Cris Pileggi Bridal GuideCRISTIANE PILEGGI FESTAS E EVENTOSAssessoria & CerimonialSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio entrou para o universo das festas como decoradora. Mas, quando percebeu, estava cuidando de tudo: desde a identidade visual do grande dia até as provas do vestido de noiva! E foi assim, de maneira super natural, que ela passou a fazer a assessoria de casamento! No nosso bate-papo, conversamos sobre a real importância de uma assessora e também sobre as vantagens de ter um só fornecedor para cuidar da organização e da decoração da festa. Vale a pena conferir:

– Como tudo começou?
No terceiro ano da faculdade de arquitetura, estava procurando um estágio quando meu professor me chamou para trabalhar com ele. Lá, eu tive uma chefe que queria fazer a festa de aniversário da filha e me convidou para ajudá-la. E então não parei mais! No início, era quase uma brincadeira, mas virou realmente um negócio. Comecei com festas de criança, passei para os 15 anos, aniversários de pais, avós, eventos corporativos e cheguei aos casamentos. No começo, eu fazia apenas a decoração, mas comecei a participar da escolha do vestido, do convite… E quando vi, estava fazendo a assessoria também! Então, foi por acaso, praticamente um pedido de quem já era meu cliente. E foi um plus muito grande porque a assessoria está muito ligada à decoração, que dá a cara geral ao evento. Mesmo quando faço só a assessoria, minha experiência com decoração torna os preparativos mais simples, pois, para mim, é mais fácil explicar tudo para os dois lados: os noivos e os fornecedores.

– Para você, qual a principal diferença entre um evento social e um casamento?
O casamento é um projeto de vida que envolve duas cabeças e duas famílias. Cada um teve uma criação, tem um sonho e gosta das coisas de um jeito. Então, o mais difícil em um casamento é conciliar os dois lados e, muitas vezes, resolver os conflitos que surgem.

– Quais os tipos de assessoria que você oferece?
Também por pedido dos meus clientes, desenvolvi três tipos de assessoria:

  • A assessoria parcial é ideal para os casais super descolados, que querem resolver a maior parte dos preparativos sozinhos. Então, oriento os noivos em relação a tudo, tiro dúvidas, mas vou apenas nas reuniões finais com os fornecedores.
  • Na assessoria completa, vou em todas as reuniões e acompanho os noivos em tudo o que precisarem.
  • E na assessoria do mês, os noivos fecham tudo sozinhos e, 40 dias antes do casamento, eles voltam com todos os contratos para que eu veja o que precisa ser feito para viabilizar o evento como um todo.

– Qual a real importância da assessoria?
Na segunda-feira após o casamento, toda noiva acha que virou assessora. Mas assessoria não é só organizar o casamento. É ter conhecimento sobre todos os fornecedores, estar sempre atualizado e, principalmente, saber encaixar a verba que o cliente tem com os fornecedores que ele gostaria de ter. Ou seja, adequar o budget ao sonho! Além disso, atualmente, a maioria dos espaços só oferece o lugar em si. Então, uma assessora vai ajudar os noivos a ver tudo o que é necessário para fazer a festa: móveis, decorador, som, iluminação, louças, toalhas, etc. etc. Antes, os espaços já vinham com tudo, então, era muito mais simples nesse aspecto. Em contrapartida, hoje, os casamentos são extremamente personalizados e cada festa é uma festa. E temos fornecedores para absolutamente tudo, por isso é tão importante ter uma orientação especializada. Outro ponto importantíssimo da assessoria é o dia da festa, quando nós somos os olhos dos noivos! Conferimos se tudo o que foi contratado foi entregue certinho e também cuidamos da logística dos fornecedores, do horário de montagem e desmontagem.

Decoração: Feijó

– E casamentos pequenos, precisam de assessoria?
Não é porque sou assessora, mas acho que todo casamento precisa de uma assessoria, pelo menos a do mês! Senão, no grande dia, quem vai esticar o seu vestido? Quem vai organizar o cerimonial? Quem vai coordenar a que horas solta a música ou serve o buffet?

– Se os noivos tiverem um orçamento limitado, o que você acha que deve ser priorizado?
Sempre dou um jeito de encaixar tudo. Apresento propostas, opções, alternativas, custo-benefício, vantagens e desvantagens de tudo! E acho importante abrir a todos os orçamentos para que os noivos saibam exatamente quanto custa cada coisa. Mas uma dica que dou é começar a planejar o casamento com bastante antecedência. Assim, é possível pagar aos poucos e diluir os gastos.

– Você já recebeu pedidos de noivas inusitados? E imprevistos?
Um que nunca esqueço é quando o casal queria que os três cachorros entrassem na cerimônia, em uma época em que isso não era comum. O casamento foi no extinto Leopolldo e foi difícil conseguir a autorização! Tive que ensaiar com o cachorro, mandar fazer comida e montar uma sala VIP para eles e para a treinadora. Rs Fora isso, já costurei vestido da noiva, já tive que arrumar o cabelo de uma quando o cabeleireiro sumiu, já acudi noiva que passou mal…

– Sobre decoração, como você define seu estilo?
Sou muito moderna e contemporânea. Gosto de usar espelhos, transparências e branco. E também adoro uma cara mais tecnológica, com projeções, e mais jovem!

– Na sua opinião, quais as principais tendências para 2018?
Cada vez mais vejo a tecnologia nas festas. Você não vai passar só um clipe no telão, vai usar a projeção também na decoração e, de repente, até apostar em um convite com vídeo. Ao mesmo tempo, também vejo que as pessoas querem casar em espaços abertos, com muito verde e contato com a natureza.

– Quais são as vantagens de fazer assessoria e decoração?
Sempre ouço dos meus clientes que esse é o ponto alto do meu trabalho! Quando cuido das duas coisas, os preparativos ficam muito mais práticos e simples! Quando faço só a assessoria, meu trabalho com decoração também ajuda muito! Afinal, as duas coisas estão muito ligadas e minhas sugestões e orientações são baseadas em experiências, estudos e na visão estética apurada.

Foto: Helson Gomes

– Com quanto tempo de antecedência as noivas devem procurar você?
Para assessoria, o ideal é um ano e meio, no máximo, um ano! Isso por causa das Igrejas, que precisam ser reservadas muito antes. Depois que agendar a cerimônia, é legal procurar a assessoria para ver por onde começar. Mas já fiz casamentos com 30, 40 dias de antecedência…

– E para a decoração?
Se for só decoração, seis meses dá tudo certo. Eventos menores, como noivados e chás, até 30, 40 dias.

– Quais os três conselhos que você daria para as noivas?

  1. Ter critério. Não é porque deu certo para a amiga que vai dar certo para ela. Então, é preciso pesquisar e se informar sobre os fornecedores e o estilo de cada um.
  2. Contratar uma assessoria. Hoje em dia tem muita opção de tudo, é preciso ter uma orientação!
  3. Estabelecer um budget real e eleger as prioridades.

Ficha Técnica

Fornecedores que

Assessoria & Cerimonial: CRISTIANE PILEGGI FESTAS E EVENTOS Bridal GuideCRISTIANE PILEGGI FESTAS E EVENTOSAssessoria & CerimonialSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio