Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Casamentos Reais

Navegue como ou

Casamento na Locanda Della Mimosa: Alexandra Barcelos + Leonardo Vidal

Alexandra Barcelos é de Vitória, mas se mudou para Petrópolis para fazer faculdade de medicina. E foi por lá que conheceu Leonardo Vidal. "O Leo foi para o Rio de Janeiro, estudar engenharia, mas estava sempre na cidade para visitar a família. Nos conhecemos em 2000 e, na época, éramos apenas amigos, nunca tivemos nada! Em 2004, me formei e fui para Belo Horizonte, onde morei por sete anos. O Leo continuou no Rio, até que, em 2012, voltei para lá. Voltamos a nos encontrar eventualmente e, em 2015, começamos a namorar", conta Alexandra. O pedido de casamento não foi nem um pouco tradicional, e aconteceu apenas um mês antes do casamento. "Com um ano de namoro, viajamos para Grécia e Turquia. Durante a viagem, conversamos sobre ter um filho. E assim, decidimos que aquela seria a minha última cartela de anticoncepcional. Mas, quando voltamos ao Brasil, bateu a racionalidade e eu falei para ele que, antes de ser mãe, eu queria casar. Conversamos por uma semana sobre o casamento e decidimos fazer como sempre sonhei. E para ser completo, teve um pedido oficial, com direito a jantar, cartão, champagne, anel e tudo mais. Mas isso foi apenas um mês antes da festa", relembra. Os preparativos duraram apenas cinco meses, e Leonardo ajudou Alexandra com cada detalhe. "Acho que tirei a sorte grande! O Leo é o rei das planilhas e tabelas, e a organização dele foi primordial para que conseguíssemos fazer tudo dar certo em tão pouco tempo! Aos finais de semana, íamos para Petrópolis para as reuniões e ele estava sempre comigo. Acho que as únicas partes em que ele não ajudou foram o...
Leia mais

Casamento na praia: Francine Muraro + Alex Vasconcellos

Dá para acreditar que a história de Francine Muraro e Alex Vasconcellos começou há quase 17 anos? "Nos conhecemos na faculdade e nosso namoro sempre foi marcado pela distância, já que eu sou da Serra Gaúcha e ele, da fronteira de Porto Alegre. Então, durante nove anos, nos dividimos entre os dois lugares. Em 2010, mudei para o Rio de Janeiro e passamos a nos ver a cada 15 dias. Dois anos depois, o Alex foi aprovado em um concurso público e foi transferido para Brasília e, depois, para o Rio Grande do Sul, o que dificultava ainda mais nossos encontros. Em 2015, ele voltou para Porto Alegre, facilitando nossas vidas. Então, o casamento foi essencial para realmente começarmos a viver juntos", conta a noiva. O pedido de casamento foi surpresa e seguiu o estilo tradicional. "Ele inventou que haveria uma degustação em um restaurante que tinha contratado um novo chef. Com isso, conseguiu reunir as duas famílias sem que ninguém desconfiasse. Lá, ele fez o pedido (de joelhos!) e noivamos", relembra. Francine e Alex tiveram um ano para organizar o casamento, e escolheram Búzios como cenário. "Penso que a vida é feita de ciclos e que, uma vez fechados, ele não se abrem mais. Como voltaria a morar no Sul, casar em Búzios seria uma forma de agradecer minha estada no Rio e fechar essa etapa com chave de ouro", explica Francine. A decoração teve assinatura de Renata Paraíso, que atendeu a todos os pedidos da noiva. "Queria que meus convidados se sentissem em casa. Fazia questão de muitas espécies de flores, com tons de rosa, uva, azul e verde. Imaginei um clima romântico, que combinasse com um casamento na praia".  O vestido de noiva foi...
Leia mais

Casamento em Búzios: Graciane Schwanck + João Gustavo Salarini

Graciane Schwanck e João Gustavo Salarini se conheceram durante as aulas de Crossfit, e estavam juntos há apenas cinco meses quando aconteceu o pedido de casamento. "Foi em Paris, durante um picnic debaixo da Torre Eiffel", conta Graciane. Com pouco menos de um ano para os preparativos, o casal queria que o casamento fosse em um lugar onde pudessem reunir a família e os amigos durante um fim de semana. Por isso, escolheram dizer o "sim" em Búzios. "Imaginamos algo com a nossa cara, despojado, simples e aconchegante", explica a noiva. O vestido de noiva teve assinatura da Martu e foi amor à primeira vista. "Escolhi três modelos da Martu e chamei minha mãe para me ajudar. Mas já tinha um que havia me conquistado, pois era o que deixava mais à vontade para curtir a festa o tempo todo!", explica. O modelo tinha aplicações de mini-pérolas e saia com babados verticais. O cabelo foi preso em trança lateral com tiara. A decoração teve toques rústicos, com móveis de vime e bambu e sousplats de rattan. Em verde e branco, o projeto floral teve espécies como rosas, suculentas, gypsophilas, samambaias, cactos. Fotos: Alexandre Retchman | Assessoria: Raquel Abdu | Espaço e buffet: Villa Rasa Marina | Decoração: Renata Stabile | Bolo: Raphs Patisserie | Vestido de noiva: Martu | Cabelo e maquiagem: Euler de...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Julia Franco + José Renato Estelles

Julia Franco e José Renato Estelles são médicos e se conheceram durante a residência de ortopedia. "No início, namorávamos outras pessoas e éramos apenas grandes amigos. No terceiro ano, cada um terminou o namoro por razões próprias e, depois de alguns meses, começamos a namorar", conta Julia. Após dois anos juntos, José Renato fez o pedido de casamento, que aconteceu na França. "Eu estava fazendo um curso de especialização e ele foi me visitar. Como era pouco depois do Dia dos Namorados, fomos para Annecy, que é conhecida como 'Veneza francesa', ou seja, muito romântica. No sábado de manhã, ele me acordou super cedo, dizendo que tinha uma surpresa. Imaginei que fôssemos andar de barco no lago de água de degelo, então fiquei muito surpresa quando descobri que era um passeio de balão! E ainda mais surpresa e feliz, quando, no alto, acima do lago e com o sol nascendo, ele fez o pedido mais lindo do mundo", conta a noiva. Carla Baroncini acompanhou o casal durante os preparativos, que duraram um ano e quatro meses. Para a decoração, Julia imaginou um conceito mais tradicional, com flores em tons suaves. "Para complementar, muitos elementos aéreos. Tudo para valorizar o lindo jardim, onde montamos a festa", explica. Julia sempre soube como seria o vestido de noiva, mas demorou para encontrá-lo. "Sempre era uma mistura de dois modelos. Já estava decidida a confeccionar o vestido, quando experimentei um na La Novia, que não só se encaixava no que eu queria, como também superava minhas expectativas", conta. O eleito foi um modelo romântico, com saia volumosa, decote ombro a ombro e detalhes...
Leia mais

Casamento em Búzios: Buanna Rosa + Daniel Boechat

Buanna Rosa e Daniel Boechat estudaram na mesma escola, mas só foram apresentados formalmente anos depois. "Como ele é um ano mais velho, existia um 'muro' que nos separava naquela época. Mas, no mesmo dia que nos conhecemos de verdade, nos beijamos pela primeira e não nos largamos mais", relembra Buanna. Os dois namoraram por sete anos e o pedido de casamento foi a realização não de um, mas de dois sonhos! "Sempre sonhei em voar de balão! Então, o Dani e alguns amigos inventaram uma super história e me colocaram vendada dentro de um balão. Quando já estávamos voando, tiraram a minha venda, e o Dani estava ajoelhado, com uma caixinha de anel. Foi lindo e mágico! Não sabia se chorava, olhava a vista, abraçava ele ou tudo junto", conta. Os noivos decidiram casar em Búzios, mas, na verdade, esse "detalhe" foi decidido muito antes do pedido oficial. "Em novembro de 2014, fomos para Búzios e decidimos visitar alguns espaços. Quando chegamos na Pousada da Tartaruga, amamos e falamos para o responsável pelo lugar que queríamos casar lá em 2016. Eles nos informaram de que, para o primeiro semestre, como queríamos, só tínhamos a partir de junho. Na hora, decidimos segurar a data", explica. Mas, no final, tudo ocorreu conforme o planejado! Os preparativos duraram um ano e meio e o casamento aconteceu às 11h de um domingo. "A proposta era criar um clima de almoço de domingo à beira-mar. Então, não teríamos jogo de luzes e muitas velas. Eu queria flores de cores vivas, que transparecessem a nossa essência vibrante", explica. Desde muito nova, Buanna guardava...
Leia mais

Casamento ao ar livre: Vanessa Martins + Silvio de Carvalho Neto

Vanessa Martins e Silvio de Carvalho Neto se conheceram no trabalho e namoraram por dois anos até o "sim". Desde o começo, os dois sempre falaram em casamento, então, não houve um pedido oficial. "Havíamos conversado que, quando tivéssemos por volta de um ano de namoro, começaríamos a organizar nosso casamento. A formalização é que aconteceu depois, no início dos preparativos. O Silvio pediu a minha mão aos meus pais, em um jantar especial. Não foi surpresa para mim, mas foi para eles, que ficaram muito emocionados", conta Vanessa. Com assessoria de Vanessa Aune, os noivos organizaram o casamento em apenas nove meses. Vanessa sempre quis uma festa de dia e ao ar livre, por isso, optou por uma fazenda próxima ao Rio de Janeiro. Para a decoração, a escolhida foi Renata Paraíso. "Assim que conheci o trabalho dela, soube na hora que era aquilo que eu queria: cores, texturas, personalidade, rusticidade, romantismo... Acabou ficando mais lindo e mágico do que eu poderia ter sonhado!", elogia. Antes mesmo de ficar noiva, Vanessa já era apaixonada pelo trabalho de Emannuelle Junqueira. "Tentei algumas lojas no Rio de Janeiro, mas acabei  me rendendo e viajando a São Paulo para ver os vestidos dela pessoalmente. E eram a exata tradução do que eu queria, pois tinham uma pegada vintage, mas com muito estilo. Além da leveza, perfeita para um casamento no campo e que eu ainda não havia encontrado", conta. Para complementar o look da noiva, Monique Caetano fez um coque baixo com torcidinho e maquiagem iluminada, em tons de cobre. As fotos do casamento ficaram por conta de Duo Borgatto. A decoração da cerimônia teve muitas folhagens, com toques...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Beatriz Bottesi + Joaquim Monteiro de Carvalho

Beatriz Bottesi conheceu Joaquim Monteiro de Carvalho durante um evento para corredores que iriam participar da maratona do Rio de Janeiro. "Convidamos algumas pessoas para testar um novo modelo de tênis e lá estava o Joaquim. Sentimos algo diferente e, no final do evento, ele veio me agradecer, mas depois não nos falamos mais", relembra Beatriz. Depois de dois meses, porém, Joaquim procurou Bia novamente. "Ele me encontrou no Facebook e mandou uma mensagem dizendo que o tênis tinha ficado apertado e que ele queria que eu o ajudasse a trocar. Quando vim para o Rio para correr a maratona, saímos juntos pela primeira vez. E desde então, não nos separamos mais!", relembra a noiva. Em dezembro de 2014, aconteceu o pedido de casamento. "Minha mãe estava no Rio nos visitando e Joaquim organizou um almoço com toda a família dele. Para mim, era apenas uma ocasião para reunirmos nossas famílias e celebrarmos a vida. Mas, no meio do almoço, ele se levantou e, como um bom orador, fez um discurso maravilhoso e apaixonante. Falou sobre nossas histórias e valores, fazendo todo mundo chorar, e perguntou se eu aceitava casar com ele", conta Bia. Os noivos tiveram um ano e meio para organizar o casamento e, como ele trabalhou na organização dos Jogos Olímpicos, decidiram dizer o "sim" após o evento. O local escolhido como cenário foi a casa em que Joaquim cresceu, em Santa Teresa. "Com certeza, o local com a vista mais bonita do Rio de Janeiro, além de ser super especial para a família". Mas, durante os preparativos, uma surpresa: a noiva...
Leia mais

Casamento no MAM-RJ: Michelle Katz + Jean Benchimol

Michelle Katz e Jean Benchimol se conheceram por acaso, durante a inauguração de uma casa judaica. "Não conhecíamos ninguém. Foi quando fingi que ia pegar um refrigerante para chegar perto dele e começamos a conversar", relembra Michelle. Os dois namoraram por cinco anos e o pedido de casamento foi super romântico! "Foi em uma viagem para Angra dos Reis. Ele fez uma montagem com várias fotos e vídeos nossos e, depois, me entregou uma carta linda!". Os dois faziam questão de um casamento ao ar livre, com uma vista incrível, mas em um local de fácil acesso para todos os convidados. "O MAM conseguiu juntar tudo isso, com uma infraestrutura muito boa!", elogia. Roberto Cohen acompanhou os noivos durante os preparativos, que duraram um ano, e Patricia Vaks assinou a decoração. "Queria bastante cor, muita alegria!", explica. Para a cerimônia, a decoradora usou vasos de flores brancas e folhas. A huppah foi montada em madeira e coberta por flores também brancas. A Conto de Noiva fez o convite do casamento, com ilustração em azul no forro: Como é pequena, Michelle não queria um vestido de noiva muito rodado. Então, escolheu um modelo ajustado ao corpo, todo rendado, e com decote ombro a ombro. "Ficou perfeito porque funcionou tanto para a cerimônia de dia, quanto para a festa de noite".  Para criar a decoração colorida que a noiva queria, Patricia Vaks apostou em taças e sousplats em amarelo, azul e verde. Já os arranjos tiveram tons como laranja, rosa, vermelho e verde, além de frutos, como mini-abóbora e maçãs-verdes. As cores também compuseram a decoração da área interna da festa, que contou com uma longa mesa comunitária. As velas em castiçais de madeira complementaram a ambientação. A mesa do bolo era suspensa e foi um dos destaques da decoração de Patricia Vaks! E além da diversidade de cores e flores, o espaço também contou com legumes e frutas. As velas aéreas complementaram a decoração e, à...
Leia mais

Casamento no Rio de Janeiro: Larissa Bomgosto + Fernando Longo

Larissa Bomgosto e Fernando Longo se conheceram há 3 anos, quando um casal de amigos os apresentou durante uma festa. "De lá pra cá, muitas afinidades nos uniram. A paixão se transformou em amor e, do nosso amor, surgiu o desejo de construir uma família!", conta Larissa. O pedido de casamento foi "um verdadeiro sonho", nas palavras da noiva, e teve direito até a ilha particular! "Fomos caminhando por uma ponte toda iluminada, em direção a uma ilha que estava reservada só para nós dois e decorada com muitas flores e velas. Lá, um delicioso jantar nos aguardava.  Ficamos umas quatro horas, sem perceber o tempo passar em meio àquela magia. Ao final, veio o lindo pedido e o tão esperado 'sim'", relembra. Os noivos moram em São Paulo, mas decidiram se casar no Rio de Janeiro, que é a cidade natal de Larissa. "Os preparativos foram intensos, porque sou muito detalhista e fiz questão de me envolver em todas as etapas. Contei muito com a ajuda da minha mãe, que conseguiu uma data na Igreja dos meus sonhos, a Igreja de Nossa Senhora da Candelária!", conta. Apesar de não ser exatamente um destination wedding, o casamento de Larissa e Fernando teve três dias de festa. "Tínhamos muitos convidados de São Paulo e também de Florianópolis, por isso escolhemos casar durante um feriado. Na quinta-feira, eles já começaram a chegar ao Rio e a festa teve início!", explica. E para registrar todos os detalhes, os noivos faziam questão de Anna Quast e Ricky Arruda. "São os melhores, fazem fotos lindas e têm muita energia positiva!", elogia....
Leia mais

Casamento no Hotel Fasano: Camila Andrade + Paulo Moraes

Paulo Moraes é amigo do sócio de Camila Andrade e os dois acabaram se conhecendo em um evento corporativo. "Ele foi convidado para fazer uma palestra e viramos amigos. Depois de alguns anos, começamos a namorar", conta Camila. Para fazer o pedido de casamento, o noivo escolheu o Rio de Janeiro, que é a "cidade do coração" do casal. "Ele me avisou que tínhamos um compromisso à tarde, mas que era surpresa. Falou apenas 'pode colocar qualquer roupa, mas faz uma maquiagem leve e põe um brinco bonito'. Oi?? Rs! Enfim, pegamos um táxi, que nos levou até o heliponto da Lagoa, e para mim a surpresa seria o passeio de helicóptero sobre a cidade, que ele já tinha dito que iríamos fazer! Até que, quando chegamos bem perto do Cristo Redentor, ele tirou a aliança da mochila e fez o pedido! O dia estava lindo e foi uma emoção difícil de descrever", relembra. Camila e Paulo são de Belo Horizonte, mas decidiram se casar no Rio de Janeiro. E apesar de nunca terem cogitado dizer o "sim" no Hotel Fasano, acabaram gostando da ideia. "No dia seguinte ao pedido, encontramos uma amiga na piscina do hotel, que havia se casado lá, e ela mesma deu a ideia. Até olhamos lugares em BH, mas nada se comparava ao que tínhamos visto nas fotos enviadas pela equipe do hotel. Além disso, queríamos uma festa menor e o Fasano, além de lindo, é perfeito para essa proposta", explica a noiva. Os preparativos duraram 8 meses e, para a decoração, os noivos queriam um conceito simples e bonito. "Sem...
Leia mais