Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

Como tratar cravos e espinhas?

DRA-MARCIA2

coluna-dra-marcia-linhares-acne

Muitas vezes, caímos na tentação de espremer cravinhos e espinhas. No entanto, isso deve ser evitado porque, além de propiciar o aparecimento de manchas e cicatrizes, facilita a proliferação de bactérias no local, o que pode levar ao aparecimento de mais espinhas.

Em uma pele com muitas lesões, o ideal é uma limpeza mensal, com profissional especializado e orientação de seu dermatologista. Em alguns casos, é indicada a realização da limpeza antes de um tratamento de acne mais intenso, com retinóides orais, por exemplo, que podem inicialmente causar uma piora momentânea do quadro de acne. Depois da melhora, a periodicidade pode ser maior, de 45 dias a 2 meses. Mas quem indicará o intervalo ideal é o seu dermatologista.

Para pacientes com apenas pequenos comedões (cravos), e sem lesões inflamatórias, as limpezas podem ser ainda mais espaçadasUm profissional treinado de forma adequada pode utilizar amolecedor de comedões e vapor para facilitar a abertura dos poros, assim como extrair manualmente lesões (ou com extratores específicos) e, posteriormente, calmantes. Tudo para minimizar a chance de cicatrizes e a piora da pele.

Procure sempre a orientação de um profissional.

Drª Marcia Linhares é especializada em dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiatria. Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), é uma das pioneiras a utilizar a técnica de laser no país e ex-chefe do departamento de laser da SBD Regional – RJ.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *