Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
de 29/09 a 01/10 de 2017 Casa Petra São Paulo

Navegue como ou

A linguagem das flores

Hoje é dia do florista, profissional que a gente nem precisa dizer o quanto ama, e que faz toda diferença em um casamento! Para homenageá-los, convidamos a Mônica Uba, da Blue Wedding DesignFornecedoresBLUE WEDDING DESIGNAssessoria & CerimonialSão Paulo (Capital)Leia mais, que é uma estudiosa apaixonada pelos significados das flores, para nos contar um pouquinho a importância das cores e modelos.

“A decoração floral remonta à antiguidade clássica. Os gregos já usavam guirlandas presas nas paredes e no centro de mesas como decoração em datas festivas. Os Romanos, sempre mais exagerados, chegavam a abusar usando flores até no chão. Isto deixa claro que os floristas eram figuras muito importantes e requisitadas desde aquela época. Não podemos esquecer que naqueles tempos, os ambientes eram praticamente despidos de móveis e peças decorativas. A criatividade, habilidade e bom gosto dos floristas era fundamental para trazer beleza e encanto às festas”, conta Mônica.

Entre as referências mundiais que mais inspiram Mônica está o florista – e seu ex-professor – Shane Connolly, autor do dicionário A Linguagem das Flores”. “É um adorável irlandês que ama as flores e acredita em seu poder de transmitir mensagens significativas”, diz ela, que continua. “Na tenebrosa Era Vitoriana (1837 a 1901), as declarações abertas de amor e flertes eram considerados impróprios e, portanto, proibidos ou coibidos ao máximo. Os jovens enamorados criaram uma forma velada de transmitir seus sentimentos através de bouquets de flores.”

“Algumas tradições adormecem por longos períodos e, de repente, voltam à tona. Isto acontece com muita frequência nas cerimônias de casamento. Casamento é renovação da tradição. Não importa quantas modernidades forem adotadas, os noivos basicamente revivem a tradição ao dizer o ‘sim’ cercados por suas famílias e amigos.”

Para celebrar a data, Mônica traduziu um dos bouquets mais famosos dos últimos anos, o da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, – criado por Shane Connolly -, e escolheu três flores queridinhas entre as noivas (rosa, tulipa e peônia) para explicar seus significados.

bouquet-kate-middleton-1

No buquet de Kate Middleton temos: muguet (felicidade, doçura, confiança e pureza), sweet William (valentia e cortesia), jacinto (beleza, constância e sinceridade), murta (amor, tradição e casamento) e hera (fidelidade, amizade e afeição)

cz-bouquet-peonia

Outros significados das peônias são: amizade, honra, felicidade, saúde

cz-bouquet-tulipa

Além da branca, outras cores de tulipa carregam seus significados, entre eles: vermelha (verdade), púrpura (realeza, nobreza e majestade), violeta (modéstia), rosa (felicidade e afeição), amarela (amizade) e laranja (desejo, paixão, entusiasmo e energia)

cz-bouquet-rosa

Outras rosas: rosa escuro (gratidão), alaranjada (desejo e entusiasmo), coral pálido (sinceridade e imortalidade), rosa claro (graciosidade e felicidade), amarela (amizade e alegria) e lilás (amor à primeira vista)

Referências utilizadas por Mônica:

“A Year in Flowers” – Shane Connolly
“The Secret Language of Flowers” – Samantha Gray
“A Victorian Flower Dictionary – The language Of Flowers Companion” – Mandy Kirkby

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *