Babies & Kids Casa & Decor 15 anos

Navegue como ou

Bate-papo com a Conto de Noiva

Durante os preparativos do próprio casamento, Mariana Prieto percebeu a demanda na área de convite e papelaria. Na época, trabalhava na área de publicidade, mas, como sempre quis empreender, decidiu se aventurar no universo de casamentos. E assim surgiu a Conto de NoivaFornecedoresCONTO DE NOIVAConvites & PapelariaSão Paulo (Capital)Leia mais! A empresa oferece desde o save the date até o cartão de agradecimento, passando por lembrancinhas, monogramas e painéis de recados. Tudo personalizado, seguindo um verdadeiro conceito e com boas doses de inovação e criatividade. Em um bate-papo com o site, Mariana contou um pouco mais sobre a Conto de NoivaFornecedoresCONTO DE NOIVAConvites & PapelariaSão Paulo (Capital)Leia mais e também deu dicas super úteis na hora de definir a identidade visual do casamento.

– Como tudo começou?

Sou publicitária e sempre trabalhei em grandes empresas. Mas sempre quis ter negócio próprio e, em 2009, decidi abrir uma agência de brindes corporativos. Tivemos grandes clientes e foi uma verdadeira aventura. Mas, como a empresa não se pagava, dois anos depois, resolvi aceitar uma proposta para voltar para o mercado de trabalho no mundo digital. Quando casei, percebi que existia uma demanda em convites de casamento. E como nunca desisti de empreender, tive a ideia de atender pessoa física em vez do mundo corporativo. Mas dessa vez foi diferente e passei um ano fazendo o planejamento estratégico da nova empresa. Fui para a Califórnia, que é o coração da papelaria de casamento, e fiquei um mês por lá, metendo as caras, marcando reuniões e fazendo pesquisas. Quando voltei para o Brasil, comecei a pensar no nome. E como meu marido é redator publicitário, rolou um brainstorm. E então surgiu a ideia de Conto de Noiva, no sentido de contar histórias de amor. Contratei seis designers de peso para começar o processo de criação e imaginei um conceito de moda – com “estilistas” de convites de casamento e uma coleção por ano. Pedi para que cada um deles fizesse duas coleções, e assim nasceu a Conto de Noiva!

– Como você define o estilo da Conto de Noiva?

Acho que, exatamente por termos começado com seis designers/estilistas, temos um pouco de tudo – atendemos desde noivas super clássicas, com grandes budgets, até casamentos mais intimistas. O que as noivas que nos procuram têm em comum é que elas entendem um pouco de design gráfico e conseguem enxergar o original. Elas sabem que nossos convites não foram copiados do Pinterest e que foram feitos por profissionais da área. Outra característica que marca nosso trabalho é que, daqui a 10 anos, você não vai olhar para um convite Conto de Noiva e considerá-lo datado.

– Quais as tendências em convite e papelaria para 2017?

Menos é mais, qualidade em design, valor agregado e itens personalizados.

– Existe algum elemento gráfico que você considera em baixa?

É muito arriscado dizer que o monograma está em baixa. Mas acredito que os modelos muito rebuscados devem ser repensados. Recomendamos opções mais modernas e de pegada minimalista. E para fugir do tradicional, um dos diferenciais da Conto de Noiva é fazer o monograma com três iniciais – do nome da noiva, do nome do noivo e do sobrenome que ela/ele irá adotar após o casamento. Além disso, acredito que a repetição do monograma em todos os itens da festa (até no kit toilette!) não seja ideal. Existem os locais certos para a exposição da marca.

– Qual a importância de criar a identidade visual para o casamento?

Muitas noivas acreditam que o vestido de noiva é a parte mais importante do casamento. E claro que ele é realmente um dos pontos altos. No entanto, a papelaria do casamento se estende para o convidado, enquanto o vestido contempla apenas a noiva. Acreditamos que os noivos, a decoração da festa e a identidade visual são os três principais pilares do casamento e definem a forma como o casal decide contar a história. A identidade visual conecta tudo em uma festa… Está na decoração, no espaço, no vestido da noiva… E aqui na Conto de Noiva nós temos o cuidado de apresentar tudo isso e fazer os noivos entenderem que a identidade visual vai além da papelaria.

– Com quanto tempo de antecedência a noiva deve encomendar os convites?

O limite máximo é até 3 meses antes do casamento. Mas, nesses casos, não é possível fazer uma papelaria tão completa. Até porque perde o sentido, existe um espaço de tempo que deve ser respeitado entre um item e outro. O ideal seria 8 meses.

– Quais são os itens que compõem um kit básico, porém completo, de papelaria de casamento?

Monograma, save the date online, save the date postal, convite, menu e cartão de agradecimento. Mas também oferecemos leques, lágrimas de alegria, painel de recados, display de hashtag, tag de “não perturbe”, caixa de doces, imãs, bótons, arte da água e do chinelo… Tem muita coisa!

– Qual a quantidade de convites que deve ser impressa, levando em consideração a margem de erro?

Um dos diferenciais da Conto de Noiva é que fazemos a impressão do nome do convidado no convite. Usamos a mesma fonte da papelaria, mas parece que foi feito por uma calígrafa. Então, nesse caso, não temos uma margem de erro e já entregamos tudo pronto para os noivos. No entanto, se a noiva fizer questão de contratar um calígrafo, recomendamos 15% de envelopes a mais. O número de convites permanece o mesmo.

– Qual gramatura de papel você considera a ideal?

O ideal é 500 g/m² e 300 g/m² é o mínimo que a Conto de Noiva faz.

– Quais as 3 dicas que você daria para as noivas na hora de escolher o convite e a papelaria do casamento?

  1. Não faça em casa. Às vezes, achamos que um amigo pode fazer ou ganhamos de presente de casamento, e ficamos sem graça de pedir para mudar. Contrate um serviço profissional e não acredite apenas em fotos de Pinterest e Instagram. Um produto ao vivo é muito diferente.
  2. Tente ter um olhar visionário e encontre uma empresa que venda um design que faz sentido e não seja datado.
  3. Um convite grande não é necessariamente incrível. É muito mais design, acabamento, inovação, criatividade e bom gosto.

(Fotos: Reprodução)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *