Não importa se o casamento é grande ou pequeno. Para Georgia Nog, da Toda de Branco Bridal GuideTODA DE BRANCOAssessoria & CerimonialSão Paulo, São Paulo (Capital)Portfólio, o essencial é que todos os elementos conversem entre si! E essa é a nova proposta da assessora: cuidar não apenas da organização, como também de todo o conceito visual do grande dia, proporcionando uma assessoria estética para os noivos! Durante nosso bate-papo, conversamos sobre a importância dos detalhes e a nova fase da Toda de Branco!

– Como tudo começou?
Eu sou uma curiosa nata e sempre gostei de pesquisar e de estar por dentro das tendências. Adoro estudar, buscar coisas que ninguém sabe ou viu. Amo arte e a estética para mim é muito fascinante! E foi daí que a Toda de Branco surgiu, como um blog de casamento, há 10 anos. Muitas pessoas começaram a pedir para que eu organizasse festas. Fiquei um ano negando, porque a assessoria ainda era uma coisa muito nova. Mas logo comecei a pensar nesse mercado e, por um ano, fiz casamentos sem cobrar nada, como um laboratório. Depois de 10 festas assim, eu comecei para valer! E desde o início, o mais importante para mim sempre foi fazer festas com novidades, com elementos diferentes, que se destacassem!

– Como você mostra para os noivos a importância da assessoria de casamento?
Tem muitas noivas que gostam do processo de organizar o casamento e acham que podem fazer tudo sozinhas. Mas é aí que entram o lado técnico e a experiência que tenho como assessora. Eu vou saber todas as regras do espaço e suas especificidades – como, por exemplo, quantos quilos o gancho do teto aguenta. A assessoria existe para orientar, mostrar o que é essencial e apresentar a realidade. Minha função é criar uma unidade para a festa e aplicar o investimento dos noivos com sabedoria, surpreendendo os convidados.

– Qual a grande diferença entre casamentos e eventos sociais?
Em festas de aniversário e 15 anos, é possível viajar muito mais e não ter medo de ser temático, que é uma coisa que eu adoro! Nesse tipo de evento, o foco é o espetáculo! Já no casamento, prezamos pela qualidade dos detalhes. Tem que ser um papel impecável, uma toalha de altíssima qualidade, uma louça requintada…

– Que estilo de casamento a Toda de Branco mais faz?
São dois nichos, em dois extremos! O primeiro são pessoas que valorizam a identidade visual harmoniosa. E existem muitos clientes que têm reconhecido isso como um diferencial e, geralmente, são pessoas que gostam de casamentos menores, mais minimalistas e intimistas. Por outro lado, toda a trajetória da Toda de Branco me leva a casamentos grandiosos. Mas, nos dois estilos, o que sempre busco é seguir o inusitado, trazer novidades e encontrar a harmonia, mesmo nas festas gigantes!

– Quais são as novidades da nova fase da Toda de Branco?
A grande novidade e também o diferencial da Toda de Branco é a assessoria com estética. Sou casada com um designer e respiro isso! Então, estou centralizando na empresa toda a parte da identidade visual dos casamentos, inclusive convite e papelaria. E essa centralização faz com que tudo tenha ainda mais a cara dos noivos, já que o contato deles com os outros fornecedores não é um telefone sem fio.

Também montei uma equipe completa: além de mim, tenho coordenadores de montagem, de A&B e de atrações e produção. Também conto com pelo menos um concierge de convidados, que cuida de pessoas com necessidades especiais e crianças. Acho que isso faz uma diferença enorme! Dependendo do tamanho da festa, incluo mais profissionais, que ficam subordinados a cada coordenador.

– E como funciona a criação do conceito do casamento?
Dou total atenção aos detalhes e crio moodboards com a identidade visual da festa: desde cores e materiais que serão usados até o bolo e a decoração, passando por toda a papelaria e até o vestido das daminhas! Por exemplo: para uma noiva que quer uma rusticidade aconchegante, sugiro materiais como couro, linho, madeira e papel de algodão. Folhas de eucalipto e guirlandas compõem a decoração, que também pode ter mesas comunitárias e lounges aconchegantes! Gosto da rusticidade para o acabamento do convite, com lacre assimétrico e caligrafado à mão! Enfim, são esses e outros detalhes que garantem que os noivos tenham suas personalidades traduzidas no casamento!

– Como é sua relação com o decorador da festa?
Felizmente, me dou super bem com os decoradores com que trabalho! A minha preocupação é com o visual do casamento como um todo, e sou uma ponte entre noiva e decorador. Com ela, defino quais materiais e elementos traduzem o que o casal imagina para o grande dia. E, depois, passo esse briefing não apenas para o decorador, como para todos os outros fornecedores! E é isso que garante que todo o casamento tenha uma harmonia!

Foto: Daniela Picoral

– Deixando a estética de lado, quais são os detalhes que fazem a diferença?
Aqueles que demonstram cuidado com os convidados! Se vai casar em um lugar quente ou frio, tenha leques, pashminas ou aquecedores. Um corner de maquiagem, um espaço de recreação infantil… Enfim, elementos que mostrem que os noivos realmente pensaram nos convidados!

– Em que você acha que os casais com budget limitado devem investir?
Em comida, bebida e música. É o que segura as pessoas na festa e garante a animação! Em termos visuais, o convite, com certeza! É por meio dele que os convidados irão sentir a vibe da festa, decidir o que vestir, etc.

– Já atendeu a algum pedido inusitado?
Vários! Mas alguns dos mais marcantes foram: a Milena Toscano, que casou em Paraty. Como a festa foi em uma ilha, fizemos o transporte de móveis, equipamentos de cozinha, flores, etc. por meio de caminhões e balsas. Também precisamos alugar píers móveis e ficar de olho na maré. Foram 15 dias de montagem; outro pedido inusitado foi de uma noiva que gostava da massa específica de um restaurante que não fazia eventos. Então, mandamos buscar a massa para servir na madrugada!

– E imprevistos?
O mais memorável foi um que acabou sendo resolvido de uma maneira linda! O noivo havia esquecido as alianças e não tinha como buscá-las antes da cerimônia. Então, os avós emprestaram as alianças deles, que serviram direitinho! Foi um problema que acabou dando ainda mais significado ao grande dia!

– Quais as três dicas que você daria para as noivas em relação à organização do casamento?

  1. Não acredite em tudo o que você vê nas redes sociais. Nem tudo é tão legal quanto na foto.
  2. Pense sempre no conforto dos seus convidados.
  3. Faça um casamento coerente com o que você e seu noivo são!