Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Entrevistas

Navegue como ou

Bate-papo sobre alianças e anel de noivado com Pedro Yossef

Formado em design de produtos, com especialização em joias, Pedro Yossef se tornou especialista em alianças e anel de noivado. O joalheiro nos recebeu em seu novo atelier/oficina, em São Paulo, para um bate-papo inspirador, cheio de dicas para os noivos e uma sessão de fotos de cada etapa de seu trabalho, que é todo manual e feito por ele mesmo. Em cada peça, Pedro gosta de transformar a história do casal em joias. Vem ver o que ele nos contou e mostrou: - Como tudo começou? Desde pequeno sou apaixonado por trabalhos manuais. Quando criança, adorava montar aeromodelismo e carrinho de controle remoto. Em todos os meus aniversários eu pedia ferramentas para o meu pai. Com 10 anos ganhei uma bancada de marceneiro, o que só aumentou o desejo de criar tudo manualmente. Aprendi a fazer tricot, crochê, tudo para desenvolver ao máximo minha coordenação motora e minhas habilidades. Na faculdade de design de produtos, amigos e professores me diziam que eu tinha talento para a joalheria. Depois de estagiar e aprender muito sobre ourivesaria, técnicas antigas e novas, decidi que este era o meu caminho. - E como você foi parar no mercado de casamento? Amigos começaram a me pedir anéis de noivado e alianças. Foi daí que conheci a Samara, da S-Cards, que gostou do meu trabalho e me deu aquele empurrãozinho para entrar no mercado de casamentos. Desenhei minha primeira coleção de alianças e graças a Deus e às redes sociais fiz muito sucesso. Desde então, nunca mais parei. - Qual é seu maior diferencial? Acho que...
Leia mais

Bate-papo com Dani Lanna

Dani Lanna chegou a se formar em Direito, mas não resistiu ao mundo da moda, sua verdadeira paixão! E após trabalhar na área de criação da Sacada, decidiu investir na carreira de estilista de vestidos de noiva. Adepta do estilo clássico, Dani assina modelos que são uma releitura do romântico, com muita renda, bordados e aplicações. Em bate-papo com o site, a estilista contou como foi desenhar o próprio vestido de noiva (publicamos o casamento dela aqui!) e, claro, deu dicas para acertar na escolha do modelo ideal! - Como tudo começou? Eu sempre fui apaixonada pelo mundo da moda! Desde pequena, observava com admiração a minha avó materna, em sua salinha de costura! Após concluir o curso de Direito, resolvi me dedicar à moda, minha verdadeira paixão. E depois de alguns anos trabalhando na Sacada, vieram os primeiros pedidos das amigas. Elas queriam vestidos de festa feitos sob medida e diferentes do que havia no mercado. E assim começou... O sucesso dos vestidos de festa logo abriu as portas para os vestidos de noiva, que hoje são o carro-chefe do atelier e meu maior prazer! Nada mais gratificante do que o privilégio de participar destes momentos, ou melhor, destes sonhos! - Como você define o estilo da noiva Dani Lanna? A tradição do casamento sempre me encantou. Para mim, é um momento que se eterniza na vida do casal e, por isso, busco imprimir um estilo atemporal em meus vestidos. Minha noiva é clássica, feminina, romântica e elegante, sem abrir mão das tendências! - Quais são as suas principais inspirações? Meu olhar está sempre atento para observar os...
Leia mais

Bate-papo sobre decoração de casamento com Titina Leão

Com mais de 20 anos de mercado de casamentos, Titina Leão se tornou uma das experts em decorações. Com formação na arte das flores e praticante de Ikebana, ela é responsável não só pela cenografia, como também pelo projeto floral do grande dia. Adepta da filosofia de que a decoração precisa ser surpresa para os convidados e não para os noivos, ela monta, em seu galpão, uma mini festa para o casal aprovar todos os detalhes antes. Para entender o processo de criação e execução, e pegar boas dicas para as noivas, batemos um papo com Titina. Vem ver: - Como tudo começou? Sempre fui muito ligada à beleza, à estética das coisas do dia a dia. Cresci vendo minha mãe colocar a mesa posta em todas as refeições, decorar a fruteira como se fosse um quadro de natureza morta. Acabei seguindo um caminho administrativo na graduação, e para arejar a cabeça do mercado financeiro no qual trabalhava, comecei a fazer curso de Ikebana (arte de composição floral seguindo as tradições japonesas e o respeito à natureza). Meu start foi ajudando minha professora a organizar jantares na casa de famílias da sociedade. A partir daí, nunca mais parei. - Como você chegou ao mundo de casamento? Uma grande amiga minha decidiu se casar (isso há 20 anos) e me contratou para fazer a decoração. Foi um casamento muito fora dos padrões da época, no jardim da casa dela. Foi meu primeiro casamento e repercutiu muito entre os convidados. Este foi meu start e nunca mais parei. - O que é luxo em...
Leia mais

Bate-papo com Renata Bernardo

Renata Bernardo é formada em arquitetura, mas, no mercado de joias desde os 16 anos, se tornou especialista em noivas. Apesar de ter uma tendência ao clássico, ela cria acessórios todos os estilos, prezando tanto pelo design, quanto pelo conforto das peças. Em entrevista ao site, Renata deu ótimas dicas para que as noivas fiquem lindas no casamento e se sintam seguras com suas escolhas! - Como tudo começou? Eu segui os passos da minha mãe, que está no mercado de joias há 47 anos! Trabalhei na empresa em que ela era sócia desde os 16 anos até 2010, quando nos desligamos para abrir nossa própria empresa. Eu era responsável pelo departamento de criação. Como ainda era nova, pensei em ter outra opção e me formei em Arquitetura e Urbanismo, mas acabei me rendendo ao mundo da joalheria. Em 2012, foquei exclusivamente em noivas. - Como você define o estilo da noiva Renata Bernardo? Eu tenho uma natureza clássica, mas, como desenho pensando sempre em mulheres com estilos diferentes, ofereço coleções que agradam a diferentes personalidades e expectativas. Nossas clientes elogiam muito o design propriamente dito e respeitam a qualidade e o acabamento do nosso trabalho. Acho que o que mais escuto no atelier é "nossa, como a peça brilha!". Aprendi a ter essa visão durante minha fase de produção de alta joalheria. Isso ficou intrínseco ao meu trabalho e, hoje, na produção, somos extremamente criteriosos e detalhistas. Nada passa. Simetria, cravação, peso das peças, conforto... Tudo! Buscamos a excelência. Somos perfeccionistas. E as pessoas que buscam esse cuidado e carinho refletidos no desenho vêm até nós! - Quais são as...
Leia mais

Bate-papo sobre lembrancinhas de casamento com Cadô Presentes

Ricardo Braghetta começou a Cadô Presentes em 2006, e ao longo destes 11 anos já desenvolveu mais de 3 mil produtos personalizados para casamentos. Com opções que vão do kit toilette até bazuca de CO2 e balões de led, Ricardo não para. Para 2017, sua aposta são os itens e presentes que trazem experiências aos convidados dentro e fora da festa. Para saber as novidades da Cadô Presentes e pegar boas dicas sobre quantidades, antecedência para encomendar e como distribuir cada item durante a festa, batemos um papo com o empresário. Vem ver o que ele nos contou: - Como tudo começou? Sempre gostei muito de personalizar os presentes de amigos, namoradas e familiares. Trabalhava em agência de publicidade, mas em paralelo fazia algumas lembranças sob encomenda. Comecei apenas com quadros de madeira. O cliente me dizia o que gostava, eu estilizava à mão, recortava na madeira para ficar tridimensional e pintava a óleo. Conforme a demanda foi crescendo, surgiram pedidos de coisas diferentes e que nunca tinha feito. Fui desenvolvendo produto a produto. As quantidades e modelos foram aumentando até os dias de hoje, onde tenho mais de 500 itens no catálogo e 3000 produtos desenvolvidos. - E tem alguma coisa que você não faz? A gente faz de tudo, até carrinho de pipoca personalizado para a porta da igreja ou festa! A gente desenvolve uma média de dois a três produtos por dia. Conseguimos criar qualquer tipo de presente/lembrancinha. E fazemos desde a criação visual até a execução. Os mais legais entram para o catálogo. - Como entrou para o...
Leia mais

Bate-papo: Buffet de casamento Julio Perinetto

A preocupação em ter um serviço impecável fez Julio Perinetto não parar em um cardápio estrelado que o consagrou há 8 anos no mercado de casamentos. O chef trabalha com 20% a mais de mão de obra que o padrão e desenvolveu diversos sistemas para que sua comida seja servida o mais perfeito possível. Entre eles, o buffet montado dentro da cozinha igual ao da festa; e a ilha ao vivo que traz a cozinha para o meio da festa, e ainda serve pratos prontos na hora, como em um restaurante. Aproveitamos tantas novidades para bater um papo com Julio, que deu boas dicas para as noivas na hora de escolher o buffet do casamento. Vem ver: - como tudo começou?  Eu era jogador de futebol na Itália, mas por conta de uma lesão tive que parar. Voltei para o Brasil, e como não tinha o que fazer, entrei para o mercado de eventos trabalhando como garçom em vários lugares. Me apaixonei pela gastronomia, resolvi estudar e hoje estou aqui. Isso tem 13 anos (o buffet tem 8). Comecei no mercado corporativo e fazendo os camarotes do Estádio do Morumbi. Mas por ter trabalhado em buffets grandes aqui no Brasil e na França, sempre gostei mesmo foi de um serviço mais sofisticado, para festas e eventos como casamentos. - Quais os tipos de serviço que você oferece?  Franco-americano, menu degustação, finger food e ilha ao vivo, que somos os pioneiros. - Como funciona a ilha ao vivo?  A ilha ao vivo nada mais é que executar o menu degustação,...
Leia mais

Bate-papo com Luciana Collet

Luciana Collet é especialista em vestidos de noiva e, em seu canal no YouTube, tem sempre ótimos vídeos sobre o assunto! Mas, como dicas são sempre bem-vindas, conversamos com a estilista e esclarecemos mais algumas dúvidas em relação ao look do grande dia. Durante nosso bate-papo, Luciana também contou um pouco mais sobre sua carreira, o estilo de suas noivas e tudo o que a inspira! - Como tudo começou? Eu sempre fui apaixonada pelo mundo da moda. Minha avó paterna era, por hobby, uma costureira de mão cheia e eu adorava observá-la! Sempre me encantou a ideia da roupa transmitir mensagens e, por isso, me formei em moda. Mas foi executando o meu vestido de noiva que percebi o caminho que era minha paixão, o sob medida, o personalizado. E trabalhar com a felicidade das pessoas, que não tem preço. Aos poucos, fui me especializando, me aprimorando, até me sentir preparada para dar o meu melhor e realizar sonhos. - Como você define o estilo da noiva Luciana Collet? Eu sempre amei os aspectos tradicionais do casamento e acho que costumo passar isso... Minha noiva é clássica, romântica, feminina, com uma elegância calma e atemporal sem perder a bossa. - Quais são as suas principais inspirações? Eu sempre me inspiro no belo: arte, música, na história, que, ao longo do tempo, sempre nos diz muito. E na mulher em si, que é do seu tempo, mas também gosta de ser atemporal, que quer se destacar sem perder sua essência. - Quais são as suas apostas como tendências em vestido de noiva para 2017? O grande hit da...
Leia mais

Bate-papo com a Conto de Noiva

Durante os preparativos do próprio casamento, Mariana Prieto percebeu a demanda na área de convite e papelaria. Na época, trabalhava na área de publicidade, mas, como sempre quis empreender, decidiu se aventurar no universo de casamentos. E assim surgiu a Conto de Noiva! A empresa oferece desde o save the date até o cartão de agradecimento, passando por lembrancinhas, monogramas e painéis de recados. Tudo personalizado, seguindo um verdadeiro conceito e com boas doses de inovação e criatividade. Em um bate-papo com o site, Mariana contou um pouco mais sobre a Conto de Noiva e também deu dicas super úteis na hora de definir a identidade visual do casamento. - Como tudo começou? Sou publicitária e sempre trabalhei em grandes empresas. Mas sempre quis ter negócio próprio e, em 2009, decidi abrir uma agência de brindes corporativos. Tivemos grandes clientes e foi uma verdadeira aventura. Mas, como a empresa não se pagava, dois anos depois, resolvi aceitar uma proposta para voltar para o mercado de trabalho no mundo digital. Quando casei, percebi que existia uma demanda em convites de casamento. E como nunca desisti de empreender, tive a ideia de atender pessoa física em vez do mundo corporativo. Mas dessa vez foi diferente e passei um ano fazendo o planejamento estratégico da nova empresa. Fui para a Califórnia, que é o coração da papelaria de casamento, e fiquei um mês por lá, metendo as caras, marcando reuniões e fazendo pesquisas. Quando voltei para o Brasil, comecei a pensar no nome. E como meu marido é redator publicitário, rolou um brainstorm. E então surgiu a ideia de Conto de...
Leia mais

Bate-papo com Katia Criscuolo, da Congregabahia

Há 16 anos no mercado de festas, a Congregabahia se tornou referência em decoração de casamentos na praia, especialmente em Trancoso. E Katia Criscuolo é o nome por trás do conceito de "brasilidade sofisticada", que é a assinatura de todos os projetos realizados pela empresa. A rusticidade é ingrediente fundamental das decorações de Katia, que também aposta na tropicalidade e nunca abre mão da elegância! E depois de postar tantos casamentos lindos da Congregabahia aqui no site, conversamos com a decoradora sobre projetos personalizados na praia e também sobre seu estilo único. - Como tudo começou? A Congregabahia já trabalhava com cenografia e decoração de festas e eventos sociais. Aos poucos, a demanda de casamentos começou a crescer e, como já tínhamos muita experiência na área de festas, acabamos abraçando esse mercado também. Começou em Porto Seguro e em Arraial D'Ajuda, depois chegou em Trancoso, onde atuamos bastante, e agora fazemos em outros destinos da Bahia também. - Além da decoração, o que a Congregabahia oferece? É possível contratar os outros serviços à parte? Como temos uma identidade muito definida e fazemos questão de trabalhar com peças personalizadas e exclusivas, começamos a desenvolver nossos próprios produtos para compor as decorações. Então, além da área de projetos de decoração, temos uma marcenaria, uma fábrica de velas, o acervo (que conta com vasos, louças, toalhas, guardanapos, lustres, etc.), o departamento de áudio vídeo (que oferece sistemas de som, projeção, painel de LED, etc.) e a montadora (responsável pela montagem de tendas, cozinhas e banheiros). Mas um produto não está ligado a outro e é possível, sim, contratá-los à parte. - Você trabalha com o conceito de "brasilidade sofisticada"....
Leia mais

Bate-papo com o DJ Marcos Mamede

Uma festa animada, com a pista de dança bombando até o amanhecer, é o que a maioria dos noivos espera do casamento. E para que isso aconteça, a playlist tem papel fundamental! Mas montar um repertório redondo não é tarefa fácil. Quais músicas não podem faltar? Como manter os convidados animados durante a noite toda? Qual o perfil musical da festa? São tantas dúvidas! E para esclarecê-las, batemos um papo com o DJ Marcos Mamede, responsável pela playlist de muitos casamentos no Rio de Janeiro! - Como tudo começou? Comecei aos 14 anos, com o Márcio Torres, o principal DJ do Rio de Janeiro naquela época. Aprendi muito com ele, principalmente a ser criterioso na seleção do repertório e ter uma identidade musical. - Como você faz para traçar o perfil musical de um casamento? Procuro conversar com os noivos antes da festa e obter todas as informações necessárias sobre o gosto musical deles. Existe alguma música que não pode faltar? Qual é o estilo ou época preferida? Existe algum gênero proibido? Qual o perfil dos convidados? Haverá muitos jovens na festa? - Como fugir do mix padrão de repertório para casamentos sem deixar a festa desanimada? Existe uma diferença entre o DJ dos clubes e baladas e o DJ das festas de casamento. O primeiro não tem compromisso com um contratante e pode tocar o que quiser. As pessoas na balada estão pré-determinadas a escutar e dançar determinado tipo de música. Já no casamento, o DJ deve observar as gerações presentes na festa e se adaptar. Também precisa ser flexível e não ser preconceituoso. Eu deixo de tocar...
Leia mais