Depois de uma temporada fora do Brasil, Lucas Borchardt voltou ao País e se tornou DJ residente do Bagatelle. A curadoria musical no restaurante fez tanto sucesso, que os noivos começaram a requisitá-lo para tocar em seus casamentos!

Tudo começou em 2006, quando Lucas passou a se dedicar às pick-ups. Aos 18, já era headliner de grandes clubes, como a Pacha e o Café de la Musique. Hoje, com 10 anos de carreira e experiência internacional, o DJ se destaca pelo mix de estilos musicais. “Consigo misturar vários estilos em um, o que hoje é chamado de Open Format. E como trabalho em festas grandes e baladas, gosto muito de usar elementos mais modernos para as músicas tradicionais, agradando diferente faixas etárias”, explica.

Os destination weddings são a especialidade de Lucas, que já levou suas pick-ups para casamentos em Mykonos, Ibiza, Miami, entre outros. O DJ recomenda que os casais o procurem com pelo menos seis  meses de antecedência. E para que os noivos entendam exatamente como funciona o serviço, o DJ os convida para uma noite no Bagatelle. “Eu começo a tocar às 21h, enquanto as pessoas estão jantando. Depois, vem um som um pouco mais animado, definido como pré-balada. Por fim, começa a balada propriamente dita! E esta dinâmica pode ser considerada como uma amostra do casamento, pois tem as mesmas etapas!”, explica.