Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra - São Paulo

Tags

Posts encontrados com a tag casamento na praia

Navegue como ou

20 vestidos de noiva para casar na praia

Os casamentos na praia nunca estiveram tão em alta! E para quem vai dizer o "sim" com o pé na areia ou vista para o mar, sempre vale apostar em saias esvoaçantes, pele à mostra e/ou renda. Ao contrário do que muitos pensam, os bordados também têm vez, mas em tons clarinhos (mais para dar textura) ou com brilho prateado fosco, bem boho. Para inspirar quem vai casar na praia, fizemos uma seleção com 20 vestidos de noiva, para agradar diferentes estilos! Vem ver: Se tem um lugar que combina com vestido de noiva cropped é praia! Todo rendado, o modelo de Yolan Cris para Casamarela foi a escolha de Ana Urquiza (publicamos o casamento dela aqui!): Mais uma opção com top cropped, o vestido Reem Acra tem aplicações de renda: O vestido Grace loves lace é um dos mais "pinados" do Pinterest! A saia esvoaçante tem fendas, deixando mais um pouco de renda à mostra: As alças finas também têm tudo a ver com praia! As fendas dão movimento e leveza ao vestido de Gabriela (publicamos o casamento dela aqui!), assinado por Maria Mendes, que também conta com aplicações de renda e madrepérolas. As fendas por toda a saia reforçam o efeito esvoaçante do vestido de Patricia Bonaparte: O vestido Wanda Borges une a fluidez da mousseline ao romantismo da renda. Com transparência e decote, o modelo deixa bastante pele à mostra: A cor champanhe do vestido Roberto Cavalli combina com a pele bronzeada de praia. Destaque para as "caudas" desde as alças, que dispensam o véu: Assinado por Nanna Martinez, da Whitehall Atelier, o vestido romântico de renda combina o ar etéreo das manguinhas à cauda de mousseline: O vestido de Lourdinha Noyama valoriza a silhueta, e o forro nude destaca a renda renascença: A fluidez da saia do vestido Anna Campbell (representada no Brasil pela Casamarela) faz um contraponto com a blusa com bordados e aplicações em prata: O modelo da extinta...
Leia mais

Decoração com cara de casa para casamento de frente para o mar

Apaixonados por praia e natureza, os noivos deste casamento na praia queriam uma decoração com cara de casa. A Cenográphia, responsável por decoração e flores, desenvolveu um projeto encantador, bem como o casal queria. Dois cuidados importantes foram o ponto de partida do decorador Bruno Zani: a diferença cultural dos convidados (os noivos vivem em Nova York e diversas nações estariam presente), e o conforto e aconchego, já que muitos destes viajariam horas até chegar. A cerimônia aconteceu de forma intimista e no meio da festa. Dois enormes lounges delimitaram o caminho da nave, e o piso elevado do altar, posteriormente, funcionou como pista de dança suspensa e de frente para a praia (um convite para apreciar o pôr-do-sol de camarote). Para não perder a bela arquitetura da casa, a Cenográphia apostou em evidenciá-la para garantir ainda mais o clima de casa que os noivos tanto queriam. A mesa de doces e de bem-casados, bem como alguns lugares de jantar para os mais reservados, foram posicionadas nos salões sociais da residência. No formato jardim de doces, cores fortes e alegres marcaram os grandes e volumosos arranjos. Orquídeas coloridas, lírios, groselha, dinheiro em penca, aspargos e eucaliptos são algumas das espécies utilizadas. Os móveis da Festah e as peças e enfeites seguiram as linhas rústicas da arquitetura da propriedade. E os tapetes alugados na by Kamy arrematavam os espaços. A integração da parte interna com a externa se fez através de uma varanda, cujo teto foi totalmente revestido por heras e mini luzinhas. A inspiração aqui veio do bar do hotel Hudson, em Nova York, um dos favoritos...
Leia mais

Casamento em Trancoso: Daniella Alvarenga + Kevin Maloy

Daniella Alvarenga conheceu Kevin Maloy quando foi estudar na Inglaterra, em 2010. "Uma amiga nos apresentou por e-mail, mas demoramos para nos conhecer pessoalmente. Já tinha desistido, quando ele me ligou, se desculpando pela ausência e me convidando para um almoço. Durante a conversa, eu disse que estava mudando de casa e, coincidentemente, a flatmate dele estava saindo de lá. Então, ele me ofereceu o quarto dela. Moramos juntos por mais de um ano e ficamos muito próximos, mas nunca tivemos nada", conta. Daniella voltou ao Brasil e, então, os dois perceberam que o que tinham era mais do que amizade. "Vinte e um dia depois, ele estava em Belo Horizonte. Tivemos uma conversa sobre os nossos sentimentos e decidimos arriscar um namoro a distância", explica. Em 2013, Kevin se mudou para BH e foi quando os dois voltaram a morar juntos - mas, desta vez, como casal! O pedido de casamento aconteceu durante uma viagem romântica a Bruges, na Bélgica. "Estávamos andando pela cidade, o dia estava lindo, a cidade vazia. Aí ele perguntou se havia algo faltando. Quando me virei para responder, o vi ajoelhado. Na hora, perguntei se ele estava se sentindo bem, não estava entendendo. Foi quando ele perguntou 'will you marry me?'. Começamos a chorar e a rir sem parar!", relembra. Daniella e Kevin decidiram fazer apenas um casamento intimista (para menos de 100 pessoas), em vez uma festa para cada família. "Nunca tive o sonho de me casar na Igreja, vestida de branco. A princípio, pensamos em Portugal, pela língua, para brasileiros, e pela proximidade, para os estrangeiros. Mas não tínhamos um vínculo emocional. Foi quando o Kevin sugeriu a Bahia, onde sempre passávamos as férias", explica. Os preparativos...
Leia mais

10 convites com azul para casamento na praia

Como o azul é bem popular quando se trata de casamentos na praia, decidimos reunir algumas opções com a cor para inspirar os noivos! Vale apostar em qualquer tom - do mais clarinho ao mais escuro - ou até mesmo na mistura deles. Também não há restrições quando o assunto é o estilo do convite: versátil e democrático, o azul combina tanto com o clássico, quanto com o mais despojado! Em azul escuro com caligrafia em prata, o convite da Petit Souvenir segue o estilo clássico. Detalhe para as conchinhas no laço do envelope: O mar serve de inspiração para o efeito degradê aquarelado: O convite da Lollalice tem ilustrações florais em rosa claro e branco, contrastando com o azul de fundo: O azul emoldura o convite da Just Bee Design e também compõe a ilustração: Para um casamento em São Miguel dos Milagres, Bia Coutinho se inspirou na paisagem do local para a ilustração em aquarela: Susana Fujita apostou em ilustrações florais em tons de azul, com toques tropicais: Mais um convite da Just Bee Design, também inspirado na paisagem: Camila Golin apostou no estilo navy para a papelaria de um casamento na praia: A Conto de Noiva investiu em envelope, fonte e estampa em azul. O nó de marinheiro, selando o convite, reforça o ar praiano: O abacaxi dá um ar divertido e tropical ao convite, contrastando com a delicadeza do azul em tons pastel: (Fotos: Reprodução) Veja mais: 12 convites para casamento na praia E também: 20 convites...
Leia mais

Casamento na praia: Marcella Uehara + João Roberto Conde​

Marcella Uehara e João Roberto Conde se conheceram ainda na adolescência. "Quando nos conhecemos, eu namorava, mas todo mundo falava que eu era a versão feminina dele. Ficamos em agosto de 2006 e, três meses depois, começamos a namorar. Tínhamos 18 anos!", conta a noiva. Os dois já falavam sobre casamento e, como João não fazia questão do noivado, os preparativos começaram antes de qualquer coisa. "Sempre quisemos uma festa na praia. Então, comecei a fazer pesquisas no litoral norte e encontrei a Rafaela Perez, da Casar no Paraíso. Ela foi uma fofa e fez um roteiro de lugares para conhecermos", relembra Marcella. Mas o pedido de casamento aconteceu e, claro, pegou a futura noiva de surpresa! "Fizemos uma reserva em um restaurante em Camburi, mas não por um motivo especial, só para uma noite agradável mesmo. Mas era tarde e eu queria desistir da reserva, mas ele insistiu - até achei estranho. Ao sair do carro, percebi que havia um quadrado no bolso dele, e ele tentando esconder com a mão. Aí, comecei a suspeitar. Pedimos um vinho e, na hora de brindar, ele disse 'vamos brindar por outro motivo hoje. Você quer ser para sempre a minha mulher?'", relembra. Após o noivado oficial, foram 11 meses de preparativos. Para 250 convidados, o casamento aconteceu em Toque Toque Pequeno. A cerimônia foi ao ar livre e com direito a por do sol. Para a decoração, assinada por MBacellar, Marcella não queria nada muito temático. "A combinação entre verde e branco foi a minha maior referência. Na verdade, foi quase um casamento estilo campestre, com pegada mais rústica e toque tropical", explica. Marcella sabia exatamente como o era o vestido de noiva ideal. Mas, como não o encontrou pronto,...
Leia mais

Casamento na praia: Francine Muraro + Alex Vasconcellos

Dá para acreditar que a história de Francine Muraro e Alex Vasconcellos começou há quase 17 anos? "Nos conhecemos na faculdade e nosso namoro sempre foi marcado pela distância, já que eu sou da Serra Gaúcha e ele, da fronteira de Porto Alegre. Então, durante nove anos, nos dividimos entre os dois lugares. Em 2010, mudei para o Rio de Janeiro e passamos a nos ver a cada 15 dias. Dois anos depois, o Alex foi aprovado em um concurso público e foi transferido para Brasília e, depois, para o Rio Grande do Sul, o que dificultava ainda mais nossos encontros. Em 2015, ele voltou para Porto Alegre, facilitando nossas vidas. Então, o casamento foi essencial para realmente começarmos a viver juntos", conta a noiva. O pedido de casamento foi surpresa e seguiu o estilo tradicional. "Ele inventou que haveria uma degustação em um restaurante que tinha contratado um novo chef. Com isso, conseguiu reunir as duas famílias sem que ninguém desconfiasse. Lá, ele fez o pedido (de joelhos!) e noivamos", relembra. Francine e Alex tiveram um ano para organizar o casamento, e escolheram Búzios como cenário. "Penso que a vida é feita de ciclos e que, uma vez fechados, ele não se abrem mais. Como voltaria a morar no Sul, casar em Búzios seria uma forma de agradecer minha estada no Rio e fechar essa etapa com chave de ouro", explica Francine. A decoração teve assinatura de Renata Paraíso, que atendeu a todos os pedidos da noiva. "Queria que meus convidados se sentissem em casa. Fazia questão de muitas espécies de flores, com tons de rosa, uva, azul e verde. Imaginei um clima romântico, que combinasse com um casamento na praia".  O vestido de noiva foi...
Leia mais

Casamento em Búzios: Graciane Schwanck + João Gustavo Salarini

Graciane Schwanck e João Gustavo Salarini se conheceram durante as aulas de Crossfit, e estavam juntos há apenas cinco meses quando aconteceu o pedido de casamento. "Foi em Paris, durante um picnic debaixo da Torre Eiffel", conta Graciane. Com pouco menos de um ano para os preparativos, o casal queria que o casamento fosse em um lugar onde pudessem reunir a família e os amigos durante um fim de semana. Por isso, escolheram dizer o "sim" em Búzios. "Imaginamos algo com a nossa cara, despojado, simples e aconchegante", explica a noiva. O vestido de noiva teve assinatura da Martu e foi amor à primeira vista. "Escolhi três modelos da Martu e chamei minha mãe para me ajudar. Mas já tinha um que havia me conquistado, pois era o que deixava mais à vontade para curtir a festa o tempo todo!", explica. O modelo tinha aplicações de mini-pérolas e saia com babados verticais. O cabelo foi preso em trança lateral com tiara. A decoração teve toques rústicos, com móveis de vime e bambu e sousplats de rattan. Em verde e branco, o projeto floral teve espécies como rosas, suculentas, gypsophilas, samambaias, cactos. Fotos: Alexandre Retchman | Assessoria: Raquel Abdu | Espaço e buffet: Villa Rasa Marina | Decoração: Renata Stabile | Bolo: Raphs Patisserie | Vestido de noiva: Martu | Cabelo e maquiagem: Euler de...
Leia mais

Guia de casamento em Ilhabela: o que você precisa saber e opções de fornecedores

Destino querido dos casais de São Paulo e região, a Ilhabela reúne boas facilidades para um destination wedding: proximidade de uma capital, um cenário maravilhoso, bons espaços de festas, serviços de qualidade e infraestrutura para receber os convidados durante a estadia. E assim como qualquer destino tem suas peculiaridades, recomendações e restrições, a Ilhabela também tem as suas. Com ajuda dos melhores fornecedores da região, montamos um especial com tudo que você precisa saber para um casamento em Ilhabela. Vem ver: POR QUE CASAR EM ILHABELA?  A apenas 200 km de São Paulo, Ilhabela é uma ótima opção para quem quer um casamento na praia, mas próximo à cidade. E a boa notícia é que, atualmente, o local está 100% preparado para receber grandes festas. "Além de contar com muitos fornecedores de casamento, a Ilhabela tem ótimas opções de hospedagem, restaurantes, cafés, lojas, bares e, claro, praias", explica Rafaela Perez. Para os noivos que estão pensando em casar na Ilhabela, mas não conhecem a região e precisam de ajuda com cada detalhe, a Rafaela Perez é uma das assessora mais experientes. Nome por trás da Casar no Paraíso, ela cresceu por lá, conhece cada detalhe, fornecedor e peculiaridade, bem como os possíveis imprevistos e a melhor solução para cada um. CLIMA O clima é sempre motivo apreensão para os noivos que casam na praia e, por isso, ter um plano B é imprescindível. "O projeto de decoração precisa prever uma solução para caso de chuva e mau tempo. E esse plano B precisa ser perfeito para que a festa não seja prejudicada!", explica a decoradora Mara...
Leia mais

Decoração de casamento ao ar livre no Txai

Os noivos deste casamento, que aconteceu ao ar livre no Txai Resort Itacaré, queriam que a festa na praia tivesse um toque urbano. Por isso, a Cenográphia evitou o rústico e as flores tropicais, mas manteve a "cara de casa", que é sua marca registrada. O altar foi montado à beira-mar e decorado com um arco de folhagens, que também compuseram a nave. Como o conforto dos convidados era a prioridade dos noivos, a Cenográphia construiu um deck de madeira, para que pudessem chegar ao espaço da cerimônia sem pisar na areia. Para aliviar o calor, os convidados receberam charmosos leques, feitos de folhas naturais. Tons como roxo, rosa, terracota e verde compuseram a paleta de cores da festa. Para evitar o excesso de rusticidade, a Cenográphia apostou em castiçais em ferro e vidro e sousplats laqueados. Os lounges foram os responsáveis pelo clima de festa em casa. À noite, velas suspensas e luzinhas deixaram a decoração ainda mais charmosa! A mesa de doces era redonda e os docinhos foram dispostos em volta de folhagens plantadas. As velas complementaram a decoração, deixando o ambiente mais aconchegante. Fotos: Luciana Cattani | Assessoria: Vivi Farah | Espaço e buffet: Txai Resort Itacaré | Decoração e flores: Cenográphia | Móveis: Festah | Tapetes: By Kamy | Som: MB...
Leia mais

Casamento em Búzios: Buanna Rosa + Daniel Boechat

Buanna Rosa e Daniel Boechat estudaram na mesma escola, mas só foram apresentados formalmente anos depois. "Como ele é um ano mais velho, existia um 'muro' que nos separava naquela época. Mas, no mesmo dia que nos conhecemos de verdade, nos beijamos pela primeira e não nos largamos mais", relembra Buanna. Os dois namoraram por sete anos e o pedido de casamento foi a realização não de um, mas de dois sonhos! "Sempre sonhei em voar de balão! Então, o Dani e alguns amigos inventaram uma super história e me colocaram vendada dentro de um balão. Quando já estávamos voando, tiraram a minha venda, e o Dani estava ajoelhado, com uma caixinha de anel. Foi lindo e mágico! Não sabia se chorava, olhava a vista, abraçava ele ou tudo junto", conta. Os noivos decidiram casar em Búzios, mas, na verdade, esse "detalhe" foi decidido muito antes do pedido oficial. "Em novembro de 2014, fomos para Búzios e decidimos visitar alguns espaços. Quando chegamos na Pousada da Tartaruga, amamos e falamos para o responsável pelo lugar que queríamos casar lá em 2016. Eles nos informaram de que, para o primeiro semestre, como queríamos, só tínhamos a partir de junho. Na hora, decidimos segurar a data", explica. Mas, no final, tudo ocorreu conforme o planejado! Os preparativos duraram um ano e meio e o casamento aconteceu às 11h de um domingo. "A proposta era criar um clima de almoço de domingo à beira-mar. Então, não teríamos jogo de luzes e muitas velas. Eu queria flores de cores vivas, que transparecessem a nossa essência vibrante", explica. Desde muito nova, Buanna guardava...
Leia mais