Premiada como chef revelação do Guia Quatro Rodas, edição 2009, Renata Vanzetto, 23 anos, é o jovem nome por trás da perfumada culinária do Marakuthai Bridal GuideBUFFET MARAKUTHAI ILHABELABuffets & BanqueteirosSão Paulo, São Paulo (Litoral)Portfóliorestaurante contemporâneo de sotaque tailândes que agita a cena gastrônomica de Ilhabela e acabou conquistando os Jardins, na capital. Com o sucesso, a marca resolveu investir em eventos, criando o Buffet Marakuthai Bridal GuideBUFFET MARAKUTHAI ILHABELABuffets & BanqueteirosSão Paulo, São Paulo (Litoral)Portfólio, que realizada festas e casamentos descolados no espaço do restaurante em São Paulo. Entre os pratos, aromas e cores de sua cozinha, Renata fez uma pausa para um bate-papo conosco.

Como você entrou no mundo da gastronomia?

Cozinho desde os 9 anos. Tomei gosto vendo minha avó cozinhar. Nos anos 90, minha mãe, a decoradora Silvia Camargo, abriu um pequeno restaurante em Ilhabela, o Kinkhao. Foi ali, com 13 anos, que comecei minha carreira, como responsável pelas entradinhas com toque tailandês. Daí para frente, a gastronomia se revelou, mais do que uma paixão, uma vocação.  Ganhei um concurso de chef amador e, depois, o de Melhor Chef de Ilhabela, com 16 anos. Aos 17, fiz estágios na Brasserie Les Varietés, em Saint Rémy, sul da França, e no restaurante Villaurrutia, em Tarragona, no nordeste da Espanha. Em 2007, abri, ao lado do Yacht Club de Ilhabela, o Marakuthai. Hoje, o restaurante se tornou um grupo de sucesso, com unidade nos Jardins, em São Paulo. Procuro sempre me aperfeiçoar, o aprendizado é contínuo. No ano passado, fiz estágio no restaurante número 1 do mundo, o dinamarquês Noma, do chef René Redzepi.

Como você define a culinária do Marakuthai?

Eu defino o Marakuthai como cozinha contemporânea com uma influência thai.  O Marakuthai nasceu em Ilhabela, lugar que pede uma cozinha leve com muitos frutos da mar, colorida, tropical, assim como a gastronomia da Tailândia, por isso essa influência. Acho que combina bastante com a praia e comigo, que cresci nesse ambiente. Mas não gosto de me prender a nada. Não faço pratos típicos. A minha cozinha é autoral, bem contemporânea, uso ingredientes e técnicas do mundo todo, mas, como me identifico bastante com a culinária thai, acabo tendo mais essa influência.

A culinália thai é conhecida por pratos mais exóticos em relação ao paladar brasileiro. Como fazer para agradar todos os paladares, levando em conta que algumas pessoas são alérgicas ou não apreciam pratos mais apimentados?

Realmente, no buffet precisamos agradar a todos os convidados, que nem sempre são fãs de pratos muito temperados. Por isso, o buffet é um pouco diferente do que apresentamos no restaurante. Tentamos seguir o mesmo conceito, temos a mesma qualidade, a apresentação, mas, em relação ao sabor, sempre damos uma mesclada com pratos um pouco mais simples e não tão fortes. O cardápio pode ter desde massa com molho de tomates frescos a um supercurry com especiarias.

Quais são os grandes hits do Marakuthai em casamentos? Há 4 itens que não podem faltar nos nossos casamentos: – o bolinho de camarão em crosta de castanha de caju; – o nosso ceviche de peixe fresquíssimo com limão cravo e tangerina; – a saladinha de macarrão bifum com frango agridoce e vegetais; – a sobremesa de creme de iogurte, redução de framboesa , blueberry e macadâmia. Quais as últimas tendências em gastronomia para casamentos?

As noivas estão cada vez mais querendo novidades e coisas diferentes. Estão cansadas daquele buffet com massa, carne e peixe, sabe? A tendência é sair do buffet e sempre servir finger food. Fica mais descontraído, as pessoas provam de tudo sem misturar no prato, a apresentação fica mais moderna, nada fica seco nem fora do ponto. Vejo também que cada vez mais as noivas estão se importando com a apresentação, a decoração. Estamos focando bastante nisso, usando flores comestíveis, brotinhos etc.

Eventos na praia realmente necessitam de uma comida mais leve ou é um mito?

Necessitam sim. Não pode ser nada carregado, pesado, não só por estar na praia, mas por estar em uma festa também. Geralmente, os casamentos na praia são feitos no final de tarde por causa do pôr-do-sol e geralmente tem sol, calor… então, fazemos comidinhas bem leves e refrescantes. Temos de ter esse tipo de cuidado.

Quais welcome drinks você sugere para um casamento na praia? A gente trabalha com vários. O que faz mais sucesso é o de acerola, gengibre com limão e hortelã. Como traduzir o clima de praia nos casamentos realizados na cidade?

Tento traduzir esse clima na cozinha, fazendo uma culinária leve, tropical, colorida… Na decoração, uso bastante folha de bananeira, conchinhas, sirvo comidinhas em esteirinhas, tudo bem natural, lembrando a praia!

Abaixo, algumas fotos do espaço e da gastronomia do Marakuthai:

buffet restaurante marakuthai

buffet restaurante marakuthai

buffet restaurante marakuthai

buffet restaurante marakuthai

buffet restaurante marakuthai

buffet restaurante marakuthai

Ficha Técnica

Fornecedores que

Buffets & Banqueteiros: BUFFET MARAKUTHAI ILHABELA Bridal GuideBUFFET MARAKUTHAI ILHABELABuffets & BanqueteirosSão Paulo, São Paulo (Litoral)Portfólio