosse a cara do Rio de Janeiro. "Encontrei tudo isso no Solar Real, um casarão antigo com uma vista de tirar o fôlego. Além disso, fica em Santa Teresa, um dos bairros que eu e o Bruno adoramos por unir beleza e simplicidade", justifica a noiva. Para assinar a decoração, o casal não teve dúvidas e escolheu Renata Paraíso. "Depois de conhecer o...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Laura Borges + Rafael Firmo

Laura Borges e Rafael Firmo se conheceram na faculdade, e logo começaram a sair. "Mas terminamos e só voltamos a ficar juntos depois de formados. Namoramos por quatro anos", conta Laura. Para o pedido de casamento, Rafael levou a futura noiva para um jantar especial no Hotel Santa Teresa, no Rio de Janeiro. "Já tinha até um quarto reservado para passarmos a noite!", relembra. Com apenas oito meses para organizar o casamento, Laura contou com a assessoria de Roberto Cohen e a ajuda da mãe e da sogra. Para a cerimônia, os noivos escolheram a Paróquia São Bento. "Foi onde meu pai, meu sogro e o Rafael estudaram. Além de ser linda, a Paróquia envolve muita história para eles, que são bastante católicos", explica. Como sempre quis um casamento em meio à natureza, Laura optou por fazer a festa ao ar livre. A decoração seguiu o estilo rústico-chic, como os noivos pediram, com cartela de cores em tons quentes. Objetiva e decidida, Laura não teve dificuldades para escolher o vestido de noiva. "Foi na primeira loja que visitei, o terceiro vestido que provei!", conta. Laura optou por um modelo liso com decote tomara que caia, da Pronovias. "Escolhi o penteado na semana do casamento! Eu já tinha uma noção do queria, e optei pelo coque baixo. Para finalizar, usei a grinalda com que minha mãe casou", conta. Para que os convidados pudessem aproveitar ao máximo a festa ao ar livre, a cerimônia aconteceu às 14h30. A cartela de cores da decoração da festa teve tons como laranja, amarelo e rosa. O verde ganhou destaque e marcou presença não apenas nos arranjos, como também na decoração aérea. Lustres de corda, sousplats de rattan e vasos de barro deram o toque rústico que os noivos queriam. Ecila Antunes assinou o menu do casamento, que teve coquetel com opções quentes e...
Leia mais

Casamento no Insólito: Christina Gruni + Paulo Ferreira Pinto

Christina Gruni e Paulo Ferreira Pinto se conheceram em um barzinho, no Leblon, no Rio de Janeiro. "O Paulo pegou meu celular com a minha amiga, e logo começamos a namorar. No entanto, acabamos terminando e só nos reencontramos seis anos depois. Foi mágico! Os dois sentiram que era dali para sempre!", conta Christina. Para fazer o pedido de casamento, Paulo elaborou um plano e surpreendeu a então futura noiva. "O Paulo foi buscar um vestido meu no shopping e escondeu a semi-aliança no vestido. Quando fui pegar para prová-lo, ele estava de joelhos com as alianças na mão! Foi muito lindo", conta. Como amam praia, Christina e Paulo decidiram dizer o "sim" em Búzios. "Quando conhecemos o Insólito Boutique Hotel, não tivemos dúvida! Foi um sonho se materializando". Amiga de Christina desde o colégio, Dani Lanna foi a responsável o vestido de noiva. "Sempre quis um modelo leve, que combinasse com praia, e que não fosse branco", explica. Em off-white, o modelo era frente-única, com bordados na blusa e no quadril. O penteado lateral complementou o visual da noiva, mantendo o ar despojado do look. A decoração seguiu o estilo praiano, com madeira, rattan e o azul como destaque. Em tons vibrantes, o projeto floral complementou o conceito. Fotos: Salamonde | Assessoria: Babi Craveiro | Espaço, buffet e bar: Insólito Boutique Hotel | Decoração: Ana Flor Design Floral | Iluminação: Two Lights | Vestido de noiva: Dani Lanna | Cabelo e maquiagem: Juliana...
Leia mais

Decoração de casamento contemporânea-tropical no MAM Rio

Patricia Vaks é quem assina esta decoração de casamento contemporânea-tropical no MAM Rio. O ponto de partida foi o cobre, material que aparece em diversos momentos: bandejas da mesa doce, lustres, sousplats, móveis e acessórios. O aéreo é um dos grandes destaques no projeto. Logo na entrada, um caminho de luminárias recortadas levava os convidados à mesa de doces, que ganhou um painel com o mesmo trabalho. No salão principal, o mix de luminárias industriais e modernas aparecem na companhia das folhas verdes. Esse clima tropical se propaga ao restante do jantar, tanto no tecido de folhas que reveste as paredes, quanto nos arranjos em laranja, pink, vermelho e mix de verdes sobre as mesas, e na louça da D. Filipa. Patricia arrematou a produção com móveis de madeira da Ambiente Eventos. A papelaria da mesa posta foi personalizada por Atelier Allure: No bar da Help Bar, o menu de led também é outra das criações do Atelier Allure: Na pista de dança, dois são os pontos altos. A plotagem, que traz o desenho geométrico semelhante ao do painel da mesa de doces e luminária de entrada, e a instalação aérea de bandejas com folhagens. Fotos: Sergio Greif | Cerimonial: Carla Baroncini | Decoração: Patricia Vaks | Móveis: Móbile Festas e Ambiente Eventos | Louças: D. Filipa | Flores: Orlando Ambrosio | Paisagismo: HortoArt | Iluminação: Two Lights | Velas: Eliana Lipiane | Taças e guardanapos: Santeh | Bandejas: Flavia Del Pra e Belle Table | Luminárias: Airton Lumini | Bar: Help Bar | Papelaria: Atelier Allure  . . . . . . ....
Leia mais

CZConnection no Copacabana Palace

Depois de São Paulo, desembarcamos no Rio de Janeiro para a 5. edição carioca do CZCONNECTION. O evento aconteceu no Salão Nobre do Copacabana Palace e reuniu amigos e parceiros para um almoço no dia 31 de maio. O encontro ganhou vida com a ajuda da querida Carla Vidal, que assinou a decoração. Como a ideia era reunir os fornecedores para um bate-papo, duas longas mesas comunitárias foram o start do projeto. Todos os móveis são da Ambiente Eventos, enquanto os tapetes da by Kamy. Os tons suaves de pêssego, amarelo e rosa criaram uma ambientação aconchegante e que combinou com o estilo clássico do hotel. A Two Lights cuidou da iluminação, enquanto a Live Audio do som. A assessoria de Carla Baroncini ficou responsável pelo receptivo dos convidados. O projeto floral, assinado pela Flor'Art, ficou lindo. Os arranjos trouxeram um mix de flores e frutas. Peças de cobre, prata e murano da Belle Table e Essencial Etc, e velas da Eliana Lipiani, foram as escolhidas para o centro de mesa. Nos lugares, sousplats de prata e cristal da Vintage n'Cool e menu personalizado do Atelier Allure. A Perrier-Jouët marcou presença no brinde. E quem comandou o bar do nosso evento foi a Help Bar. No menu, drinks de Beefeater Brasil, como o Allegro Tonic (gin, água tônica, twist de limão siciliano, zimbro e alecrim), e de Chivas, como o Whisky Sour (chivas, suco de limão siciliano e borda de vanilla). O buffet, assinado pelo chef Luis Guilherme Cirino, do Copacabana Palace, trouxe delícias do começo ao fim. Destaque para o Tataki de atum com edamame e gergelim e a Paella de risoni. As mini...
Leia mais

Destination wedding no Parque Lage: Amy Terry + Basil Mavroleon

Imagino que muitos de vocês tenham visto as fotos que rolaram no Instagram nesse fim de semana, do casamento de Amy Terry e Basil Mavroleon. Eu estou até agora passada com tudo!! Quando estava no Rio Grande do Sul para as gravações do programa do Luciano Huck com o Roberto Cohen, ele comentou comigo sobre esse casamento que estava organizando... que os noivos moravam em Londres e haviam escolhido o Rio de Janeiro, que seriam 3 dias de festa, que viria muita gente importante do mundo inteiro e ficaria no Hotel Fasano, que teria um welcome na praia na quinta, que a festa do casamento mesmo seria no Parque Lage (e que este não receberia cobertura) na sexta, que no dia seguinte haveria uma festa em uma mansão... Ou seja, muitas pistas de que vinha coisa boa por aí! Mas não tinha como imaginar que seria tão incrível assim! Foi um casamento grandioso sem exageros, tradicional com toque fashionista, um mix do chic britânico com a bossa carioca.  Vamos começar pelo vestido de noiva? Assinado por Giambattista Valli, o modelo era imponente pelo volume da saia e comprimento da cauda, mas extremamente leve pelo movimento do tecido (que parece ser mousseline). Na verdade, era um vestido clean de decote ombro-a-ombro com um toque fashionista: as mangas bufantes! (clica aqui para ver o post sobre mangas bufantes!) Para complementar o look leve, um véu liso, que na entrada cobriu o rosto da noiva (e ficou lindo!), e uma beleza discreta (make natural + coque baixo com flores brancas). O bouquet era de flores brancas e de tamanho pequeno. Vamos falar sobre a...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Barbara Paes + Bruno Santos

Bruno Santos gosta de dizer que Barbara Paes foi seu presente de aniversário. "Eu estava em uma fase mais caseira, mas duas amigas insistiram muito para que eu saísse com elas. Mesmo sem muita animação, decidi aceitar o convite e fomos para a festa de uns amigos que elas haviam acabado de conhecer. Era o aniversário do Bruno e nos conhecemos esse dia!", conta Barbara. No dia em que completaram três anos de namoro, Bruno fez o pedido de casamento. "Ele adora cozinhar, e preparou sozinho o jantar de comemoração. Quando acabamos de comer, ele pegou o anel e fez o tão esperado pedido!", relembra. Casar sempre foi um sonho para Barbara. "Quando eu era pequena, morava no interior de Minas Gerais, e meu pai sempre me levava na porta da Igreja para ver as noivas entrarem. Eu ficava encantada, com os olhinhos brilhando! Então, quando chegou a minha vez, já sabia tudo o que eu queria e acabou sendo fácil organizar a festa. A primeira coisa que fiz foi procurar o Roberto Cohen e a Eugênia Guerrera, que cuidaram da assessoria e da decoração, respectivamente", explica. A cerimônia aconteceu à noite e ao ar livre, como a noiva sempre quis. Para a decoração da festa, Barbara quis flores em tons suaves de rosa e branco, além de velas e móveis espelhados. O vestido de noiva ficou por conta de Carol Hungria, que transformou o desejo de Barbara em realidade. "Queria um vestido de renda, com mangas, que marcasse a cintura, mas não fosse muito 'princesa'. Nas costas, um decote bem grande, em V, e cauda removível. Mostrei minhas referências para a Carol e, como mágica, ela desenhou o modelo em alguns minutos. Ficou perfeito, exatamente como imaginei", elogia. O vídeo...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Patricia Vaks

Para Patricia Vaks, qualidade é sempre mais importante do que quantidade. Mas, se existe algo que, para ela, nunca é demais é a criatividade. A decoradora entrou para o mercado de festas por acaso, quando decidiu assinar o projeto do próprio casamento. E hoje, 10 anos depois, é reconhecida pelas decorações originais, que sempre contam com elementos inovadores! Cheia de ideias para surpreender os convidados, Patricia fala sobre inspirações, luxo em casamento, detalhes que fazem a diferença e dá dicas imperdíveis para as noivas. - Como tudo começou? Comecei com a produção do meu próprio casamento. Quando comecei a pesquisar decoradores que estivessem dentro do meu budget, percebi que nenhum se encaixava no que eu queria. Eu olhava muitas revistas, tinha muitas referências e acabei me apaixonando por um casamento do Vic Meirelles. A partir daí, criei a planta baixa, elaborei os arranjos de flores, pensei na iluminação e apresentei tudo isso para o Roberto Cohen, que foi meu cerimonialista. Ele olhou para o projeto e disse "muito legal, mas você vai deixar o decorador mudar?". Eu disse que não e ele me aconselhou a fazer a minha própria decoração. Como eu sou designer e, na época, trabalhava em uma agência de publicidade, fiz a identidade visual da festa e também o convite. E foi assim que decidi encarar esse desafio. Foi o Cohen quem me indicou todos os profissionais, com quem marquei reuniões e expliquei a situação. Eles não entenderam nada a princípio - uma noiva passando as informações da decoração? Rs... Mas deu tudo certo! A equipe do Cohen fez toda a montagem e eu fiquei só dando pitaco! Depois disso, me encantei pelo...
Leia mais

10 motivos para casar no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort

O clima tropical da praia, o lifestyle despojado da cidade e a natureza exuberante encantam muitos noivos cariocas e do Brasil inteiro, que sonham em casar na cidade maravilhosa. E com o equilíbrio entre o tradicional e o moderno e uma vista privilegiada - que é impossível não mencionar -, o Sheraton Grand Rio Hotel & Resort é um dos lugares perfeitos para celebrar o grande dia. Após passar por uma grande revitalização, o hotel, que fica na Zona Sul do Rio, oferece toda a infraestrutura necessária para o casamento! Quer saber mais? Fizemos uma lista com 10 motivos para casar no Sheraton. Vem ver: 1. ACESSO DIRETO À PRAIA O hotel tem acesso direito a Prainha do Vidigal, ótimo cenário para a sessão de fotos após a cerimônia. Além disso, os noivos e convidados ainda podem curtir a praia com o exclusivo Serviço de Praia do Sheraton. Atividades recreativas, espreguiçadeiras e garçons à disposição para servir coquetéis e petiscos fazem parte do atendimento. 2. HOSPEDAGEM PARA TODOS OS PERFIS Para a família, padrinhos e convidados que vêm de fora da cidade, o Sheraton disponibiliza 538 apartamentos renovados e suítes com varandas privativas. Os quartos têm diferentes disposições e facilidades, assim, é possível oferecer soluções adequadas a variados perfis. 3. VISTA PRIVILEGIADA Além da área de lazer com paisagismo de Burle Marx - que consideramos um encanto à parte -, a vista do hotel e dos apartamentos é de tirar o fôlego. Ao final da tarde, o por do sol é protagonista, o que é perfeito para uma cerimônia ao ar livre. 4. TRATAMENTOS ESPECIAIS NO SPA Quando o assunto é...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Maria Helena Pessôa de Queiroz + Bruno Campos

Maria Helena Pessôa de Queiroz e Bruno Campos se conheceram em 2005, mas demoraram oito anos para ficar juntos! "Em 2007, saímos uma vez. Acabou que eu estava sempre namorando e os anos foram passando... Em 2013, eu estava solteira e nos reencontramos em plena sexta-feira de Carnaval. Em poucos dias, já estávamos namorando e, em um mês, tínhamos planos de fazer o mestrado juntos nos Estados Unidos", relembra Maria Helena. Com nove meses de namoro, Bruno fez o pedido de casamento. "Ele já estava morando fora e veio ao Brasil durante o thanksgiving. À noite, na minha casa, ele, que é super estudioso, puxou um livro e disse que ia estudar. Fiquei perplexa e, sem saber o que dizer, ele veio com o livro, me abraçou e disse 'não fica assim, quando é que a gente vai casar, hein?'. Eu respondi 'não sei, né?'. Nisso, ele puxou de dentro do livro a caixa com o anel! Foi muito especial, pois ele sabia que, quando esse dia chegasse, eu queria que fosse sem plateia, só entre nós dois", conta. Maria Helena sempre quis casar de dia. "Primeiro porque acho alegre e a luz natural é linda. Mas também porque eu queria que a festa durasse bastante tempo. Então, nem pensei duas vezes: marquei a cerimônia religiosa para meio-dia", explica. Maria Helena já estava morando nos Estados Unidos durante os preparativos, que duraram um ano e quatro meses. E para ajudar na organização da festa, os noivos contaram com a assessoria de Roberto Cohen. "Sou super centralizadora e sempre soube muito bem o que queria. Mesmo a distância, não houve qualquer item do casamento que eu não tenha escolhido. Mas foi crucial ter...
Leia mais