Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Entrevistas

Navegue como ou

Bate-papo sobre decoração de casamento com Fábio Borgatto e Telma Hayashi

Fábio Borgatto e Telma Hayashi encantam com suas decorações românticas, que se tornaram verdadeiras referências para casamentos no campo. E como os noivos buscam cada vez mais dizer o "sim" fora da cidade, decidimos pegar algumas dicas com a dupla! Durante o bate-papo, falamos sobre tendências, paletas de cores, projeto floral, desafios de cerimônias ao ar livre... vem ver! - Como tudo começou? Desde pequeno, sou apaixonado por flores e por noivas. Minha primeira memória é a de ir a casamentos e sentar na primeira fileira de bancos para ver a noiva e o bouquet. Mas nossa história no mercado de casamentos começou um pouco depois... Eu sou formado em Biologia e a Telma é formada em Engenharia agronômica. Nos conhecemos em 1997, na USP de Piracicaba, quando fazíamos pós-graduação na área de fisiologia e bioquímica de plantas. Um dia, uma amiga nossa comentou que outra amiga iria casar e não tinha muita verba para a decoração. Como nós morríamos de vontade de trabalhar com flores e casamento, fomos apresentados para essa noiva, que topou! Nunca tínhamos feito nada, não tínhamos experiência, e eu lembro que todo o dinheiro que ela nos pagou (que não era muito) foi usado para as flores. Então, nós fizemos a decoração da Igreja e da festa e contratamos um fotógrafo, também amigo nosso, para registrar tudo. Ele fez uma foto super bonita da nave e, a partir dela, começaram a surgir mais casamentos. Nós terminamos o mestrado, mas nos dedicamos totalmente à decoração de casamento. - Quais são as principais inspirações de vocês? Primeiro de...
Leia mais

Bate-papo sobre buffet de casamento com Rojo Gastronomia

2017 é um ano muito importante para Vinicius Rojo, que completa 10 anos no mercado de casamentos à frente da cozinha da Rojo Gastronomia. O chef é conhecido por sua irreverência e ousadia nos cardápios e, principalmente, pelas apresentações modernas – herança do mercado de tecnologia, onde Vinicius trabalhava antes de descobrir sua verdadeira paixão. E para celebrar a data e pegar boas dicas para os noivos que ainda não escolheram o buffet do casamento, batemos um papo com ele. Dá um olhada: - Como tudo começou? Trabalhava no mercado de tecnologia quando, em 2003, decidi me aventurar pelo mundo da culinária. Comecei com um café, que logo depois virou um catering e evoluiu para cozinha profissional e de eventos. Tudo isso, claro, foi uma evolução natural de tudo que estudei e dos meus intercâmbios para aprender com os melhores. Não acredito que em perfeição sem técnica, sem aprendizado e muito treino. - Você é conhecido pelo nível de exigência em finalização e acabamento dos pratos. De onde veio essa paixão?  Acredito que a comida quando é bonita fica ainda mais gostosa. Minha mãe é artista plástica, então cresci entendo e aprendendo sobre estética com ela. E estudar formas interessantes de apresentar o cardápio me anima bastante. Lá fora, já passei pelas cozinhas de Arzak, Paco Roncero e, em 2012, Andrea Tumbarello, o rei da trufa. Aqui no Brasil tive o prazer de estar na cozinha de Alex Atala e Murakami. - O que não pode faltar em um menu básico para você? Em um menu básico, trabalho sempre...
Leia mais

Bate-papo sobre mobiliário de casamento com a Chiavari

Há 6 anos no mercado de festas, a Chiavari começou sua história com o casamento de uma das sócias, Marianna Laufente. A falta de boas opções na região serrana do Rio de Janeiro e a paixão por peças de qualidade e materiais nobres a fez comprar todos os itens da própria decoração. Após o evento, Marianna e a irmã Juliana encontraram no lindo acervo que construíram um mercado fértil na região. E depois de todo esse tempo, a empresa continua com o mesmo carinho na escolha de suas peças, além de contar com oficina própria para o desenvolvimento de peças personalizadas e exclusivas para casamentos. Para conhecer mais do trabalho delas, batemos um longo papo, em que deram boas dicas para os noivos: - Como tudo começou? Tudo começou em 2011, ano do casamento da Marianna, sócia da Chiavari. Na época, optamos por adquirir a linha de móveis que faria a composição da decoração ao invés de trazê-la de outra cidade. Logo após o casamento, montamos o nosso site e demos o start na empresa. - Hoje, o que a Chiavari oferece aos noivos? Como é o acervo de vocês? Hoje a empresa cresceu, não temos mais só os móveis do casamento da minha irmã, mas sim um acervo bem grande e diversificado para atender casamentos de todos os estilos, do clássico ao rústico. Nosso acervo está em constante mudança, pois adoramos fazer pesquisas em viagens para trazer tendências e peças importadas. Um ponto importante do nosso trabalho é o cuidado que temos de dar aos móveis a característica atemporal. - Vocês atendem...
Leia mais

Bate-papo sobre peças e louças de casamento com a Casa das Festas

Não é à toa que a Casa das Festas já está no mercado de casamentos há mais de 70 anos! Com um enorme acervo de peças e louças, a empresa atende todos os estilos e tamanhos de casamento e está sempre de olho nas tendências e novidades. Além de dicas práticas, Paulo Thomé e Daniela Dias fizeram questão de deixar claro que as noivas podem (e devem!) escolher exatamente o que querem para o grande dia! - Como tudo começou? Paulo: A minha família é descendente de árabes, e meu pai e um tio meu sempre trabalharam com buffet para festas. Eles atendiam a comunidade síria e faziam um serviço bem certinho. Naquela época, eles sentiam muitas dificuldades de montar o próprio acervo para realizar os eventos. E foi a partir daí que o negócio foi evoluindo para, em 1943, surgir a Casa das Festas. Convivemos coma atividade de buffet até os anos 1970, mas, depois, mantivemos o foco no aluguel de material para eventos. De fato, foi uma aventura no início. Em uma época em que todo mundo tinha sua prataria e louça, você criar uma empresa de aluguel de peças e propor que as pessoas comam em pratos e talheres alugados? Que coisa esquisita! Mas deu certo e, cada vez mais, estamos aprimorando a nossa atividade. Hoje em dia, a Casa das Festas não é mais um negócio familiar. Toco a empresa com nossa equipe e a Daniela, que é meu braço direito e me ajuda na parte comercial, na introdução de produtos novos e na divulgação na mídia e redes sociais. Mas mantivemos a...
Leia mais

Bate-papo sobre assessoria de casamento com Hora do Buquê

Juliana e Rodrigo Monso vêm despontando no mercado de casamentos. A dupla de assessores por trás da empresa Hora do Buquê começou a organizar casamentos após ter sucesso em sua própria união. A expertise, organização e busca constante por especializações e atualizações já garantiram a Juliana e Rodrigo dezenas de casamentos bem sucedidos em seu histórico de 5 anos. Nesse bate-papo, Juliana e Rodrigo falam sobre a importância da assessoria de casamento e dão algumas dicas para uma festa de sucesso. - Como tudo começou? Tudo começou meio que sem querer. Logo após retornarmos de lua de mel, uma amiga que tinha ficado noiva, me pediu ajuda com a planilha de budget do casamento e algumas outras dicas. Adorei a ideia de ajudar nos preparativos, pois poderia reviver momentos únicos. Comecei nos horários de folga, mas em pouco tempo percebi que havia encontrado algo que eu realmente amava fazer. Esta amiga insistiu para que eu fizesse oficialmente a assessoria do casamento dela e eu topei. O volume de noivas foi aumentando, até o momento que percebi que precisava definir se entraria de cabeça neste novo mundo, que eu amava, ou continuaria numa carreira já consolidada. O amor falou mais alto e resolvi me jogar. Foi quando chamei o Rô, meu marido, para ser meu sócio. Identificamos que poderíamos criar algo diferente, com atendimento focado nos noivos e não somente na noiva. E assim nasceu a Hora do Buquê. - Você e o Rodrigo atuam sempre juntos? Como dividem as tarefas? No dia a dia nos dividimos de acordo com as...
Leia mais

Bate-papo sobre iluminação e som de casamento com a Truly Som e Luz

A iluminação do casamento é capaz de transformar o espaço, além de valorizar o projeto de decoração. Já o som mantém o ambiente agradável aos convidados e é um dos segredos para uma pista de dança animada e confortável. É por isso que Caio Marcondes e Daniel Brandão, da Truly Som e Luz, fazem questão de ressaltar o quanto é importante os noivos se envolverem também com essa parte do casamento! No nosso bate-papo, eles "traduzem" alguns termos técnicos e dão dicas para que os casais evitarem erros comuns. - Como tudo começou? Somos amigos de infância, e sempre tivemos ideias e criações juntos, que, com o passar do tempo, foram tomando proporções maiores. Morei em Londres por quatro anos e, quando voltei, o Caio estava trabalhando em uma agência de publicidade na parte de planejamento estratégico. Unimos nossos conhecimentos e contatos para criar a Truly. - Como vocês entraram para o mercado de casamentos? O foco inicial da empresa já era o mercado de casamentos. A sede da empresa sempre foi em São Paulo, mas, como fomos praticamente criados em Ilhabela, utilizamos nosso conhecimento e facilidades locais para explorar o mercado de casamentos que estava tomando uma enorme proporção no litoral. Identificamos uma demanda de serviços de som e iluminação que não estava sendo suprida a nível dos eventos que ali estavam sendo realizados. Com essa ascensão, grandes profissionais da capital começaram a prestar serviços por lá e tivemos a oportunidade de mostrar nosso trabalho. Com isso, muitas portas se abriram também no mercado da capital e, rapidamente, estávamos com uma agenda bem preenchida entre interior, capital e litoral. - Quais serviços...
Leia mais

Bate-papo sobre bar de casamento com a Brother's Bar

Com 11 anos de estrada, a Brother’s Bar é um dos principais nomes quando se fala em bar de casamento. Sob o comando de André Lisot e Maurício Moser, a empresa tem um excelente serviço de coquetelaria para a festa, e, ainda, uma importadora para solucionar todos os demais itens que envolvem as bebidas do casamento. Para saber como tudo começou e como montar o bar de casamento perfeito, conversamos com Maurício, que deu boas dicas para os noivos. Vem ver: - Como começou? A Brother’s Bar começou em 2005 atendendo festas particulares em domicílio. Nessa época, o André, que é meu sócio, percebeu que o mercado era carente de um bom e completo atendimento para eventos maiores. Ele é formado em administração de empresas e em eventos. Eu era biólogo, dava aulas, e vim parar na Brother’s enquanto esperava meu mestrado ser aprovado na Itália. Tomei gosto pela coquetelaria, por estudar os sabores e desisti da viagem. - E como foram parar no mercado de casamentos? Acabou sendo natural. Essas famílias e amigos que contratavam a gente para fazer as festas em suas casas começaram a nos chamar para comandar o bar de seus casamentos. Isso era 2008, época em que os casamentos começaram a ter, pelo menos, um bar de caipirinhas. Até então não era tão comum os casamentos terem bares de coquetéis. Então, acabou que a Brother’s começou no mercado de casamentos ao mesmo tempo que outras empresas com mais tempo de estrada. - Qual a grande mudança do bar de casamento que você vê nesses 11 anos? Muitas mudanças. Durante anos,...
Leia mais

Bate-papo sobre flores de casamento com Lucia Milan

Com quase 20 anos de carreira, a florista Lucia Milan é uma das pessoas mais chiques que a gente conhece. Toda vez que a encontramos temos uma aula de bom gosto e cultura! Antenada e sempre de malas prontas, ela não para e traz de diferentes lugares do mundo ensinamentos e técnicas para seus projetos florais, sempre respeitando a natureza e a sustentabilidade – sua filosofia de vida e trabalho. Para saber mais sobre o seu modo de trabalho e pegar boas dicas para as noivas, batemos um longo papo com ela. Vem ver: - Como tudo começou? Comecei ao lado da minha mãe Aparecida Helena, que é uma grande florista, há uns 20 anos. Abrimos um atelier floral que atendia ao público final e eventos. Há mais ou menos oito anos, decidi seguir carreira solo. Foi aí que nasceu a Lucia Milan Flores. - E o que mudou com sua carreira solo? Houve uma grande mudança minha enquanto artista e empreendedora. Deixei de lado o volume para focar em clientes que tinham algo a ver com minha filosofia de vida e trabalho, que é mais orgânica, sustentável. Passei a não querer apenas vender flores, mas sim criar memórias nos casais. Quero que eles olhem uma flor e lembrem de cada momento aqui no atelier, do casamento, que criem uma intimidade com as flores (caso ainda não tenham). Hoje posso dizer que encontrei meu caminho. A maioria dos noivos que me contratam chegam até mim por conta desta forma de trabalhar, deste cuidado e respeito com a natureza. - Como este estilo orgânico...
Leia mais

Bate-papo sobre vídeo de casamento com Guilherme Coelho

Descobrimos o trabalho de Guilherme Coelho com o casamento de Greisse Panazzolo. Na época, o vídeo nos chamou a atenção por ter uma linguagem super diferente, que nos lembrou os clipes de música americanos. Desde então, acompanhamos de perto o trabalho dele, que, com o casamento de Gabriela Pugliesi, ganhou ainda mais destaque! À frente da Rabbit Films, Guilherme prioriza sempre o que é espontâneo e natural. E, com imagens lindas e edição impecável, o resultado não poderia ser outro: filmes deliciosos de assistir, que misturam o moderno com o romântico! Fizemos uma entrevista super legal com o film maker, que deu ótimas dicas sobre vídeos de casamento! - Como tudo começou? Comecei no ramo de eventos como bartender, em 2008. Depois, me tornei auxiliar de fotógrafo e também comecei a fazer mini-filmes de festas pelo Brasil. Esses filmes acabaram tomando todo meu tempo e, por isso, larguei a fotografia e me dediquei aos vídeos. Em seguida, um amigo me sugeriu deixar as festas e entrar no mercado de casamentos. Fui um caminho sem volta!rs - E como você se consolidou no mercado de casamentos? Foi por indicação mesmo. Algumas pessoas da área gostaram muito da minha visão e investiram nela. Para ter uma ideia, com meu primeiro filme, fechei quase 30 contratos, sem nem ter site! - O que inspirou você a fazer vídeos de casamento? Sempre gostei muito de toda a produção dos filmes. Mas o que realmente me motivou é que, como nunca fui um apaixonado por casamentos, comecei a fazer filmes com ideias que eu gostava, fugindo um pouco do padrão, e muita gente se identificou com isso! Hoje, meus vídeos são conhecidos exatamente por...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Patricia Vaks

Para Patricia Vaks, qualidade é sempre mais importante do que quantidade. Mas, se existe algo que, para ela, nunca é demais é a criatividade. A decoradora entrou para o mercado de festas por acaso, quando decidiu assinar o projeto do próprio casamento. E hoje, 10 anos depois, é reconhecida pelas decorações originais, que sempre contam com elementos inovadores! Cheia de ideias para surpreender os convidados, Patricia fala sobre inspirações, luxo em casamento, detalhes que fazem a diferença e dá dicas imperdíveis para as noivas. - Como tudo começou? Comecei com a produção do meu próprio casamento. Quando comecei a pesquisar decoradores que estivessem dentro do meu budget, percebi que nenhum se encaixava no que eu queria. Eu olhava muitas revistas, tinha muitas referências e acabei me apaixonando por um casamento do Vic Meirelles. A partir daí, criei a planta baixa, elaborei os arranjos de flores, pensei na iluminação e apresentei tudo isso para o Roberto Cohen, que foi meu cerimonialista. Ele olhou para o projeto e disse "muito legal, mas você vai deixar o decorador mudar?". Eu disse que não e ele me aconselhou a fazer a minha própria decoração. Como eu sou designer e, na época, trabalhava em uma agência de publicidade, fiz a identidade visual da festa e também o convite. E foi assim que decidi encarar esse desafio. Foi o Cohen quem me indicou todos os profissionais, com quem marquei reuniões e expliquei a situação. Eles não entenderam nada a princípio - uma noiva passando as informações da decoração? Rs... Mas deu tudo certo! A equipe do Cohen fez toda a montagem e eu fiquei só dando pitaco! Depois disso, me encantei pelo...
Leia mais