Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo

Tags

Posts encontrados com a tag decoração em verde e branco

Navegue como ou

Casamento em São Paulo: Maily Ferraresi + Gustavo Maia Coelho

Maily Ferraresi e Gustavo Maia Coelho se conheceram em uma festa na praia, em novembro de 2012. "O Gustavo tinha acabado de voltar para o Brasil, depois de muitos anos morando em Los Angeles. Ficamos trocando olhares por um tempo, até que ele veio conversar comigo. Trocamos telefones e, logo, começamos a sair e a namorar", conta Maily. Para tornar o pedido de casamento ainda mais especial, Gustavo escolheu fazê-lo durante uma viagem às Bahamas. "Estávamos jantando, quando ele ajoelhou na minha frente e fez o pedido! O mais lindo foi saber o cuidado na escolha do anel de noivado. O Gustavo queria um modelo específico que só era vendido fora do Brasil, então fez a encomenda à distância, seis meses antes. Durante a viagem, ele deu um jeito de escapar do hotel e foi até a joalheria pegar o anel!". Para receber os 280 convidados, os noivos escolheram o Iate Clube de Santos, em São Paulo. "Em 2015, fomos a uma festa lá e, quando entramos no local, ficamos boquiabertos com a beleza do espaço! Tudo nos encantou e até comentamos que nosso casamento só poderia ser lá", explica. A decoração seguiu o estilo clássico, com projeto floral em verde e branco e peças de prata e cristal. Como já tinha uma ideia do que queria, Maily não teve dificuldades para escolher o vestido de noiva. Assinado por Isabella Narchi, o modelo clássico tinha mangas longas, decote ombro a ombro e aplicações de renda. "Fiz questão de um véu longo para cobrir toda a escadaria da cerimônia", conta Maily. A beleza da noiva teve assinatura de Erick Santos, que apostou em maquiagem iluminada e coque clássico finalizado com mini-pérolas. Todo em branco e com monograma em relevo, o convite da Papel e Estilo seguiu o estilo...
Leia mais

Casamento clássico: Esther Collet + Mateus Biselli

Esther Collet e Mateus Biselli se conheceram em 2009, durante um luau na Riviera de São Lourenço. Foram oito anos de namoro e o pedido de casamento teve um significado ainda mais especial. "Foi depois de um jantar no dia que seria o aniversário do meu pai, que havia falecido há pouco mais de um mês. O Mateus quis fazer uma homenagem a ele. O pedido aconteceu em frente a uma de nossas vistas favoritas de São Paulo, a noite estava linda e iluminada! Fiquei em choque com o anel de noivado, que era da avó dele", conta Esther. Os preparativos duraram quase um ano e meio, e a assessoria ficou por conta da Entrevento. "A Adriana, da Entrevento, foi essencial e nos ajudou muito! Ela entendeu bem o nosso gosto e confiamos demais nela! Resultado: foi tudo a nossa cara!", conta Esther. Os noivos queriam que a cerimônia acontecesse em uma Igreja acolhedora e não tão grande. "Como sou muito devota de São José, escolhemos a Igreja São José do Jardim Europa", explica. A festa para 310 convidados teve a Villa Jockey como cenário. "Sempre imaginei um espaço que tivesse uma vista linda. Por isso, quando entramos na Villa Jockey e vimos aquela skyline, já estava decidido! Também gosto muito daquela entrada com pé direito alto e janelas amplas de vidro", justifica. Esther e Mateus imaginaram uma decoração clássica, e escolheram Mariana Bassi para assinar o projeto. "Prima-irmã" de Luciana Collet, Esther sempre quis que a estilista (que também foi sua madrinha) desenhasse o vestido de noiva. "Eu e a Lu conversamos por meses até chegarmos no meu vestido dos sonhos. Mudei de ideia muitas vezes, mas, quando comecei a imaginar o modelo da forma como ficou, não tive mais dúvidas! Adicionamos bordados de margaridinhas brancas ao longo...
Leia mais

Casamento na Fazenda Santa Bárbara: Natasha Bernardo + Ricardo Salomão

Foram os amigos em comum de Natasha Bernardo e Ricardo Salomão que fizeram questão de que os dois se conhecessem. "Foi um encontro marcado justamente para apresentar os solteiros. Saímos por nove meses até começarmos a namorar", explica Natasha. Até o pedido de casamento, foram três de namoro. E o mais surpreendente é que Ricardo guardou o anel por nove meses até encontrar o momento perfeito! "Era meu aniversário e eu não tinha organizado nada para comemorar. Então, ele pediu que eu fizesse uma malinha sem saber para onde iríamos. Fomos para Ilhabela e, no segundo dia, após o jantar, chegamos no quarto e a cama estava coberta por pétalas de rosa, com uma garrafa de champagne e o anel! Fiquei chocada por alguns minutos antes de dizer o 'sim'", se diverte a noiva. A princípio, Natasha e Ricardo queriam um mini-wedding ao ar livre. No entanto, quando começaram a fazer a lista de convidados, viram um casamento intimista seria inviável. "Por isso, resolvemos fazer duas cerimônias: uma simbólica, só com a família, em Bali; e outra religiosa, com uma festa maior, no Brasil", explica. Os preparativos duraram um pouco mais de um ano, e o cenário escolhido para receber os 300 convidados foi a Fazenda Santa Bárbara. "Queríamos um lugar próximo à cidade, com muito verde e uma fachada linda. Quando visitamos a Fazenda Santa Bárbara pela primeira vez, chovia muito (como no dia do casamento), mas o Ricardo saiu de lá falando que se via casando lá. E foi o que aconteceu!", conta. Fabio Borgatto e Telma Hayashi assinaram a decoração, que seguiu o estilo clássico-campestre. "Queria um projeto em branco e atemporal, com arranjos aéreos de orquídeas phalaenopsis", comenta Natasha. O menu do casamento ficou pro conta do Buffet França. "Apostamos no serviço americano, com lanchinho da madrugada....
Leia mais

Casamento clássico: Mayara Protti + Bruno Mastroléo

A história de Mayara Protti e Bruno Mastroléo começou ainda na escola. "Nos conhecemos na sétima série, mas foi só no primeiro colegial, na época das festas de 15 anos, que o Bruno decidiu que deveríamos ficar juntos! Rs Depois de seis meses de muitas tentativas de conquista por parte dele, eu aceitei o pedido de namoro. Namoramos por seis meses e decidimos que éramos muito novos e que deveríamos viver nossas vidas separados", conta Mayara. Após quatro anos separados, os dois se reencontraram em uma festa com os amigos da escola. "Lá, decidimos começar nos ver mais. Porém, o Bruno já estava com tudo fechado para cursar a graduação no exterior. Mas, depois de passar um mês fora, ele decidiu estudar no Brasil mesmo, então começamos a namorar", explica. Quando completou seis anos de namoro, o casal começou a falar sobre casamento. "Passei a dar indiretas sobre o assunto! Rs Falei para ele que a Igreja Nossa Senhora do Brasil, onde eu sonhava casar, tinha uma lista de espera de dois anos! Convidei ele para ir à Igreja e, quando chegamos lá, ele também se encantou. Resolvemos marcar a data na hora e saímos de lá com o combinado de não contar para ninguém até o pedido de casamento formal", relembra Mayara. No Réveillon daquele ano, os noivos foram viajar com as duas famílias, e a futura noiva sentiu que seria o momento perfeito para o pedido. "Na noite de Ano Novo, jantamos em um hotel, com uma festa incrível! E como o Bruno sempre soube que eu sou apaixonada por fogos de artifício, ele escolheu fazer o pedido bem na virada! Ele me perguntou...
Leia mais

Casamento em São Paulo: Fernanda Salvadori + Fernando Matheus

Fernanda Salvadori e Fernando Matheus são médicos e estudaram na mesma faculdade, mas demoraram para se conhecer! "Só nos conhecemos nove anos depois que começamos na faculdade", comenta Fernanda. No entanto, um dia, Fernanda viu Fernando no hospital e ele logo chamou sua atenção. "Lembro que comentei com as minhas amigas: 'nossa, quem é esse novo residente? Que gatinho!'. Fiquei toda animada, mas descobri que ele tinha namorada, então, acabei desencanando. Alguns meses depois, encontrei com ele no café do hospital, ele começou a puxar papo comigo e soube que a namorada não existia mais. Yes!!!", comemora a noiva. Depois de muitas "idas ao café", dois encontros e uma ida ao cinema, os dois, enfim, começaram a namorar! O pedido de casamento aconteceu durante uma viagem para a Itália, para comemorar os 60 anos do pai de Fernanda. A noiva acabou descobrindo os planos do noivo antes, mas isso não fez com que o momento fosse menos especial. "Um belo dia, estava procurando um dos meus anéis preferidos em casa e não encontrava de jeito nenhum! Fiquei desesperada e liguei para o Fê, perguntando se eu tinha esquecido na casa dele. Ele disse 'não consigo esconder nada de você, né? Fui eu quem pegou seu anel!'", se diverte Fernanda. Então, o pedido se tornou uma deliciosa surpresa para o pai da noiva. "Meu pai sempre disse que quem fosse casar comigo teria que pedir a minha mão para ele, da maneira tradicional. Então, dissemos para ele que seria o jantar de comemoração do aniversário. Mas, quando o Fê fez o pedido, ficamos todo muito emocionados - meu pai, então, nem se fala!...
Leia mais

Casamento em Santa Catarina: Jéssica Volaco + Rafael Kirchner

Jéssica Volaco e Rafael Kirchner já conheciam há algum tempo, mas nunca haviam conversado. "Nos encontramos na festa de uma amiga em comum e começamos a nos conhecer melhor. Depois de sairmos algumas vezes, o Rafael me pediu um beijo e eu disse que ainda não estava preparada para um relacionamento. Ele me pediu três motivos para não beijá-lo e como, na verdade, não havia motivos, começamos nossa grande história de amor!", conta Jéssica. Foram dois anos e três meses de namoro, e o pedido de casamento aconteceu em Punta Cana. "Ele contratou um chef para um jantar exclusivo na praia. O espaço foi todo decorado com flores, pétalas e velas. Foi uma surpresa muito especial!", relembra. Jéssica e Rafael tiveram 11 meses para organizar o casamento. Eles optaram por dizer o "sim" na Igreja Matriz, em Itajaí, e a cerimônia aconteceu à luz do dia, às 17h. "A Igreja é encantadora e sempre fomos apaixonados por ela", justifica. Já a festa para 460 convidados foi realizada em Balneário Camboriú. "Queria um lugar próximo ao mar, e onde eu e meus familiares pudéssemos nos hospedar, em clima de destination wedding. Além disso, também tínhamos vários convidados de fora do País", conta. A decoração em verde e branco teve com muitas rosas e orquídeas e toques de dourado. Jéssica escolheu um vestido de noiva com mix de renda floral e arabescos e decote ombro a ombro. "O Gessoni Pawlick foi indicado pela minha melhor amiga e conseguiu compreender exatamente o que eu queria", comemora. Para o penteado, a noiva escolheu um meio-preso com tiara. "Sempre quis casar com o cabelo solto, o que, de certa forma, é um pouco arriscado, já que muitas pessoas abraçam a noiva e o penteado por desmoronar. Mas contratei um profissional para ficar comigo a...
Leia mais

Casamento na Casa Petra: Amanda Bueno + Ricardo Manrubia

Foi logo depois de se conhecerem em uma festa de amigos em comum, que Amanda Bueno e Ricardo Manrubia começaram a namorar. "Foram oito anos juntos até o pedido de casamento!", conta Amanda. Como sabia que Paris era um lugar especial para a então futura noiva, Ricardo escolheu a capital francesa como o cenário do primeiro "sim". "Foi em um jantar no Rio Sena, aos pés da Torre Eiffel! Agora, Paris significa muito não só para mim, quanto para nós dois!". Os preparativos duraram 10 meses e, diferente do que acontece com a maioria dos casais, foi o noivo quem assumiu o controle! "Ao longo da organização, a noiva surtou - trabalho, casa nova, festa... Rs! E quem assumiu? O noivo mais dedicado que já existiu. Ele fazia cronogramas, participava de reuniões e me designava tarefas! Cada detalhe teve a coordenação dele", comenta Amanda. A mãe da noiva também participou ativamente dos preparativos, cuidando da papelaria do casamento. "Ela fez o encarte dos convites, que, modéstia à parte, foi o convite mais lindo que já vimos! Também fez os porta-guardanapos, as lágrimas de alegria e as caixas dos padrinhos! Foi um anjo em nossas vidas". A cerimônia aconteceu na Igreja Santa Teresinha, que era um desejo em comum dos noivos. "Eu fui batizada lá e morei a minha vida toda no bairro de Higienópolis. E ele queria homenagear a mãe, já falecida, que estudou no Colégio Teresiano. Além disso, a Igreja é linda, acolhedora e tem a famosa chuva de pétalas", conta. Como sempre sonhou com uma festa na Casa Petra, Amanda não pensou duas vezes antes de receber os 260 convidados no espaço. "Já tinha ido a vários casamentos lá, e o que mais me chamava a atenção...
Leia mais

Casamento em São Paulo: Daniele Sertório + Fabien Jossi

Daniele Sertório se mudou para San Diego, na Califórnia, para estudar inglês. Enquanto isso, Fabien Jossi, que é suíço, planejava ir para o Havaí, também para aprender a língua. "Depois de dois meses, resolvi sair de San Diego, porque lá tinha muitos brasileiros e eu não consegui aprender inglês. Já o Fabien não conseguiu vaga na escola do Havaí. Enfim, o destino fez com que eu mudasse para Long Beach, o único lugar onde ainda havia vaga para ele. No final de uma festa de Halloween com todos os alunos da escola, o Fabien disse que estava interessado em mim. E a partir daí, não nos separamos mais", relembra Daniele. Depois de três meses juntos nos Estados Unidos, os dois voltaram para seus países. "Foram cinco anos de namoro a distância. A cada três meses, eu ia para a Suíça ou ele ia para o Brasil".  No final de 2014, Daniele se mudou para Genebra e os dois decidiram se casar. O casamento civil, com recepção para 40 pessoas, aconteceu na Suíça em fevereiro de 2015. E dois anos depois, o casal disse o "sim" no Brasil, com festa na Casa Petra. "Escolhemos o espaço por ter ótima localização e diferentes ambientes, o que facilitou para realizarmos o welcome drink, a cerimônia, o coquetel e o jantar, tudo no mesmo local", explica. A 1-18 Project assinou a decoração, que seguiu o estilo clássico com toques contemporâneos. "A paleta de cores tinha branco, verde e dourado. Também queríamos bastante transparência, cristais e espelhos", conta Daniele. O projeto floral ficou por conta de André Pedrotti, que apostou em muitas rosas e orquídeas. Daniele já sabia como seria o look de noiva perfeito: vestido com decote ombro a ombro e bordados em cristais e pérolas. E para...
Leia mais

Casamento no Buffet França: Livia Andrade + Felipe Soriani

Livia Andrade e Felipe Soriani se conheceram na balada, em 2007. "Ele era músico e tinha tocado no local antes de eu chegar", relembra Livia. Sete anos depois, aconteceu o pedido de casamento. "Era aniversário do meu pai e fizemos uma festa surpresa para ele. No final da noite, quando estavam apenas nossas famílias, ele fez o pedido!", conta. Livia trabalha com a irmã, a cake designer Danielle Andrade, então, está super familiarizada com o universo de casamentos. E por isso, sempre soube exatamente com quais fornecedores gostaria de trabalhar. "Tinha o sonho de casar na Igreja Nossa Senhora do Brasil, que eu acho a mais linda de todas! Para a festa, já sabia que queria o Buffet França, que, na minha opinião, é o melhor de São Paulo! Além disso, o espaço deles é ótimo e comportaria perfeitamente nossos 350 convidados", comenta. A decoração teve assinatura de Laís Aguiar, escolhida a dedo por Livia. "Assim que definimos a data do casamento, liguei para a Laís e já pedi a data para ela. Seis meses antes do casamento, levei para ela as referências que eu gostava e ela fez o projeto. Simplesmente amei, ficou tudo do jeitinho que eu queria!", elogia a noiva. O Buffet França também elaborou o menu do casamento, que teve serviço americano, ilhas gastronômicas e lanchinhos da madrugada. "Tudo estava maravilhoso! O Sérgio, do França, elaborou o cardápio para nós, de acordo com as nossas preferências. O tartar de salmão estava especialmente incrível!", conta Livia. E como não poderia ser diferente, a mesa de doces estava recheada de delícias feitas por Danielle Andrade! Antes de definir o vestido de noiva, Livia já havia decidido que o modelo teria mangas longas e seria desenvolvido pelo Atelier Tiyomi. "Vi no Instagram um vestido de uma...
Leia mais

Decoração com ar contemporâneo para casamento em Ilhabela

A decoração assinada por Mara Perez é uma ótima inspiração para os noivos que vão casar na praia, mas querem fugir do já tradicional rústico-tropical. O casal desta festa queria uma "balada chic", que surpreendesse os 600 convidados. Então, a decoradora apostou na clássica combinação de branco e verde (branco sempre fica lindo na praia!) e no mobiliário fez um mix clássico-contemporâneo, com peças espelhadas, em branco e em acrílico.  Conchas, estrelas do mar e corais (como a venda desses elementos é proibida, Mara encomendou réplicas em resina) fizeram a referência ao mar. A passarela de vidro, montada pela Cris Coberturas, reforçou o toque contemporâneo da decoração da cerimônia. Os quatro arcos de flores brancas complementaram a nave. Já o altar teve cortinas de linho branco, que deram leveza ao espaço e foram combinadas ao grande lustre de cristal. As mesas dos convidados receberam flores brancas e peças de prata. Velas suspensas com folhagens e galhos fizeram as vezes de decoração aérea. Destaque da decoração, a área dos doces foi montada com várias mesas brancas e espelhadas. Os docinhos foram acomodados em bandejas de cristais, combinadas aos castiçais de corais (lindos e diferentes!). E para coroar o espaço, um grande arranjo aéreo com uma "chuva de orquídeas". Os lounges foram responsáveis pelo lado despojado da festa. E, super aconchegantes, receberam almogadas em linho branco, off-white e areia, com bordados de figuras marinhas em paetês. Fotos: Studio Cappa | Assessoria: Sou noiva em Ilhabela | Espaço: Sea Club | Decoração: Mara Perez | Móveis: 100% Eventos e Armazém da Festa | Materiais e objetos: D. Filipa | Tapetes: By Kamy | Passarela de vidro: Cris Coberturas | Buffet: Bendita Cozinha | Bar: Brother's Bar | Doces: Ana Maria Bolos e Doces e Maria...
Leia mais