Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Entrevistas

Navegue como ou

CZ Backstage: conhecendo os espaços de casamento do Clube Monte Líbano

Hoje tem episódio novo do CZ Backstage (inscrevam-se lá no nosso canal do YouTube)! E, desta vez, fomos conhecer a estrutura para casamentos do Clube Monte Líbano. Conversamos com Dora Nunes, gerente de eventos do local, que nos mostrou os 3 salões de eventos do clube - todos com espaços verdes anexos. Além do Salão Nobre, o mais famoso do clube, que é para festas para mais de mil convidados, há ainda opções para casamentos pequenos. E também há espaços para a realização da cerimônia no próprio local. Durante a nossa visita, havia dois casamentos em montagem e um deles pudemos mostrar pronto, ao fim do vídeo. Além disso, fomos recebidos pelo chef Laurent Suaudeau, que assina a gastronomia de eventos do Clube Monte Líbano. Vem ver: https://youtu.be/9WxbJ93RvqA Vídeo: Produtora...
Leia mais

Bate-papo sobre papelaria de casamento com a Just Bee Design

Com mais de 20 anos no mercado, a Just Bee Design começou no Rio de Janeiro e ganhou o mundo com seus convites e papelaria de casamento. O extremo bom gosto de Bettina Haegler e Heleni Primo, nomes por trás da empresa, se tornou a marca registrada delas. Para conhecer um pouco mais do trabalho da Just Bee Design, e pegar boas dicas em papelaria de casamento para os noivos, conversamos com a dupla. Dentre os temas do bate-papo, criatividade, técnicas, materiais e qualidade dos acabamentos. Dá uma olhada: - Como tudo começou? Nos conhecemos há 20 anos. Eu trabalhava como designer, fazendo identidade visual corporativa. Bettina, com a sua Just Bee, fazendo cartões sociais e convites personalizados. Trabalhamos juntas em um projeto de Natal para um cliente nosso. Acho que foi amor à primeira vista, nossas ideias se complementaram. Começamos a fazer alguns trabalhos em parceria e em pouco tempo já nos tornamos sócias. Assim nasceu a Just Bee Design. - Como entrou para o mercado de casamentos? Estamos no mercado de casamento, desde o inicio, mas não só no mercado de casamento, mas sim no mercado de papelaria de uma forma geral. As coisas foram acontecendo, fomos crescendo aos poucos, ganhando credibilidade. Hoje estamos fazendo convite de casamento para clientes que fizemos o convite de Batizado!   - Como você define o estilo da Just Bee Design? Clássico com um toque de contemporaneidade. Como conseguimos isso? Misturando técnicas tradicionais e consagradas a técnicas modernas, tudo com muito critério para não ficar over. - Quais os produtos que vocês oferecem para casamentos?...
Leia mais

Bate-papo sobre joias de casamento com Flavia Vetorasso Siarra

Com 15 anos de mercado, Flavia Vetorasso Siarra se consagrou no mercado de joias longe dos holofotes. Entre suas clientes, Ivete Sangalo, Helena Bordon e Thassia Naves são as que circulam com frequência com suas criações. No mundo bridal, Flavia faz sucesso com seus solitários de diamantes e alianças de casamento. Para pegar boas dicas para as noivas e saber um pouco mais do seu trabalho, batemos um longo e divertido papo com Flavia. Vem ver: - Como tudo começou? Começou no curso de designer de interiores, quando eu tinha 19 anos. Sempre desenhei e fui fã de acessórios e adornos decorativos. Ainda durante a faculdade, fui trabalhar em uma joalheira, e senti muita falta de joias personalizadas, desenhadas especialmente para os clientes. Foi aí que comecei a desenhar peças exclusivas e que combinassem com o vestido e a ocasião de cada noiva e convidada. Dois anos depois, contratei um ourives para executar meus desenhos e não parei mais. Nem parece que já se passaram 15 anos. - Uma de suas marcas registradas são as pedras preciosas poderosas. Sempre foi uma paixão ou é um pedido das clientes? Sempre gostei. E quando surgia uma oportunidade, comprava sem nem saber o que eu ia fazer. Com elas em mãos, apresentava para as noivas e mães de noivas e desenhava em cima daquelas gemas. - O que é importante saber antes de produzir uma peça exclusiva? A primeira coisa que sempre busco é a personalidade da noiva. Não adianta querer fazer um brinco de cascata para uma menina doce e delicada. Nem...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Fábio Borgatto e Telma Hayashi

Fábio Borgatto e Telma Hayashi encantam com suas decorações românticas, que se tornaram verdadeiras referências para casamentos no campo. E como os noivos buscam cada vez mais dizer o "sim" fora da cidade, decidimos pegar algumas dicas com a dupla! Durante o bate-papo, falamos sobre tendências, paletas de cores, projeto floral, desafios de cerimônias ao ar livre... vem ver! - Como tudo começou? Desde pequeno, sou apaixonado por flores e por noivas. Minha primeira memória é a de ir a casamentos e sentar na primeira fileira de bancos para ver a noiva e o bouquet. Mas nossa história no mercado de casamentos começou um pouco depois... Eu sou formado em Biologia e a Telma é formada em Engenharia agronômica. Nos conhecemos em 1997, na USP de Piracicaba, quando fazíamos pós-graduação na área de fisiologia e bioquímica de plantas. Um dia, uma amiga nossa comentou que outra amiga iria casar e não tinha muita verba para a decoração. Como nós morríamos de vontade de trabalhar com flores e casamento, fomos apresentados para essa noiva, que topou! Nunca tínhamos feito nada, não tínhamos experiência, e eu lembro que todo o dinheiro que ela nos pagou (que não era muito) foi usado para as flores. Então, nós fizemos a decoração da Igreja e da festa e contratamos um fotógrafo, também amigo nosso, para registrar tudo. Ele fez uma foto super bonita da nave e, a partir dela, começaram a surgir mais casamentos. Nós terminamos o mestrado, mas nos dedicamos totalmente à decoração de casamento. - Quais são as principais inspirações de vocês? Primeiro de...
Leia mais

Bate-papo sobre mobiliário de casamento com a Chiavari

Há 6 anos no mercado de festas, a Chiavari começou sua história com o casamento de uma das sócias, Marianna Laufente. A falta de boas opções na região serrana do Rio de Janeiro e a paixão por peças de qualidade e materiais nobres a fez comprar todos os itens da própria decoração. Após o evento, Marianna e a irmã Juliana encontraram no lindo acervo que construíram um mercado fértil na região. E depois de todo esse tempo, a empresa continua com o mesmo carinho na escolha de suas peças, além de contar com oficina própria para o desenvolvimento de peças personalizadas e exclusivas para casamentos. Para conhecer mais do trabalho delas, batemos um longo papo, em que deram boas dicas para os noivos: - Como tudo começou? Tudo começou em 2011, ano do casamento da Marianna, sócia da Chiavari. Na época, optamos por adquirir a linha de móveis que faria a composição da decoração ao invés de trazê-la de outra cidade. Logo após o casamento, montamos o nosso site e demos o start na empresa. - Hoje, o que a Chiavari oferece aos noivos? Como é o acervo de vocês? Hoje a empresa cresceu, não temos mais só os móveis do casamento da minha irmã, mas sim um acervo bem grande e diversificado para atender casamentos de todos os estilos, do clássico ao rústico. Nosso acervo está em constante mudança, pois adoramos fazer pesquisas em viagens para trazer tendências e peças importadas. Um ponto importante do nosso trabalho é o cuidado que temos de dar aos móveis a característica atemporal. - Vocês atendem...
Leia mais

Bate-papo sobre peças e louças de casamento com a Casa das Festas

Não é à toa que a Casa das Festas já está no mercado de casamentos há mais de 70 anos! Com um enorme acervo de peças e louças, a empresa atende todos os estilos e tamanhos de casamento e está sempre de olho nas tendências e novidades. Além de dicas práticas, Paulo Thomé e Daniela Dias fizeram questão de deixar claro que as noivas podem (e devem!) escolher exatamente o que querem para o grande dia! - Como tudo começou? Paulo: A minha família é descendente de árabes, e meu pai e um tio meu sempre trabalharam com buffet para festas. Eles atendiam a comunidade síria e faziam um serviço bem certinho. Naquela época, eles sentiam muitas dificuldades de montar o próprio acervo para realizar os eventos. E foi a partir daí que o negócio foi evoluindo para, em 1943, surgir a Casa das Festas. Convivemos coma atividade de buffet até os anos 1970, mas, depois, mantivemos o foco no aluguel de material para eventos. De fato, foi uma aventura no início. Em uma época em que todo mundo tinha sua prataria e louça, você criar uma empresa de aluguel de peças e propor que as pessoas comam em pratos e talheres alugados? Que coisa esquisita! Mas deu certo e, cada vez mais, estamos aprimorando a nossa atividade. Hoje em dia, a Casa das Festas não é mais um negócio familiar. Toco a empresa com nossa equipe e a Daniela, que é meu braço direito e me ajuda na parte comercial, na introdução de produtos novos e na divulgação na mídia e redes sociais. Mas mantivemos a...
Leia mais

Bate-papo sobre assessoria de casamento com Hora do Buquê

Juliana e Rodrigo Monso vêm despontando no mercado de casamentos. A dupla de assessores por trás da empresa Hora do Buquê começou a organizar casamentos após ter sucesso em sua própria união. A expertise, organização e busca constante por especializações e atualizações já garantiram a Juliana e Rodrigo dezenas de casamentos bem sucedidos em seu histórico de 5 anos. Nesse bate-papo, Juliana e Rodrigo falam sobre a importância da assessoria de casamento e dão algumas dicas para uma festa de sucesso. - Como tudo começou? Tudo começou meio que sem querer. Logo após retornarmos de lua de mel, uma amiga que tinha ficado noiva, me pediu ajuda com a planilha de budget do casamento e algumas outras dicas. Adorei a ideia de ajudar nos preparativos, pois poderia reviver momentos únicos. Comecei nos horários de folga, mas em pouco tempo percebi que havia encontrado algo que eu realmente amava fazer. Esta amiga insistiu para que eu fizesse oficialmente a assessoria do casamento dela e eu topei. O volume de noivas foi aumentando, até o momento que percebi que precisava definir se entraria de cabeça neste novo mundo, que eu amava, ou continuaria numa carreira já consolidada. O amor falou mais alto e resolvi me jogar. Foi quando chamei o Rô, meu marido, para ser meu sócio. Identificamos que poderíamos criar algo diferente, com atendimento focado nos noivos e não somente na noiva. E assim nasceu a Hora do Buquê. - Você e o Rodrigo atuam sempre juntos? Como dividem as tarefas? No dia a dia nos dividimos de acordo com as...
Leia mais

Bate-papo sobre iluminação e som de casamento com a Truly Som e Luz

A iluminação do casamento é capaz de transformar o espaço, além de valorizar o projeto de decoração. Já o som mantém o ambiente agradável aos convidados e é um dos segredos para uma pista de dança animada e confortável. É por isso que Caio Marcondes e Daniel Brandão, da Truly Som e Luz, fazem questão de ressaltar o quanto é importante os noivos se envolverem também com essa parte do casamento! No nosso bate-papo, eles "traduzem" alguns termos técnicos e dão dicas para que os casais evitarem erros comuns. - Como tudo começou? Somos amigos de infância, e sempre tivemos ideias e criações juntos, que, com o passar do tempo, foram tomando proporções maiores. Morei em Londres por quatro anos e, quando voltei, o Caio estava trabalhando em uma agência de publicidade na parte de planejamento estratégico. Unimos nossos conhecimentos e contatos para criar a Truly. - Como vocês entraram para o mercado de casamentos? O foco inicial da empresa já era o mercado de casamentos. A sede da empresa sempre foi em São Paulo, mas, como fomos praticamente criados em Ilhabela, utilizamos nosso conhecimento e facilidades locais para explorar o mercado de casamentos que estava tomando uma enorme proporção no litoral. Identificamos uma demanda de serviços de som e iluminação que não estava sendo suprida a nível dos eventos que ali estavam sendo realizados. Com essa ascensão, grandes profissionais da capital começaram a prestar serviços por lá e tivemos a oportunidade de mostrar nosso trabalho. Com isso, muitas portas se abriram também no mercado da capital e, rapidamente, estávamos com uma agenda bem preenchida entre interior, capital e litoral. - Quais serviços...
Leia mais

Bate-papo sobre bar de casamento com a Brother's Bar

Com 11 anos de estrada, a Brother’s Bar é um dos principais nomes quando se fala em bar de casamento. Sob o comando de André Lisot e Maurício Moser, a empresa tem um excelente serviço de coquetelaria para a festa, e, ainda, uma importadora para solucionar todos os demais itens que envolvem as bebidas do casamento. Para saber como tudo começou e como montar o bar de casamento perfeito, conversamos com Maurício, que deu boas dicas para os noivos. Vem ver: - Como começou? A Brother’s Bar começou em 2005 atendendo festas particulares em domicílio. Nessa época, o André, que é meu sócio, percebeu que o mercado era carente de um bom e completo atendimento para eventos maiores. Ele é formado em administração de empresas e em eventos. Eu era biólogo, dava aulas, e vim parar na Brother’s enquanto esperava meu mestrado ser aprovado na Itália. Tomei gosto pela coquetelaria, por estudar os sabores e desisti da viagem. - E como foram parar no mercado de casamentos? Acabou sendo natural. Essas famílias e amigos que contratavam a gente para fazer as festas em suas casas começaram a nos chamar para comandar o bar de seus casamentos. Isso era 2008, época em que os casamentos começaram a ter, pelo menos, um bar de caipirinhas. Até então não era tão comum os casamentos terem bares de coquetéis. Então, acabou que a Brother’s começou no mercado de casamentos ao mesmo tempo que outras empresas com mais tempo de estrada. - Qual a grande mudança do bar de casamento que você vê nesses 11 anos? Muitas mudanças. Durante anos,...
Leia mais

Bate-papo sobre flores de casamento com Lucia Milan

Com quase 20 anos de carreira, a florista Lucia Milan é uma das pessoas mais chiques que a gente conhece. Toda vez que a encontramos temos uma aula de bom gosto e cultura! Antenada e sempre de malas prontas, ela não para e traz de diferentes lugares do mundo ensinamentos e técnicas para seus projetos florais, sempre respeitando a natureza e a sustentabilidade – sua filosofia de vida e trabalho. Para saber mais sobre o seu modo de trabalho e pegar boas dicas para as noivas, batemos um longo papo com ela. Vem ver: - Como tudo começou? Comecei ao lado da minha mãe Aparecida Helena, que é uma grande florista, há uns 20 anos. Abrimos um atelier floral que atendia ao público final e eventos. Há mais ou menos oito anos, decidi seguir carreira solo. Foi aí que nasceu a Lucia Milan Flores. - E o que mudou com sua carreira solo? Houve uma grande mudança minha enquanto artista e empreendedora. Deixei de lado o volume para focar em clientes que tinham algo a ver com minha filosofia de vida e trabalho, que é mais orgânica, sustentável. Passei a não querer apenas vender flores, mas sim criar memórias nos casais. Quero que eles olhem uma flor e lembrem de cada momento aqui no atelier, do casamento, que criem uma intimidade com as flores (caso ainda não tenham). Hoje posso dizer que encontrei meu caminho. A maioria dos noivos que me contratam chegam até mim por conta desta forma de trabalhar, deste cuidado e respeito com a natureza. - Como este estilo orgânico...
Leia mais

Bate-papo sobre vídeo de casamento com Guilherme Coelho

Descobrimos o trabalho de Guilherme Coelho com o casamento de Greisse Panazzolo. Na época, o vídeo nos chamou a atenção por ter uma linguagem super diferente, que nos lembrou os clipes de música americanos. Desde então, acompanhamos de perto o trabalho dele, que, com o casamento de Gabriela Pugliesi, ganhou ainda mais destaque! À frente da Rabbit Films, Guilherme prioriza sempre o que é espontâneo e natural. E, com imagens lindas e edição impecável, o resultado não poderia ser outro: filmes deliciosos de assistir, que misturam o moderno com o romântico! Fizemos uma entrevista super legal com o film maker, que deu ótimas dicas sobre vídeos de casamento! - Como tudo começou? Comecei no ramo de eventos como bartender, em 2008. Depois, me tornei auxiliar de fotógrafo e também comecei a fazer mini-filmes de festas pelo Brasil. Esses filmes acabaram tomando todo meu tempo e, por isso, larguei a fotografia e me dediquei aos vídeos. Em seguida, um amigo me sugeriu deixar as festas e entrar no mercado de casamentos. Fui um caminho sem volta!rs - E como você se consolidou no mercado de casamentos? Foi por indicação mesmo. Algumas pessoas da área gostaram muito da minha visão e investiram nela. Para ter uma ideia, com meu primeiro filme, fechei quase 30 contratos, sem nem ter site! - O que inspirou você a fazer vídeos de casamento? Sempre gostei muito de toda a produção dos filmes. Mas o que realmente me motivou é que, como nunca fui um apaixonado por casamentos, comecei a fazer filmes com ideias que eu gostava, fugindo um pouco do padrão, e muita gente se identificou com isso! Hoje, meus vídeos são conhecidos exatamente por...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Patricia Vaks

Para Patricia Vaks, qualidade é sempre mais importante do que quantidade. Mas, se existe algo que, para ela, nunca é demais é a criatividade. A decoradora entrou para o mercado de festas por acaso, quando decidiu assinar o projeto do próprio casamento. E hoje, 10 anos depois, é reconhecida pelas decorações originais, que sempre contam com elementos inovadores! Cheia de ideias para surpreender os convidados, Patricia fala sobre inspirações, luxo em casamento, detalhes que fazem a diferença e dá dicas imperdíveis para as noivas. - Como tudo começou? Comecei com a produção do meu próprio casamento. Quando comecei a pesquisar decoradores que estivessem dentro do meu budget, percebi que nenhum se encaixava no que eu queria. Eu olhava muitas revistas, tinha muitas referências e acabei me apaixonando por um casamento do Vic Meirelles. A partir daí, criei a planta baixa, elaborei os arranjos de flores, pensei na iluminação e apresentei tudo isso para o Roberto Cohen, que foi meu cerimonialista. Ele olhou para o projeto e disse "muito legal, mas você vai deixar o decorador mudar?". Eu disse que não e ele me aconselhou a fazer a minha própria decoração. Como eu sou designer e, na época, trabalhava em uma agência de publicidade, fiz a identidade visual da festa e também o convite. E foi assim que decidi encarar esse desafio. Foi o Cohen quem me indicou todos os profissionais, com quem marquei reuniões e expliquei a situação. Eles não entenderam nada a princípio - uma noiva passando as informações da decoração? Rs... Mas deu tudo certo! A equipe do Cohen fez toda a montagem e eu fiquei só dando pitaco! Depois disso, me encantei pelo...
Leia mais

Bate-papo sobre fotografia de casamento com Fernanda Scuracchio

Com 17 anos de carreira, Fernanda Scuracchio começou a fotografar ainda na era analógica, no qual o exercício de pensar no melhor momento para não errar tecnicamente era fundamental. E esse olhar super treinado é o que a torna uma das fotógrafa mais requisitadas de São Paulo. Hoje, com uma equipe exclusiva e equipamentos de última geração, Fernanda desbrava o Brasil e inúmeros destination weddings com suas lentes. Para saber mais do seu trabalho, os momentos mais importantes e que não pode faltar no álbum de fotos batemos um longo papo com Fernanda. Dá uma olhada nas dicas que ela deu: - Como tudo começou? Me conte um pouquinho da sua formação e background. Conclui a faculdade de Publicidade em 1999, e na época, fotografia era uma das disciplinas. Foi quando descobri a minha paixão. Estudei, fiz cursos (me formei em fotografia no Senac de Ribeirão Preto), e comecei a investir em equipamentos. - O que te inspirou a fazer fotos de casamentos e seguir neste mercado? Há 17 anos, mais ou menos, uma amiga estava precisando de uma ajuda e me chamou para fotografar um casamento com ela. Expliquei que não tinha a menor experiência, mas fui. Ela acabou gostando muito do resultado, e eu me encantei com a experiência, achei emocionante registrar a felicidade das pessoas. - O que você acha que mudou ao longo dos anos na fotografia de casamento? Muita coisa mudou, principalmente os equipamentos. Sou da geração do analógico, em que fotografávamos com filme 35mm, e não víamos o resultado na hora. Dessa forma, o...
Leia mais

Bate-papo sobre buffet de casamentos com Arroz de Festa

Comida de família, feita por família e para famílias. Estas são as bases do Buffet Arroz de Festa, que em 2017 completa 20 anos de história e de sucessos em casamentos. História esta que começou com seu Horácio, em 1989, antes mesmo do buffet existir. Hoje a empresa cresceu, ele não trabalha mais sozinho e a direção passou para a mão do filho, o chef Alexandre Cymes. Foi com ele que conversamos e pegamos boas dicas para as noivas na hora de escolherem o buffet do casamento. Vem ver: - como tudo começou? Sou da segunda geração do Arroz de Festa. Meu pai foi quem criou tudo por aqui, minha irmã (Adriana Cymes) já trabalhou com a gente, mas hoje quem toca o negócio sou eu. A história na verdade começou antes mesmo do nome surgir. Meu pai tinha um restaurante em Campos do Jordão, mas foi no retorno a São Paulo, em 1991, que o buffet começou a se desenhar. Por conhecer muita gente, ele começou a fazer pequenos eventos, reuniões e festas de Natal na casa desses amigos. Como sempre estava nas datas mais importantes, as famílias começaram a chamá-lo para fazer os noivados, chás e casamentos. Em 1996,er ele fundou o Arroz de Festa como uma empresa estruturada e com equipe para grandes eventos. - O que você vê de mudanças nestes 20 anos? Há 20 anos existiam poucas pessoas inovando e dois ou três bons fornecedores de cada segmento. Foi a partir de 2000 que começaram a surgir muitas empresas. O formato dos casamentos mudou bastante. Naquela...
Leia mais

Bate-papo sobre vídeo de casamento com Cristiano Ferrari

Com uma linguagem moderna, Cristiano Ferrari se destaca no mercado de casamentos com filmes que apresentam uma edição clean, sem exageros, e com alta tecnologia. Formado em Rádio e TV, Cristiano tem no currículo mais de 20 anos de trabalhos no cinema, documentários premiados, além dos casamentos. Para entender o que torna um vídeo de casamento único e pegar boas dicas para as noivas, o visitamos em sua produtora para um longo bate-papo. Dá uma olhada: - Como tudo começou? Me formei em Rádio e TV pela FAAP e comecei trabalhando com filmes publicitários voltados para televisão e cinema. No percurso, acabei fazendo o casamento de um fotógrafo que tinha um nome expressivo no mercado wedding e depois da irmã dele, o que me abriu muitas portas. Na época, pouco mais de 20 anos atrás, não havia muitos profissionais que ofereciam um vídeo com um olhar mais criativo e diferenciado. O que existia eram grandes empresas clássicas de vídeo e foto. Me lembro de ser um dos primeiros a fazer making of de casamento, e usar DVD no lugar de fita cassete. E até hoje, muitos dos meus clientes são pessoas ligadas à comunicação. E não só pessoas famosas, mas sim que entendem do que estão contratando. Fiz o casamento do Roberto Justus, dos filhos dele, do Willem Van Weerelt, diretor do Programa do Jô, do Roberto Marinho Filho, dono da Rede Globo... Me sinto orgulho de ter este público como cliente, e ver que eles não só gostaram do meu trabalho, como também me contratam para filmar dos demais familiares. - Quais serviços...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Flávia Fonseca Moraes

Formada em arquitetura, Flávia Fonseca Moraes sempre foi apaixonada pela dinâmica dos eventos sociais e do espetáculo. E depois de comandar por diversos anos desfiles de moda e peças de teatro, surgiu sua primeira decoração de casamento. A paixão foi tanta, que já se passaram nove anos e ela continua falando sobre seus projetos como se fossem os primeiros. Por conta de sua formação técnica e paixão por etiqueta, Flavia hoje desponta com decorações bem executadas. E da experiência dos palcos, Flavia aprendeu que o estético só tem sentido se o casamento for funcional. Para saber mais do que ela entende como essencial e ideal para uma decoração de casamento, batemos um longo papo com Flávia, que deu boas dicas para as noivas. Vem ver: - Como tudo começou? Cenografia faz parte da minha formação acadêmica, era uma matéria no curso de Arquitetura da FAAP. Ainda estagiária de arquitetura de interiores, meu primeiro trabalho foi com Roberto Migotto, e ficava torcendo para participar das montagens da Casa Cor, Mostra Artefacto... Meu primeiro contato com cenografia de eventos foi nos desfiles do SPFW. A magnitude da logística dos eventos de grande porte é de enlouquecer, foram quatro temporadas de muito aprendizado! - Como você foi parar no mercado de casamentos? Fui a uma entrevista de emprego em um escritório de arquitetura, e chegando lá a vaga era para o departamento de eventos. Minha resposta foi: "... não sabia, mas estou interessada rs!” Depois, abri meu próprio escritório de arquitetura de eventos, mesmo achando que um dia talvez voltasse para arquitetura de interiores. Fui para...
Leia mais

Bate-papo sobre bolos e bem-casados com o Casal Garcia

Em 1990, o então executivo Carlos Garcia começou a confeitar as tortas finas que a esposa, Rosangela, fazia para vender. Aos poucos, o hobby se transformou em um negócio de família, começando a história da Casal Garcia. Atualmente, Carlos e Rosangela comandam a empresa ao lado dos três filhos, Tiago, Fernanda e Marcelo. A especialidade da casa são os bolos decorados e os bem-casados, que ganharam uma infinidade de sabores. Em bate-papo com o site, Marcelo Garcia contou um pouco mais sobre a história da Casal Garcia, além de novidades e tendências do mercado! - Como tudo começou? Começamos há 27 anos, em 1990, fazendo tortas finas. E em 2003, passamos a fazer bolos decorados. - Como é a responsabilidade de comandar uma empresa de família?  A responsabilidade é grande, pois temos que manter a tradição das receitas e o mesmo cuidado que nossos pais sempre tiveram com nossos clientes e parceiros. Não podemos perder nossa identidade, a que nos fez chegar até aqui! - Quais as funções de cada um na empresa? Somos todos sócios. Carlos é o confeiteiro-chefe, Rosângela é a diretora de produção e qualidade, Fernanda é a diretora comercial, Marcelo é diretor de marketing e Tiago é o diretor financeiro e de operações. - Quais são as tendências em bolos de casamento para 2017? As principais tendências são os semi naked cake com flores de açúcar e os bolos decorados com bastante flores e detalhes em bico.  - Qual o sabor de bolo mais pedido do Casal Garcia? Creme de ovos, nozes e damasco. - Qual o sabor de bem-casado mais pedido do Casal Garcia? Doce de leite com creme de ovos...
Leia mais

Bate-papo sobre alianças e anel de noivado com Pedro Yossef

Formado em design de produtos, com especialização em joias, Pedro Yossef se tornou especialista em alianças e anel de noivado. O joalheiro nos recebeu em seu novo atelier/oficina, em São Paulo, para um bate-papo inspirador, cheio de dicas para os noivos e uma sessão de fotos de cada etapa de seu trabalho, que é todo manual e feito por ele mesmo. Em cada peça, Pedro gosta de transformar a história do casal em joias. Vem ver o que ele nos contou e mostrou: - Como tudo começou? Desde pequeno sou apaixonado por trabalhos manuais. Quando criança, adorava montar aeromodelismo e carrinho de controle remoto. Em todos os meus aniversários eu pedia ferramentas para o meu pai. Com 10 anos ganhei uma bancada de marceneiro, o que só aumentou o desejo de criar tudo manualmente. Aprendi a fazer tricot, crochê, tudo para desenvolver ao máximo minha coordenação motora e minhas habilidades. Na faculdade de design de produtos, amigos e professores me diziam que eu tinha talento para a joalheria. Depois de estagiar e aprender muito sobre ourivesaria, técnicas antigas e novas, decidi que este era o meu caminho. - E como você foi parar no mercado de casamento? Amigos começaram a me pedir anéis de noivado e alianças. Foi daí que conheci a Samara, da S-Cards, que gostou do meu trabalho e me deu aquele empurrãozinho para entrar no mercado de casamentos. Desenhei minha primeira coleção de alianças e graças a Deus e às redes sociais fiz muito sucesso. Desde então, nunca mais parei. - Qual é seu maior diferencial? Acho que...
Leia mais