Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Quantidade de bebidas para a festa de casamento

Recebemos muitas perguntas sobre a quantidade ideal de bebidas para a festa, por isso recorremos a quem entende do assunto para responder com propriedade. Convidamos a Liv Bebidas, empresa líder no fornecimento de bebidas finas no Rio de Janeiro, para tirar algumas dúvidas:

Como calcular a quantidade ideal de bebidas para a festa?

O número de convidados é o fator mais importante para o cálculo de bebidas. Mas há outros pontos para se levar em consideração, como as bebidas que seus convidados mais gostam, duração da festa, o horário do casamento (o consumo pode variar se o casamento for durante dia ou à noite) e a idade média dos convidados (se tem muitos jovens, a quantidade de bebidas, provavelmente, será maior).

Cálculo básico de bebidas por convidado:

– Espumante: 1 garrafa para cada 3 convidados (lembrando que, quando o espumante é de melhor qualidade, o consumo é maior) – Vinho tinto: 1 garrafa para cada 10 convidados – Whisky: 1 garrafa para 10 convidados – Vodka: 1 garrafa para cada 10 convidados (o cálculo de vodka é o mais influenciado pela faixa etária dos convidados, pois jovens costumam beber mais, e sem levar em conta o bar de caipirinha)

*A Liv Bebidas disponibilizou um simulador para facilitar esse cálculo em seu site oficial.

Como funciona o sistema de consignação de bebidas e quais as vantagens?

O sistema de consignação permite que se leve uma quantidade extra de bebidas (como um “margem de segurança”) para garantir que não falte nada na festa, caso os convidados se animem mais que o esperado. A vantagem é que as bebidas não geladas e/ou sem seus lacres violados podem ser devolvidas sem custo, evitando prejuízos.

O consumo de bebida varia de acordo com a estação do ano?

No inverno, o consumo de vinho tinto costuma ser maior, mas isso vai depender muito da região do Brasil e de suas tradições (nos estados do Nordeste, por exemplo, o consumo costuma ser menor que em Minas Gerais em qualquer época do ano). No verão, o consumo de espumante aumenta, mas não influencia de forma significativa no cálculo de bebidas.

Duas sugestões de bons espumantes para substituir o champanhe:

– Prosecco Italiano Foss Marai Brut: proveniente de Valdobbiadene (região produtora dos melhores proseccos do mundo), está entre os melhores proseccos italianos no Brasil.

– Casa Valduga 130 anos: eleito o melhor espumante brasileiro de 2011, ele evolui dentro da garrafa por pelo menos 3 anos nas caves da vinícola Casa Valduga para depois ser comercializado.

23 Comentários

  1. Ana Flávia 15 de agosto de 2012

    Mas…..e a cerveja? e o chopp?? Nunca fui em nenhum casamento que não servissem tais bebidas, e se no meu faltar, o pessoal reclama até não poder mais.

  2. Andréia Santos 15 de agosto de 2012

    Ana Flávia,concordo com você.No meu casamento mesmopode faltar qualquer bebida,menos a cerveja

  3. Elisa 16 de agosto de 2012

    Dicas ótimas, mas ficou faltando a cerveja! O noivo e meu pai tem um treco se nao tiver (ainda mais que vai estar quente!).
    Também acho que faltou opcoes mais em conta pros espumantes. O casa Valduga é ótimo (fiz tour e degustacao e foi muito legal, queria ficar morando lá no porao com as garrafas!), mas tb temos outros produtos nacionais de ótima qualidade custando menos da metade!

  4. lilia 17 de agosto de 2012

    e se na festa só tiver refrigerante como posso calcular para não faltar?

  5. Caline 17 de agosto de 2012

    Dicas ótimas!!! Gente, cerveja não combina com casamento!!! Ok, brincadeira… Acho que tem que servir o que os noivos e convidados gostam, se é cerveja, que seja!!! Mas não acho legal você fazer uma festa super formal, a noite, muita decoração e etc e colocar cerveja…acho que para tudo tem sua hora e a hora da cerveja é em ocasiões informais. Quando colocamos o vinho tinto e o espumante essa conta continua a mesma? bjs

    • Tateles 24 de Fevereiro de 2015

      Nunca fui a um casamento por mais top que fosse sem cerveja.
      Vc vive em outro mundo.

    • Jana 16 de novembro de 2015

      Sinto muito, mas no meu casamento a única bebida alcóolica a ser servida, será cerveja. Uma, que eu e meu noivo amamos. Nossos amigos amam. Nossas famílias amam… E eu nunca fui a um casamento em que não fosse servido cerveja… E será a única bebida a ser servida, em função de custos e mais ainda em função de que há pessoas que misturam e aí…. Mas cadê o cálculo do chopp? Da cervea ja tenho, preciso calcular o chopp para ver o que compensa mais…

  6. Guilherme Menin 17 de agosto de 2012

    Bom dia!!!

    É sempre bom uma conversa antes, para termos mais detalhes sobre a festa, os noivos e principalmente sobre os convidados.

    O fornecimento de bebidas para uma festa de casamento é muito peculiar, a Liv Bebidas tem a consciência disso, além de uma grande experiência nesse tipo de evento. Não é simplesmente vender, existe a preocupação para que não falte nada, e mesmo se faltar existe um plantão 24 horas.

    O importante é ter a garantia do fornecimento sério, com procedência, para que a noiva, os familiares, os convidados e todos os profissionais envolvidos no evento tenham a segurança e tranquilidade de saber que existe bebida suficiente e um telefone disponível em caso de uma emergência.

    Caso haja algum caso específico e dúvidas, me coloco a disposição para ajudar.

    Obrigado,

    Guilherme Menin (Liv Bebidas)

  7. Ricardo Cunha 27 de novembro de 2012

    Fiquei incumbido de cuidar da bebida no meu casamento, vai ser a coisa mais importante que eu vou fazer, e ao entrar nesse site, fiquei extremamente frustrado de não ter a opção de quantidade de cerveja por pessoa. Espero que melhorem, pq pelo que percebi pela opinião das colegas é que essa é a bebida mais importante de todas. Abraços.

  8. Julia 5 de Janeiro de 2013

    É triste ver um site tão legal ser tomado por esses publiposts escondidos. Se o intuito fosse realmente informar, seriam mostradas as demais possibilidades…como a própria cerveja.

  9. Caroline 29 de Abril de 2013

    O cálculo de bebida tem que representar a quantidade de bebida necessária para uma recepção de qualidade.
    Quem define o tipo de bebida que combina com os convidados são os noivos.
    Quanto menos frescura melhor!
    Não se deixe influenciar pelo mercado de noivas, faça o casamento com a sua cara e tenho certeza que será maravilhoso!
    Ab.

  10. Flavia 21 de agosto de 2013

    Poxa gente, acredito q deram as dicas das bebidas mais difíceis de serem calculadas…
    cerveja a maioria bebe, então a maioria já sabe que a quantidade é elevada!
    Povo cri cri… reclamam de tudo!
    usem o que tem aí como dica… o que não tem, procure em outro site! :p

  11. BIANCA 21 de agosto de 2013

    Constance, cadê o cálculo de cerveja?
    Outra dúvida, por que é mais difícil comprar cerveja consignada.
    Outra dúvida, nem todo convidado bebe todas as bebidas. Se a pessoa começa com prosecco dificilmente ela troca para vinho tinto ou whisky no meio da noite…

    Como se faz esse cálculo?
    Melhora esse post, por favor, e oferece umas opções de prosecco mais baratas, ou pelo menos cite os preços dos produtos que você indica…

  12. Victoria 21 de agosto de 2013

    No meu casamento optei por servir à mesa e pro-ativamente vinho tinto, champanhe, coquetéis, água e refrigerante. E tinha um bar especializado em vários tipos de caipirinha.

    A cerveja estava disponível para quem pedisse, mas optei por uma questão pessoal (não gosto de cerveja assim como o noivo tb não gostava) em não oferecer. Mas estava ali se fosse solicitado já que é uma bebida com adeptos.

    Eu fiquei satisfeita com a estratégia e funcionou super bem. Até porque queríamos dar destaque para o vinho tinto que foi a primeira produção comercial da minha família. Fizemos um rótulo especial para o casamento com a minha assinatura e no verso a história dos vinhedos. Os convidados adoraram e não sentiram falta da cerveja! Teve gente querendo comprar garrafas sem rótulo para fazer o mesmo. Foi bem legal.

    Mas é uma decisão pessoal. Moro no Sul, o casamento foi no início de setembro (friozinho) e os convidados estavam na faixa etária dos 30-40 anos e todos são fã da bebida de baco.

    Na minha formatura fazia um calor de 40º em pleno janeiro e ofereci somente champanhe muito gelado! Os convidados chegaram, receberam a bebida e já não queriam outra coisa. Foi outro sucesso! Não sobrou 1 garrafa para contar história e acabou por ser mais em conta também. É outra opção.

    A festa tem que refletir o gosto dos noivos. Não existe nada mais deselegante do que não ser você mesmo. Ou seja, se gostas de cerveja tenha cerveja e se não gostas não tenha! Simples assim! A gente é que complica…

  13. Nayara 21 de agosto de 2013

    Adorei as dicas!
    Mas achei os preços das sugestões um pouco salgadas.
    Alguém tem alguma dica de espumante bom e com preço razoável para servir?
    É tão difícil decidir…
    Obrigada

  14. Carolina 22 de agosto de 2013

    Olá! Trabalho em um Buffet em SP e de repente posso ajudar com o cálculo de cerveja.
    Em geral, quando os noivos fazem questão de servir cerveja, sugerimos que a cerveja fique no bar pois seu serviço não é tão elegante e também acontece muito desperdício caso passe volante. Pode ficar quente e sem gás senão tiver muita saída.
    Enfim, nesse caso calcula-se 2 latas por pessoa SEMPRE levando em conta o perfil do público, quantos tipos de bebidas serão servidas e o número de convidados da festa.
    Se decidirem servir a cerveja volante e a vontade o melhor é calcular 3 latas por pessoa.
    Espero ter ajudado.
    Carol

  15. Breno 22 de agosto de 2013

    O post ficou bem legal, mas como algumas pessoas comentaram ficou faltando informações sobre a cerveja, refrigerante, suco e água. Daí sim, ficaria completo.

  16. Luana 24 de agosto de 2013

    A cerveja normalmente fica por conta do buffet, então eles já sabem a quantidade necessária. Essas bebida citadas no post são por conta dos noivos, ai sim a necessidade de saber a quantidade para facilitar na compra. Estou organizando meu casamento e adorei o posto. Só achei muito 1 espumante pra cada 3 pessoas. Já fui em vários casamentos e não gasta isso tudo, na minha opinião.

  17. Alessandra 6 de Março de 2014

    Em relação ao espumante, qual tamanho da garrafa calculada (quantos ml) ?

  18. caroline 30 de julho de 2014

    meu casamento será para 220 pessoas. Para calcular whisky devo dividir a quantidade total por 10? Seriam 22 garrafas? Achei demias… Não é todo mundo que bebe isso… Será que 12 garrafas nao seriam suficientes?

  19. Taywana 5 de agosto de 2014

    Adorei o post! Estou comprando minhas bebidas no Duty Free e armazenando até o casamento (novembro de 2015).

    Minha dúvida é sobre a conservação, principalmente dos espumantes, pois ainda falta muito para o casório.

  20. Lidiane 10 de agosto de 2014

    Gostaria muito de saber quantos litros de refrigerantes e de suco devo comprar para 170 pessoas ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *