Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

10 dúvidas tipo "saia justa" em relação à lista de convidados

duvidas1

Devo convidar todos os meus colegas de trabalho? Quantos % devo reservar para os amigos dos meus pais? Essas são apenas algumas das dúvidas que afligem as noivas que estão montando a lista de casamento. É um momento que, de fato, exige jogo de cintura…mas nada de desespero! Para ajudar, nós pedimos para o cerimonialista Roberto CohenFornecedoresROBERTO COHEN CERIMONIALAssessoria & CerimonialRio de Janeiro, Rio de JaneiroLeia mais, expert no assunto, responder 10 questões tipo “saia justa” em relação à lista de convidados.

duvidas-roberto-cohen-2

1. Se uma pessoa me convidou para o seu casamento, sou obrigada a convidá-la para o meu?

Nem sempre! Se ela dispunha de uma maior flexibilidade de número de  convidados, de um espaço maior e você não, com certeza sua proposta será diferente da dela. Mas se vocês têm o mesmo tamanho de casamento, aí sim. Outra coisa a se levar em conta é se desde o casamento dela vocês se viram ou não… Se é uma amizade muito remota, na qual vocês se veem esporadicamente, e você somente a convidará por obrigação, não se sinta constrangida em não convidar.

2. O que fazer quando encontro uma pessoa que me diz “Ainda não recebi o convite do casamento!” e, na verdade, eu não tinha a intenção de convidá-la?

Se não havia a intenção, não desconverse nem se esquive. Levante a cabeça e, com um belo sorriso, explique que, infelizmente, assim como ela, que é uma pessoa tão querida, não recebeu, vários também não receberam…Pois seu espaço não comporta uma festa grande OU seu casamento será um mini wedding OU seu orçamento não permitiu.

3. O que fazer quando recebo o presente de uma pessoa que não convidei?

Você pode convidá-la ou deve ligar IMEDIATAMENTE para agradecer e sentir o tom da conversa. Se ela estiver apenas enviando porque está retribuindo gentilezas passadas, e dizendo que realmente não foi convidado, ótimo. Se ela estiver se convidando, você deverá pesar o quão importante e o quanto agregará a presença desta pessoa na festa, e convidá-lo ou não.

4. Como dizer para os colegas de trabalho que eles não serão convidados para o casamento?

A maneira mais elegante é agendar um dia e propor um brinde – que pode ser até mesmo no espaço de trabalho – com um pequeno bolo e/ou bem-casados, de preferência com a presença de seu (sua) noivo (a). Assim, você já explica previamente a todos que sua recepção será para poucos e que, infelizmente, não teria como inclui-los em sua lista.

5. Uma amiga pediu para levar um amigo que eu não conheço ao meu casamento. O que eu faço?

Se ela é solteira e ele será o acompanhante, melhor permitir. Em casos como esse, quando não se permite, pode-se acabar perdendo a amizade. A menos que por razões muito fortes (financeiras ou de espaço) você possa argumentar o “por que não” de sua decisão.

6. No trabalho, gostaria de convidar apenas minha colega direta, uma amiga de outro departamento e meu chefe para o meu casamento. Como fazer isso sem ficar um clima chato na empresa em que trabalho?

Entregue o convite, de preferência, na casa deles. E peça a cumplicidade deles no sigilo e na discrição no trabalho.

7. Minha sogra traz toda hora nomes para a lista que ela “tinha esquecido”. O que eu faço?

Se está impossível aceitar, diga que os convites acabaram! rs

8. Minha sogra quer acrescentar mais 50 convidados e, além de estar mudando o combinado, não vai caber! O que fazer?

Costumo dizer que a preparação do casamento é o primeiro exercício de convivência entre as famílias. Então, acho que a verdade deve prevalecer. Se ela esteve presente durante os “combinados”, lembre-a disso tudo e de por que ela dispunha deste número de convidados. Se era por uma razão financeira ou de espaço ou de logística… Mentiras com certeza virão à tona mais cedo ou mais tarde e isso vai minar uma relação que tem que ser saudável!

9. Quantos % dos convites devemos reservar para os convidados dos nossos pais?

Não existe uma fórmula para isso. Muitas vezes, os pais estão convidando (e pagando), por isso eles têm o direito de convidar quem quiser, certo?

Uma vez que vocês, noivos, sejam os patrocinadores do próprio casamento, façam a sua lista e convidem aqueles amigos de seus pais que VOCÊS conhecem e participaram de uma forma ou de outra de sua vida. Nesta segunda opção, os pais ficam felizes da vida, pois eles se eximem da responsabilidade de excluir ou incluir pessoas.

10. Minha família está pagando por todo o casamento, quantos % dos convites devo reservar para a família do noivo?

Inicialmente, seja gentil. Pergunte a eles quantos convidados eles têm. Se for abusivo, ofereça uma cota que pode variar de 10 a 20 % do número de convidados.

*Se vocês tiverem mais dúvidas em relação à Lista de Convidados, deixem nos comentários.

31 Comentários

  1. Julia Siqueira e Mello Tomazini 6 de Fevereiro de 2015

    Olá Constance!

    Excelente post! A lista de convidados é realmente um “tormento” na vida dos noivos! rs
    Me casei ano passado e utilizei a lista que você disponibilizou pra montar a minha.
    Queria convidar meu colegas de trabalho aqui de SP para o casamento, mas o orçamento não dava e também muitos deles não iriam, pois me casei em MG.
    Como solução fiz meu chá de cozinha aqui em SP apenas com o pessoal do trabalho! Foi ótimo!!!! Duas colegas organizaram o chá, fizeram convites, decoração, lembrancinhas, prepararam brincadeiras e compraram até acessórios (véu de noiva, buquê, aliança de mentira, roupa do noivo)! Ganhei muitos presentes que todo o dia que uso lembro exatamente quem me deu e os acessórios que elas compraram estão guardados, uma deliciosa recordação!
    Beijos

  2. Aline 9 de Fevereiro de 2015

    Adorei o post!
    Passei por uma situação um pouco constrangedora nessa retal final dos preparativos.
    A mãe do meu noivo perguntou se poderíamos convidar os pais do namorado da filha dela. Falamos que não, e ela ficou extremamente chateada. Sendo que, não participou de nada e nem ajuda financeira faz questão! Quem está arcando com as despesas somos nós.
    Acabou que para não deixá-la chateada convidamos o casal que nem conhecemos.

  3. Vivian 9 de Fevereiro de 2015

    Olá, tudo bem?
    Adorei o post e as dicas são excelentes!
    Só fiquei com uma dúvida: tenho uma tia próxima, que nem fala comigo, não agradece a convites e só vai a festas por “interesses” (comida, bebida..). Mesmo sendo meus pais os “patrocinadores” do casamento, devo convidá-la? Ou poderia explicar o por que não gostaria da presença dela neste dia tão especial?
    Obrigada!
    Beijos a todos!

  4. Adriana 9 de Fevereiro de 2015

    Passei por umas situacoes chata como convidada de casamentos. Na primeira minha melhor amiga de escola se casou, mas eu nao conhecia quase nenhum convidado da festa, ja tinha algum tempo que nao tinhamos contato, mas gostei muito do convite e gostaria sim de ter ido a festa. Como na epoca era solteira e sem namorado, pensei em levar uma amiga para me acompanhar entao liguei para a noiva pedindo um convite a mais. Ela se recusou a me dar um convite dizendo que nao tinha como aumentar o numero de convidados. Fui somente a cerimonia religiosa e fui embora logo que acabou.

    A segunda foi com uma amiga de trabalho que me chamou para ser madrinha do casamento civil mas nao me convidou para o religioso. Teve um almoco logo apos o casamento civil para algumas pessoas, mas nao foi legal ter ficado de fora da grande festa. Como fui transferida de departamento logo apos o casamento nao nos encontramos frequentemente e nao chegamos a comentar o ocorrido, mas foi muito deselegante da parte dela.

    • Amanda 9 de Fevereiro de 2015

      Sou noiva, e acho extremamente deselegante pessoas pedirem um convite a mais. Casamentos são caros, e para esse convidado “a mais” tem o buffet, que geralmente é em torno de no mínimo, R$50,00 a mais, além de lembrança, espaço nas mesas e tudo mais. As pessoas devem ter mais consciência. Se sua amiga pudesse ter te concedido um convite a mais, tenho certeza que já teria dado na hora da entrega do convite principal.

    • Ci 9 de Fevereiro de 2015

      Pedir um convite a mais? É balada ou casamento? É muito caro convidar uma pessoa a mais (pelo menos uns 300 reais) e achei deselegante você pedir e ainda ir embora logo que acabou a cerimônia. Era mais bonito vc ter declinado o convite alegando algum compromisso e ter deixado os noivos convidarem uma pessoa importante pra eles, que iria à cerimônia e à festa e não ficaria falando mal depois em site de casamento.

      • Priscilla 10 de Fevereiro de 2015

        Concordo em grau, número e gênero!!!

      • Adriana 11 de Fevereiro de 2015

        Ci e Amanda,
        Deselegante e convidar uma pessoa solteira que nao conhece ninguem e dar um convite so. O que eu iria ficar fazendo la, igual a um poste? Aqui em BH nao tem essa de mesa, uma boa parte da festa fica em pe, e pelo que eu soube nem jantar foi servido. Agora numa festa com 400 convidados nao venham me dizer que 1 a mais faria alguma diferenca. Alem do mais sempre tem uma quebra de 20% que nao comparecem.

        • Ci 21 de Fevereiro de 2015

          O mínimo que se espera de uma pessoa adulta é que ela tenha habilidades sociais em uma festa, mesmo que não conheça ninguém.

        • Lu 22 de Fevereiro de 2015

          Adriana, é óbvio que faz diferença. No final das contas, os noivos teriam que pagar para essa sua amiga que eles nunca viram na vida. Se coloque no lugar deles, você pagaria R$ 300,00 a mais para uma amiga sua não se sentir sozinha na festa e levar um acompanhante que você nunca viu? Duvido! Sinta-se privilegiada por ter sido convidada mesmo, como você mesmo disse, possuindo pouco contato com a noiva.

  5. Aldara 9 de Fevereiro de 2015

    eu tenho uma ligeira dúvida… Sou eu e o meu noivo que estamos a patrocinar o casamento, logo somos nós que meio que decidimos quem vai. Só que ele quer convidar suas duas irmãs. O problema é que nós não nos damos. Como fazer para evitar que elas possam ir e tornar um dos dias mais especiais pra mim num pesadelo?

    • clara 10 de Fevereiro de 2015

      Olha, independente do motivo da briga de vcs, elas são irmãs do seu futuro marido. Nunca serão ex-irmãs. E querendo ou não elas tb serão parte da TUA família.
      Qdo casamos com alguém, casamos tb com a familia dele. A convivência será inevitável.
      Que tal aproveitar o momento e tentar resolver as pendências, em nome da boa convivência?
      Vc quer ser feliz ou ter razão?

    • Isadora 19 de Fevereiro de 2015

      Aldara, como você se sentiria se o seu noivo quisesse evitar que sua irmã, ou alguma amiga próxima sua ou da familia fosse no casamento de VOCÊS? Se as irmãs e você tem problemas, por uma questão de respeito básico que as 3 tem com o noivo, tenho certeza que dificilmente elas vão querer transformar a festa de vocês num pesadelo. Se você achar que a situação está tensa assim, sugiro conversar com seu noivo, pra ele conversar com elas.

  6. Kamila Machado Bastos 9 de Fevereiro de 2015

    Olá, tenho uma dúvida.
    Se a minha lista deu 450 pessoas, devo preparar uma festa para 450 pessoas ou tem alguma porcentagem que posso considerar para as faltas?

  7. Priscila 9 de Fevereiro de 2015

    A parte que não gostei do casamento foi a elaboração da lista de convidados e a distribuição dos convites. Sofri porque optei por chamar poucas pessoas do trabalho, mas penso que foi a decisão certa. Meus pais patrocinaram boa parte da festa e julguei que deveria dar um pouco mais de liberdade para eles ao convidarem os amigos. A fase da conversa é fundamental, pois minimiza os desentendimentos. Concordo com o que disseram a respeito dos convites extra. Somente depois de meu casamento tive a noção de quanto trabalho dá acrescentar pessoas a uma lista pré determinada.

  8. Mayara 9 de Fevereiro de 2015

    Olá, estou noiva e tenho uma dúvida.
    Tenho primas e primos de 1o grau, que raras vezes nos falamos. Seria deselegante não convidá-los?
    E meu pai tem irmãos a mais, somente por parte de pai, desses só conheço melhor 1 tio. Fica feio convidar somente ele e os outros não?

  9. Mayra Terra 9 de Fevereiro de 2015

    Olá … ameiii as dicas … Muitoooo boas !!!
    Vou me casar esse ano e frequento uma igreja com 300 membros … faço parte da equipe de músicos … porém não tenho condições financeiras de convidar todos pois a família é grande …. o que poderia fazer pra não ficar chato depois do casamento minha convivência com as pessoas da minha igreja ??????????
    Algumas meninas até dizem “já pensei no vestido que vou usar” … mas no fundo não gostaria de convidar !!!!!
    Não convivo com todos …. amo todos mas são apenas meia dúzia que de fato convivem cmg na minha casa ou perguntam o que eu preciso pro meu casamento !!!
    O que eu faço ????? Lista é um problema sério !!!!!!

    Att.
    Mayra

    • Etel Monteiro 7 de Março de 2015

      Convide todos para a cerimônia religiosa e avise que por condições financeiras optaram por fazer a festa apenas para os familiares e amigos mais próximos.

  10. Natália Amaro 9 de Fevereiro de 2015

    Quantos porcento mais ou menos não vão a festa?

  11. Andressa Rossi 10 de Fevereiro de 2015

    Decidi por um mini weding pra 30 pessoas. Tendo em vista que só entre tios e primos seriam mais de 150 convidados, decidi que convidaria apenas meus país, sogros, irmãos e algumas pessoas que são mais ligadas a nós que os próprios parentes. Gostaria de uma sugestão para participar a todos sem que causasse qualquer constrangimento a mim e meu noivo, já que todos acham que temos obrigação de dar festa!

    • Erika 30 de Janeiro de 2016

      Meu sonho é fazer isso!!! Estou até triste hoje,minha lista tem 300 pessoas mas eu não quero uma festa pra 300 pessoas, quero no máximo pra 100. Não sei o que fazer!!!!

  12. Ma 11 de Fevereiro de 2015

    Vim defender a Adriana gente rsrsrsrsrrs. Eu faria exatamente o mesmo! Não iria numa recepção em que me sentiria deslocada e consequentemente não ficasse a vontade e sem aproveitar a festa. Ja vi varias vezes mulheres solteiras que levaram uma amiga ou amigo como acompanhante (E em festas caras viu). Vai da noiva ter essa compreensão.

    • Leonia 23 de Fevereiro de 2015

      Olá!! Concordo com a Adriana. Eu fui solteira até há 1 ano… e todos os convites que recebi eram: Fulana e acompanhante. Acho falta de educação convidar uma pessoa adulta e não dar a possibilidade de levar acompanhante.
      Por outro lado, eu teria ido a festa à mesma… ficaria até a primeira dança. Se encontrasse alguém com quem tivesse algum entrosamento: otimo!! Se não, iria embora mais cedo.

    • lenny nascimento 4 de dezembro de 2015

      Infelizmente MA, nao vai da noiva essa compreensão nao.
      primeiramente porque ninguem tem obrigação de pensar se alguém esta solteira ou não, mesmo porque em alguns casamentos (como o meu) eu nao irei convidar namorados de ultima hora. é super caro uma festa de casamento e como voce disse, voce ja viu em festas caras, geralmente em festas caras a pessoa tem dinheiro para arcar com qualquer numero de convidados, pois apos a festa se vier alguem a mais, se voce nao sabia, os noivos precisam desembolsar o dinheiro na hora para pagar por exemplo a amiga que voce quer levar.
      convidado tem que ter bom senso, festa de casamento nao se pede convite a mais e se pedir ja espere um nao para se vier um sim ficar no lucro.

  13. Lya 15 de Fevereiro de 2015

    Tenho uma duvida, talvez voces possam me ajudar. Trabalho com mais 15 pessoas num departamento da empresa. Inicialmente eu so chamaria uns 5, mas eu nao consigo me controlar e vivo falando dos detalhes, entao eles estao com a impressao de que serao todos convidados. Sei que eu nao devia, mas fiquei tao empolgada que comentava sobre qualquer coisa que havia decidido. Alguns sao casados, outros tem namorado(a). Mas ficaria muito deselegante se eu chamasse os colegas de trabalho e nao convidasse os maridos, namoradas, etc? Porque na verdade seriam mais 30 pessoas se todos levassem acompanhante. O local e pequeno, ja estou no limite de 200 pessoas. Sera que fica sem graca se eu ja avisar que e um convite individual? Afinal eles todos se conhecem e sao amigos, entao nao ficariam deslocados na festa.

    • Luciana 22 de Fevereiro de 2015

      Lya, acho super deselegante convidar somente seus colegas. Se fosse uma festa empresarial, seria compreensível que os somente os funcionários fossem convidados.
      Imagino que você já sabia do limite de 200 pessoas quando começou a contar todos os detalhes para seus colegas. Você fez com que eles ficassem a par da organização do casamento e agora eles já estão participando. Sugiro convidar todos com acompanhantes pra evitar um clima chato no ambiente de trabalho.
      Eu também estou organizando o meu casamento e não comento nada mesmo com a intenção de convidá-los. Pode ser que mais pra frente eu tenha que cortá-los e aí não criarei nenhum constrangimento.

    • Leonia 23 de Fevereiro de 2015

      Cara Lya, se for para convidar um homem ou mulher casada e excluir o/a parceira… esquece!!
      Tu iras casar em breve… gostarias que o teu marido fosse convidado para um evento e tu fosses excluida do mesmo? 🙂
      Melhor convidar apenas os 5 que estavam previstos. Faz como indicado no post: um brinde na empresa… bolo, muitos sorrisos e avisa que por motivos financeiros, houve cortes na lista de convidados. Beijinhos

    • Erika 30 de Janeiro de 2016

      Um colega meu, reuniu os amigos do trabalho e avisou que todos estariam convidados, porém não teria condição de dar convites para acompanhantes, eu achei bom, pq ele foi honesto! E quem realmente fizesse questão, iria sozinho mas teria a companhia de outros amigos do serviço então não estariam realmente sozinhos….

  14. Meg 21 de julho de 2015

    Meu marido e eu somos extrangeiros no Brasil, onde moramos faz sete anos. Um casal de amigos que têm sido convidados inúmeras vezes para jantar em nossa casa, coqueteis, recepções, etc. (eles apenas nos têm convidado para um jantar na casa deles), casaram mais não convidaram a gente. Eu não faço questão, foi um casamento em segundas núpcias de dois adultos maduros, e do mesmo jeito do que nós, a festa foi mini-wedding.
    O que acho super extranho é que minha amiga (eu considerava ela minha amiga mais amiga no Brasil), o dia da boda entra no meu facebook via MSN e me fala que está aguardando o motorista para levar ela para o salão, que HOJE é a cerimónia religiosa, e que casa com vestido de noiva e vêlo. Eu fiquei surpresa de ser anunciada do casamento no mesmo dia, com poucas horas de antecedência. Perguntei se o contato dela era apenas para informar e não convidar. A resposta foi que sim, que eu não ficasse ofendida porque eu não tinha convidado ela para meu casamento (foi no meu pais, quatro anos atrás) e que a situação não estava para festas, apenas os pais e filhos deles.
    O dia seguinte ela posta no facebook dela as fotos da festa, um jantar no clube mais chique e caro da cidade.
    Não sei o que fazer com a “amizade”, até sinto uma agressão…
    Favor ajuda.
    Meg

  15. Cris 1 de Fevereiro de 2016

    Acho válido quando algum convidado for solteiro possa levar um acompanhante. Em relação aos pais pagarem a festa: se for para eles convidarem quem quiserem, mesmo que não tenha nada a ver com os noivos, então, é festa é para eles. Melhor que façam uma renovação de votos. Os noivos não ficaram á vontade em meio a convidados de outros, mesmo que esse outro sejam os pais.
    Se estou presenteando meu filho e minha nora com uma festa de casamento, quero que se sintam livres para convidar e fazer como alegra o coração deles.

  16. Eva 25 de Março de 2016

    Entrei convite a uma senhora vizinha e coloquei confirmação de presença em um site. Para mimja surpresa uma das filhas dela confirmou 10 convidados sendo que todos os filhos dessa senhora sao casados. O que faço?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *