Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo

Navegue como ou

Casamento em Trancoso: Daniella Alvarenga + Kevin Maloy

Daniella Alvarenga conheceu Kevin Maloy quando foi estudar na Inglaterra, em 2010. “Uma amiga nos apresentou por e-mail, mas demoramos para nos conhecer pessoalmente. Já tinha desistido, quando ele me ligou, se desculpando pela ausência e me convidando para um almoço. Durante a conversa, eu disse que estava mudando de casa e, coincidentemente, a flatmate dele estava saindo de lá. Então, ele me ofereceu o quarto dela. Moramos juntos por mais de um ano e ficamos muito próximos, mas nunca tivemos nada”, conta. Daniella voltou ao Brasil e, então, os dois perceberam que o que tinham era mais do que amizade“Vinte e um dia depois, ele estava em Belo Horizonte. Tivemos uma conversa sobre os nossos sentimentos e decidimos arriscar um namoro a distância, explica. Em 2013, Kevin se mudou para BH e foi quando os dois voltaram a morar juntos – mas, desta vez, como casal!

pedido de casamento aconteceu durante uma viagem românticaBruges, na Bélgica. “Estávamos andando pela cidade, o dia estava lindo, a cidade vazia. Aí ele perguntou se havia algo faltando. Quando me virei para responder, o vi ajoelhado. Na hora, perguntei se ele estava se sentindo bem, não estava entendendo. Foi quando ele perguntou ‘will you marry me?’. Começamos a chorar e a rir sem parar!”, relembra.

Daniella e Kevin decidiram fazer apenas um casamento intimista (para menos de 100 pessoas), em vez uma festa para cada família. “Nunca tive o sonho de me casar na Igreja, vestida de branco. A princípio, pensamos em Portugal, pela língua, para brasileiros, e pela proximidade, para os estrangeiros. Mas não tínhamos um vínculo emocional. Foi quando o Kevin sugeriu a Bahia, onde sempre passávamos as férias”, explica. Os preparativos duraram apenas oito meses, e trouxeram alguns desafios para a noiva. “Foi difícil organizar tudo de tão longe, ainda mais tendo que lidar com as diferenças culturais e de idioma. Nós dois tivemos que ceder, mas deu tudo certo!”, explica.

Para a decoração, Daniella fez questão de um projeto que valorizasse o cenáro do casamento. “Queria muitas cores, flores e frutos, que passassem a mensagem ‘aqui é Brasil, aqui é Bahia’. Queria que fosse um statement e fizesse sentido naquele contexto: praia, casamento multicultural, tropicalidade…”, conta. Para isso, Daniella e Kevin escolheram Katia Criscuolo, da CongregabahiaFornecedoresCONGREGABAHIADecoração & CenografiaPorto Seguro, TrancosoLeia mais, que lançou mão de sua “brasilidade sofisticada” para atender aos pedidos do casal.

A escolha do vestido de noiva foi super prática. “Vi alguns vestidos na Inglaterra, mas não achava nada parecido comigo. Quando fui para BH, para o casamento de uma grande amiga, fui à loja onde ela havia comprado o dela e encontrei o modelo perfeito. Originalmente, eu havia imaginado algo bem leve, por ser praia. Mas, por causa do kilt do Kevin, não poderia ser tão leve. Fiquei muito feliz com a minha decisão!”, conta Daniella. Penteado meio-preso e coque foram as escolhas da noiva para a cerimônia e a festa, respectivamente. “Sempre soube que queria algo inspirado na Frida Kahlo, por isso, optei por uma tiara de flores naturais, que se adaptou aos dois looks”.

A Olga Filmes registrou todos os detalhes do casamento em vídeo. E o filme já começa super emocionante, com a linda declaração de amor de Kevin!

Vídeo: Olga Filmes | Assessoria: GKF Wedding Planner | Espaço, buffet e bar: O Cacau | Decoração, flores, materiais e objetos: Katia Criscuolo (CongregabahiaFornecedoresCONGREGABAHIADecoração & CenografiaPorto Seguro, TrancosoLeia mais) | Vestido de noiva: Oleg Casini | Convite e papelaria: Grafam BH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *