Na semana passada, postamos o primeiro editorial da Revista Constance Zahn Nr. 5 (a sexta edição está à venda neste link). E hoje vou compartilhar com vocês uma matéria da mesma edição que eu adorei fazer. Em comemoração aos 10 anos do site ConstanceZahn.com, reuni as amigas blogueiras que começaram na mesma época e que fazem parta da minha história para dar dicas de como escolher o look perfeito para um casamento. Dá uma olhada no que elas falaram:

MARIAH BERNARDES

Foto: Lucas Lima Bridal GuideLUCAS LIMA FOTOGRAFIAFotografiaSão Paulo (Capital)Portfólio | Vestido: Wanda Borges Bridal GuideWANDA BORGESVestidos de NoivaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio | Joias: Flavia Vetorasso Siarra | Beleza: Bruno Ximendes e Roosevelt Vanini (C.Kamura)

– Como você define seu estilo de vestido de festa? 

Às vezes, quero ser romântica, às vezes, sexy. Mas não abro mão de que o vestido chame atenção por algum detalhe diferente, como um bordado ou a própria cor.

– O que você considera na hora de escolher um vestido?

Caimento e acabamento! Do que adianta um vestido incrível se o zíper estiver com defeito ou a modelagem não estiver certinha no corpo? Também gosto que o look tenha uma informação nova de moda.

– Você é ótima de penteados. Costuma fazer você mesma para casamentos? 

Os mais fáceis eu faço! Por exemplo: um cabelo solto bem liso e esticado para trás ou um rabo de cavalo baixo.

– Como um look de madrinha pode ser impactante sem ser over? 

Gosto de cores fortes e marcantes, que ficam lindas no altar. Também é legal escolher joias bonitas, mas sem esquecer que um visual clean é sempre mais elegante que o carregado. Pensando nas fotos, se preocupe mais com o que aparece da cintura pra cima. E lembre-se que detalhes nos ombros vão deixar você ainda mais bonita e chique!

VIC CERIDONO

Foto: Duo Borgatto | Vestido: Atelier Candy Brown | Joias: vintage | Beleza: Vic Ceridono

– Como você define seu estilo de vestido de festa?

Diria que ele transita entre o retrô e o minimalista. Além disso, procuro sempre um look equilibrado – se o vestido tiver um super decote, opto por uma modelagem mais fluida; se for muito ornamentado, escolho uma cor mais sóbria…

– Você usa bastante bijoux em casamentos. Como faz para o resultado ficar bacana? 

Amo bijoux exageradas, de preferência vintage, como acessório para um look de casamento! O segredo é escolher uma peça com cara de rica. E o vintage, na minha opinião, é sempre muito especial!

– Bolsa de festa com ou sem alça?

Com alça longa, mesmo que, no começo da festa, seja usada como clutch, como a alça para dentro. Adoro a liberdade de poder deixá-la no ombro.

– O que você não indica em relação à maquiagem? 

Não sou muito de impor regras, mas acho importante lembrar que, se o casamento é de dia, tudo na maquiagem estará mais visível. Então, se a base não estiver bem espalhada, se o esfumado dos olhos estiver marcado demais, se os cílios postiços estiverem com a cola muito grossa…. Tudo isso vai ficar em evidência.

BIA PEROTTI

Foto: Roberto Tamer Bridal GuideROBERTO TAMERFotografiaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio | Vestido e bijoux: Printing | Beleza: Dani Campos

Como você define seu estilo de vestido de festa?

Sou bastante fiel ao meu estilo, seja no dia a dia ou em ocasiões formais, como festas. Sempre gostei do romântico, do vintage, de uma pegada boho…

– O que você gosta de usar em casamentos de dia e à noite? 

Geralmente uso estampas para casamentos de dia, na praia, no campo. E vestidos lisos com algum detalhe especial (renda, bordado, franjas) quando são à noite e na cidade.

– Como deixar um look de casamento ousado na medida certa? 

O segredo é eleger o item do look que irá “brilhar”e deixar que ele seja o destaque. Sou viciada em bijoux e acessórios de cabelo. Você pode estar em um pretinho básico, liso, mas, se ousar em alguma peça statement, o look fica mais interessante.

– Falando em acessórios de cabeça, como você escolhe uma peça para casamentos? 

Acho que tem que ser algo que case com a produção e não seja “gritante”. Tem que haver uma harmonia, senão fica esquisito… Procure acessórios feitos com tecidos mais nobres, como seda, tule, renda. Amo!

ALE GARATTONI

Foto: Roberto Tamer Bridal GuideROBERTO TAMERFotografiaSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio | Vestido: Apartamento 03 | Joias: Flavia Vetorsasso Siarra | Beleza: Dani Campos

– Como você define seu estilo de vestido de festa?

Sem exageros, com bom corte e uma cor linda.

– O que você leva em consideração na hora de escolher um look de madrinha? 

Bom senso em primeiro lugar! Pode parecer óbvio, mas pensar de forma coerente com o horário, o local e a proposta do evento é uma forma de demonstrar carinho e respeito pelos noivos.

– Quais são suas cores preferidas para vestido de festa? 

Embora eu ache lindo os tons pastel, sinto que as cores mais fortes me valorizam mais. O que acho impreterível (e que muita gente não leva em conta) é esquecer qualquer tom que possa parecer com branco na foto. Realmente acredito que a cor é exclusiva da noiva.

– Quais são as it girls que te inspiram em looks de festa? 

Amo o estilo festa da Lauren Santo Domingo. Ela sabe sair um tiquinho do clássico mais careta sem perder a elegância. E, mais importante, carrega os looks!

CONSTANCE ZAHN

– Como você define seu estilo de vestido de festa?

Clássico com um twist moderno.

– O que você leva em consideração na hora de escolher um look de casamento? 

Além do horário, local e estilo da festa, procuro modelagens que me vistam bem. Gosto de vestidos que valorizam os ombros, cortes que alongam as pernas e evito marcar o quadril. Em relação a cores, amo vermelho, preto (não como madrinha) e rosa blush.

– Como convidada, prefere curto ou longo? 

Quase sempre curto, a menos que o casamento seja black tie, claro. Dependendo do tecido e bordados, o curto pode ser mais habillé que um longo.

– Como você faz para levar um vestido de festa em viagem sem amassar? 

Se for viajar de avião, levo o look completo (vestido, sapatos, bolsa, joias…) na mala de mão. Porque antes de pensar em amassar, tenho medo de extraviar. Chegando no hotel, a primeira coisa que faço é tirá-lo da capa. E quando esqueço de levar um mini-steamer, penduro-o no banheiro enquanto tomo banho para o vapor desamassar o tecido.