Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo

Tags

Posts encontrados com a tag decoração colorida

Navegue como ou

Destination wedding em Trancoso: Erika Carvalho + Guilherme Fleck

Erika Carvalho era amiga da irmã de Guilherme Fleck, e foi assim que os dois se conheceram. "Fomos apresentados na casa dos pais deles, em Indaiatuba, em um aniversário do Guilherme. Foram dois anos de namoro até o casamento e, desde o início, tivemos certeza de que queríamos ficar juntos por toda a vida!", conta Erika. O pedido de casamento aconteceu em Ilhabela, durante um jantar romântico à beira-mar. "O Guilherme preparou tudo de surpresa!", diz a noiva. Erika e Guilherme faziam questão de um destination wedding, para que pudessem curtir uma viagem com a família e os amigos. "Já estávamos pensando em praia quando fomos passar férias em Trancoso. Nos apaixonamos pela energia do lugar, pelo Quadrado e pelas praias. Foi fácil ter certeza de que nosso casamento tinha que ser lá!", explica Erika. Os preparativos à distância duraram um ano e a assessoria de Patricia Galvão foi essencial para os noivos. "Cuidei pessoalmente de todos os detalhes, mas a Patricia foi fundamental em todo o processo, especialmente na escolha de fornecedores locais", elogia. Katia Criscuolo, da Congregabahia, foi a responsável pela decoração. "Queria que o casamento fosse bem colorido, alegre e praiano. E a Katia soube traduzir o que queríamos perfeitamente! A festa ficou maravilhosa", comemora Erika. Depois de procurar vestidos de noiva em vários lugares, Erika foi à Casamarela, em São Paulo, e se apaixonou por um modelo assinado por Yolan Cris. Com alças finas e amplo decote nas costas, o modelo todo rendado era leve e tinha tudo a ver com um casamento na praia. O penteado meio-preso complementou o look da noiva. Para garantir o clima praiano que Erika e Guilherme queriam, Katia Criscuolo, da Congregabahia, apostou em materiais como palha, vime, corda e madeira rústica. Mini-abacaxis foram responsáveis pelo ar tropical, enquanto a combinação entre azul e...
Leia mais

Casamento em Itu: Carolina Yoshimoto + Pedro Oliveira

Carolina Yoshimoto e Pedro Oliveira começaram a namorar super novinhos, quando ainda estavam na oitava série. "Ficamos juntos por quatro anos, mas terminamos após o primeiro ano da faculdade. Foram cinco anos separados. Então, nos reencontramos em um show em São Paulo, em 2012, onde tudo recomeçou!", relembra Carolina. Três anos depois, o casal estava de mudança para Nova York, e foi quando aconteceu o pedido de casamento. "Uma semana antes da nossa festa de despedida, o Pedro combinou uma surpresa com minhas amigas. Eu marquei com elas de ir jantar, mas, quando cheguei lá, era o Pedro que me esperava com um anel!", conta. Por conta da mudança para NY, os preparativos foram longos. "Decidimos fazer tudo com calma e marcamos o casamento para quase dois anos depois - para o dia exato em que completamos 14 anos do primeiro beijo e também quatro anos da volta do namoro", explica. O local escolhido para o "sim" foi o sítio da família do noivo, em Itu, interior de São Paulo. "Sempre foi um lugar muito especial para nós, e não conseguíamos nos ver casando em outro cenário", justifica. Carolina queria uma decoração colorida, com mix de móveis rústicos e modernos. "Queria um conceito que era totalmente alinhado com a proposta da Taís Puntel. Além disso, todas as referências que eu via sempre me levavam de volta a ela. Não poderia ter sido outra pessoa!", diz. O menu do casamento ficou por conta do Buffet Zest, que preparou dois cardápios diferentes. "Optamos por servir o jantar empratado e tivemos o buffet da noiva e o do noivo, cada um com opções diferentes de carnes, peixes, massas. O menu inteiro estava ma-ra-vi-lho-so e, até hoje, as pessoas comentam sobre a comida do...
Leia mais

Casamento em São Paulo: Ana Carolina Liu + Hu Hung Chia

Não tem como negar que o amor à primeira vista é puro romantismo! No entanto, um amor que surge aos poucos pode ser tão arrebatador quanto. E a história de Ana Carolina Liu e Hu Hung Chia não nos deixa mentir! Depois de uma temporada fora, Ana Carolina retornou ao Brasil e conheceu Ligia, que se tornou sua melhor amiga e também a apresentou ao futuro marido. "Conheci o grupo de amigos dela e lá estava ele! O Hu sempre foi bem fechado e, honestamente, quando o vi pela primeira vez foi bem sem graça! Rs Mas, aproximadamente um ano depois, outra amiga me perguntou o que eu achava dele e, quando respondi, ela me disse 'olhe para ele com outros olhos'. Dito e feito! Realmente o vi de outra forma e o achei lindo!", se diverte Ana Carolina. Depois de três anos de namoro, veio o pedido de casamento. "Foi exatamente como sempre imaginei! Em um pub em Londres, bebendo um choppinho e ele com aquele jeito sem graça! Atropelou todas as palavras, ficou procurando alguma coisa na mochila até achar as alianças! E só me perguntou 'você aceita?'" , relembra. Ana Carolina nunca sonhou com um casamento. "Nunca fui muito 'frufru' e sempre tive pavor daquelas festas super clássicas. Queria algo que tivesse minha cara e do meu marido. Simples e elegante, com toques moderninhos", explica. Os preparativos duraram apenas quatro meses e, como Ana Carolina trabalha muito no final do ano (e o casamento seria em janeiro), a assessoria da Babi Leite Eventos foi essencial! "A Babi e a Helô foram tudo de bom na minha vida, absolutamente impecáveis!", elogia. A cerimônia e a festa para 200 convidados aconteceram no Espaço Gardens. E como queria muitas flores para a decoração, Ana...
Leia mais

Guia de casamento em Trancoso: o que você precisa saber e opções de fornecedores

Sempre que publicamos um casamento em Trancoso, a energia do local é um dos primeiros pontos comentados pelos noivos. O vilarejo baiano realmente tem uma atmosfera especial, que conquista todo mundo! Sem falar que Trancoso faz parte da história de muitos noivos que decidem se casar lá – ou por terem se conhecido ou passado bons momentos juntos ali… E para ajudar os casais que pensam em um destination wedding na região, montamos um guia completo de casamento em Trancoso. POR QUE CASAR EM TRANCOSO? Além de abrigar cenários incríveis para um destination wedding, Trancoso conta com uma rede de fornecedores completa para casamentos - de decoração, espaços e assessoria a buffet e doces! "Hoje temos a infraestrutura e a sofisticação necessárias para grandes festas, mas sem perder o clima despojado e acolhedor do vilarejo", explica a assessora Patricia Galvão. "E é essa mistura do chic com o rústico que faz com que a cidade seja reconhecida internacionalmente e um dos principais lugares para destination weddings no Brasil!", comenta Roberta Calfat, da Duas Calfat. Apesar de Trancoso não ser tão próxima de grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, o acesso é fácil. E, por se tratar de uma cidade turística, a hospedagem dos convidados não é um problema. Quem sonha em casar ao ar livre terá inúmeras opções de praia. Já quem prefere uma cerimônia mais tradicional conta com o charme da icônica Igrejinha do Quadrado. CLIMA Para quem decide casar na praia, o clima é sempre uma preocupação. A boa notícia é que, em Trancoso, o sol forte é presente quase o ano todo. "Na verdade, só temos um mês e meio de inverno, que costuma ser fim de maio e...
Leia mais

Casamento no Insólito Hotel: Fran Mackay + Marcio Bogoricin

Quando conheceu Marcio Bogoricin, em Hong Kong, a neozelandesa Fran Mackay nem imaginou que a história daria em casamento. "Eu estava terminando o meu MBA lá e o Marcio estava em um intercâmbio do MBA dele. Ele entrou na sala de aula, sentou ao meu lado e nós começamos a conversar", conta a noiva. Quando completaram três anos de namoro, Marcio fez o pedido de casamento com a incrível paisagem do Rio de Janeiro como pano de fundo. "O Marcio organizou um passeio de helicóptero pelo Rio e, na volta, me pediu em casamento! Eu não conseguia ouvi-lo por causa do barulho do helicóptero, mas eu vi o anel e entendi o que estava acontecendo", se diverte Fran. Os preparativos duraram um ano e, para os noivos, o maior desafio foi conciliar os diferentes conceitos de casamento no Brasil e na Nova Zelândia. "Havia algumas coisas que eu achava muito importantes e o Marcio não, e vice-versa", justifica. No entanto, os dois concordavam que a prioridade era proporcionar a melhor experiência possível aos 220 convidados - a maioria vinda de fora do País. Para isso, o cenário escolhido foi o Insólito Boutique Hotel, em Búzios. "Queríamos casar na praia e ter um final de semana inteiro para curtir com nossos amigos e familiares. Também não queríamos que fosse longe do Rio de Janeiro, para que o acesso fosse fácil para os nossos convidados brasileiros. O Insólito tinha o tamanho perfeito para o nosso casamento, e é um lugar realmente especial!", elogia. Os noivos queriam que a decoração tivesse uma pegada tropical e representasse  bem o Rio de Janeiro. "Por isso, usamos muitas plantas e flores nativas do Brasil. Eu não gosto de rosas, então apostamos em muitas folhagens verdes e...
Leia mais

Casamento no Museu Histórico Nacional: Karina Lerner + Lucas Fernandes

A história de Karina Lerner e Lucas Fernandes começou com o casamento de dois grandes amigos. "Nos conhecemos melhor no chá bar de uma grande amiga minha e um grande amigo dele. Nós dois seríamos padrinhos desse casal e já sabíamos que entraríamos juntos na Igreja. O pedido de namoro aconteceu no dia do casamento, um mês depois do nosso primeiro beijo", relembra Karina. Menos de um ano depois, Lucas fez o pedido de casamento. "Fizemos uma viagem para a Ásia e o último destino foi Dubai. O Lucas comprou o anel da Cartier lá, ligou para os meus pais e fez o pedido durante um jantar no Burj Al Arab", conta. Karina e Lucas fizeram questão de aproveitar a "fase noivos". Por isso, os preparativos duraram um ano e três meses e tiveram assessoria de Thaïs de Carvalho Dias. Para receber os 800 convidados, o casal escolheu o Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. "Como não queríamos casar na Igreja, optamos por fazer tudo no Museu. A cerimônia foi em um pátio, e a festa aconteceu no pátio ao lado". Inspirada na floresta amazônica, a decoração teve paleta de cores vibrante, com tons de rosa, verde, amarelo e roxo. "Queria muitas bromélias, orquídeas das mais variadas espécies, lírios e muito verde", explica. O menu do casamento teve assinatura de Ecila Antunes. "Servimos buffet americano com ilhas gastronômicas espalhadas pela festa. Foie gras, caviar, pata negra e trouxinha de queijo brie foram os destaques do cardápio. Também tivemos lanchinhos da madrugada, com opções como mini-hamburger e milkshake, que fizeram muito sucesso!", elogia Karina. A Help Bar cuidou do bar do casamento e, além dos drinks tradicionais, comandou também uma estação de whisky - a bebida favorita do noivo. Para fazer o vestido de noiva, Karina veio para São Paulo e visitou diversos estilistas. "Pesquisei...
Leia mais

Casamento em Alagoas: Maria Teresa Fornea + Guilherme Caron

Em outubro de 2016, publicamos o casamento de Ramona e Mauricio, que foi o primeiro realizado na Capela dos Milagres, em Alagoas. E hoje, compartilhamos os detalhes do "sim" de Maria Teresa Fornea e Guilherme Caron, que também aconteceu lá. "Milagres é um lugar lindo! Queríamos casar lá desde que conhecemos o lugar,  no nosso primeiro ano novo juntos, de 2010 para 2011", explica Maria Teresa. Foram oito meses intensos de preparativos, e a assessoria ficou por conta da She Said Jazz. "Optei por estar à frente das negociações, mas sempre com as meninas da She Said Jazz me aconselhando e ajudando", comenta Maria Teresa. O maior desafio da organização foi a logística. "Milagres é um lugar longe e tudo tem que sair de Maceió. Não dá para ver de perto tudo o que estamos contratando, e isso dá uma certa insegurança. Mas, no final, deu tudo certo e todos arrasaram!", comemora. A cerimônia aconteceu às 16h30, para que o "sim" tivesse o pôr do sol como cenário (apesar de ser um espaço fechado, a Capela dos Milagres conta com amplas janelas, que oferecem uma linda vista!). A festa para 230 convidados aconteceu ao ar livre, no espaço ao lado da Igreja. "É uma facilidade e tanto, já que os convidados não precisam se preocupar com a locomoção. E, como o lugar é bem em frente à praia, é claro que a festa acabou na beira do mar!", conta. Para desenhar o vestido de noiva, Maria Teresa convocou Helo Rocha. O resultado foi um um modelo com bordados botânicos e transparência na saia. Véu de tule point d'esprit, penteado meio-preso despojado e brincos de Carol Bassi complementaram o look da noiva. Maria Teresa queria um "casamento de praia com 'cara de praia'". Por isso, fez questão de flores...
Leia mais

Casamento em Tiradentes: Laura Carvalho + Marcelo Rocha

Marcelo Rocha é um dos melhores amigos do primo de Laura Carvalho, e foi assim que eles se conheceram. "Foi em junho de 2008, em uma festa de aniversário do meu primo!", explica a noiva. Foram oito anos de namoro até o casamento, e o pedido aconteceu em grande estilo! "Em 2016, eu fui fazer um mestrado em Milão e, quando o Marcelo foi me visitar, fizemos uma viagem linda pela Toscana. E foi onde ele fez o pedido: tirou o violino da mala (ele toca desde pequeno!) e tocou Isn't she lovely, do Stevie Wonder, que acabou fazendo parte da nossa cerimônia", conta. Assim que voltou de Milão, Laura iniciou os preparativos da festa, que duraram cerca de um ano. A noiva sempre sonhou em casar em um jardim, em uma cerimônia de dia. E o cenário escolhido para o "sim" foi a charmosa cidade de Tiradentes, em Minas Gerais. "Nós sempre amamos ir para lá e, em uma das vezes em que fomos, ficamos hospedados na Villa Paolucci. Desde a primeira vez que vi o espaço, soube que casaria ali! Quando ficamos noivos, nem quis olhar outro lugar", explica. E para aproveitar ao máximo a luz natural, os noivos optaram por realizar a cerimônia bem cedo, às 14h. Para a decoração, Laura queria romance e delicadeza. "Sempre quis usar lavandas na festa, e elas foram um dos destaques do projeto. Na paleta de cores, o lilás da lavanda, o verde das folhas com tons como rosa chá, amarelo e azul clarinhos. Não queria aqueles arranjos clássicos, enormes e altos, então o conceito teve lindas floreiras, que desciam pelas mesas. E no coreto, onde estava a mesa de doces, um teto todo florido. Parecia um sonho!", comenta. Como estava morando em...
Leia mais

Casamento na Villa Jockey: Ana Beatriz Libertini + Danilo Finardi

Foi por pouco que Ana Beatriz Libertini e Danilo Finardi não se conheceram. "Nos conhecemos em uma balada na Vila Madalena. Eu estava muito cansada, mas, como era aniversário de uma das minhas melhores amigas, fui mesmo assim. Ele estava com lá com alguns amigos e, desde que cheguei, já prestamos atenção um no outro", conta Ana Beatriz. Os dois namoraram por dois anos e meio, e o pedido de casamento aconteceu quando completaram um ano juntos. "Ele me convidou para ir no Terraço Itália e, antes mesmo de chegar lá, eu quis dar o meu presente. Então, ele me deu um  brinco e uma pulseira. Depois do jantar, ele disse que iria me dar mais um presente e, enquanto esperávamos pela sobremesa, ele pegou o celular e me mostrou um vídeo que fez com todas as nossas fotos. Fomos para o hotel e, quando chegamos, fui direto para a cama. Aí ele deitou ao meu lado e eu disse 'estou te amando tanto que, se você me pedisse em casamento, eu aceitava'. E, em seguida, ele me mostrou a aliança de noivado que estava segurando!", relembra. Ana Beatriz sempre soube que, quando casasse, o cenário seria a Igreja Nossa Senhora do Brasil. "Foi onde meus pais se casaram e lá tem uma estrutura tão linda, que quase não precisa de decoração", explica. Para a festa, o casal escolheu a Villa Jockey, que tem um significado especial para a noiva. "Meu avô tinha cavalos de corrida, e sempre levava meus irmãos, primos e eu para assistir aos páreos no Jockey. Além disso, eu nunca quis um salão todo fechado e a lá tem uma das vistas mais bonitas da...
Leia mais

Casamento ao ar livre: Maíra Rodrigues + Bruno Calvano

Quando se conheceram no casamento de um amigo em comum, Maíra Rodrigues e Bruno Calvano não imaginavam que a história dos dois também renderia um "sim" especial! "No final de 2014, minha irmã gêmea, Angélica, foi convidada para o casamento de um amigo. Faltando pouco menos de duas horas para a cerimônia, o noivo dela teve um contratempo e não pôde ir. Ela me ligou em cima da hora, pedindo companhia, mas eu não estava em casa e não tinha roupas adequadas comigo. Demos um jeito e, na festa, conheci o Bruno. Trocamos telefones aquele dia e começamos a conversar até marcarmos um encontro. E, depois do primeiro beijo, nunca mais nos desgrudamos!", relembra Maíra. Em fevereiro do ano seguinte, Maíra e Bruno estavam namorando. E, alguns meses depois, já dividiam a mesma casa. "Nunca houve um pedido de casamento oficial. Quando estávamos juntos há pouco mais de um ano, decidimos que queríamos celebrar a nova fase", explica. No entanto, na semana do casamento, Bruno decidiu surpreender a noiva com um presente especial. "Ele comprou o anel e, quando acordei no Dia dos Namorados, ele veio com a Lena, nossa cachorrinha, no colo, segurando a caixinha, e fez o pedido!", conta.   Maíra queria que o casamento fosse uma festa despojada, em um lugar acolhedor e que fosse a cara do Rio de Janeiro. "Encontrei tudo isso no Solar Real, um casarão antigo com uma vista de tirar o fôlego. Além disso, fica em Santa Teresa, um dos bairros que eu e o Bruno adoramos por unir beleza e simplicidade", justifica a noiva. Para assinar a decoração, o casal não teve dúvidas e escolheu Renata Paraíso. "Depois de conhecer o...
Leia mais