Babies & Kids Casa & Decor 15 anos
Topo

Navegue como ou

10 dúvidas sobre a mesa de doces do casamento

duvidas1

Como dispor os doces na mesa? Posso fazer uma mesa só de chocolate? Em que momento liberá-la para os convidados? A mesa de doces é um dos grandes atrativos da festa e é natural que se tenha tantas dúvidas em relação a ela. E foi pensando nisso, que reunimos 10 perguntas comuns de nossas leitoras. Quem responde é a querida Denise do Rego MacedoFornecedoresDENISE DO REGO MACEDOBolos & DocesRio de JaneiroLeia mais, que há mais de 30 anos é referência em doces artesanais no Rio de Janeiro. Vem ver o que elas nos contou:

1. QUANTOS DOCES DEVE-SE PROVAR EM UMA DEGUSTAÇÃO?

A maior variedade de sabores e estilos que conseguir, já que uma mesa farta é sinônimo de bons anfitriões. Outra dica que dou é ir até o doceiro. Para mim, doce deve-se comer fresco, então sou contra caixinhas de degustações que alguns doceiros fazem e enviam para clientes. São frescos que você espera que eles estejam na sua festa, então é assim que você deve prová-los. E nunca coloque um docinho na geladeira, caso pretenda levar para alguém. Ele perde aquele sabor fresquinho que você tanto quer no seu casamento.

2. QUAL A MELHOR MANEIRA DE DISPOR OS DOCINHOS NA MESA DE DOCES?

A mesa precisa ser rica e harmoniosa. A maneira que mais gosto é em bandejas, mas cada tipo de doce em uma. Não gosto muito de misturar, para mim, o pout-pourri é para recepções muito informais, em casa. Você pode até ter uma bandeja grande com doces da mesma família (só de frutas, só de ovos, etc). Um dica é escolher bandejas com bordas, porque evita que os doces caiam quando um é retirado. Morro de dó quando vejo desperdício.

3. É IMPORTANTE IDENTIFICAR OS DOCES?

Uma coisa que caiu em desuso, mas gosto muito, são as plaquinhas com as informações daquele doce. Quando o nome do doce não deixa claro do que ele é feito, é importante indicar. Não há nada mais desagradável que morder um doce achando que é um brigadeiro e descobrir que é, por exemplo, um bombom de uva. Para quem não gosta daquele recheio, a experiência se torna ruim. Isto, sem contar o desperdício que é ver um monte de metades espalhadas.

4. QUEM É A PESSOA RESPONSÁVEL PELA MESA DE DOCES? ONDE A NOIVA CONTRATA, É VIA ESPAÇO, DOCEIRO, DECORADOR OU ASSESSORIA?

Eu sempre indiquei pessoas, porém, hoje deixo na responsabilidade do cerimonial a escolha. Essa pessoa deve tirar todas as forminhas vazias e deixar a mesa limpa e linda durante a festa inteira. Para mim, é inaceitável ver convidados caçando docinhos em um mar de forminhas vazias.

5. QUEM FAZ A REPOSIÇÃO DA MESA DE DOCES DURANTE A FESTA?

Na verdade, não acho que se deva fazer reposição na mesa de doces. Para mim, todos os doces devem estar lá desde o início. Como disse, a mesa tem que ser farta, cheia, e tenho certeza que nenhuma noiva comprou doce para deixar na cozinha. Já vi casos em que a pessoa responsável por repor os doces simplesmente esqueceu de fazê-lo… Como disse antes, sou a favor de ter uma copeira para limpar a mesa, e também para distribuir caixinhas para que os convidados levem pra casa. Durante a festa, eles vão jantar, beber, dançar… e quase sempre bate um arrependimento no dia seguinte de não ter provado todos!rs Doces foram feitos para comer, não para sobrar!

6. OS CONVIDADOS PODEM COMER DOCINHOS DESDE O INÍCIO DA FESTA OU É MELHOR SÓ LIBERAR A MESA DE DOCES APÓS O JANTAR?

Não se fecha uma mesa de doces para os convidados. Nunca! Acho muito indelicado ter alguém falando “Não pega, não come, não pode”. O convidado deve poder comer doce a hora que quiser. E também há a questão do desperdício ao final. Não adianta comprar uma quantidade de doces para sobrar. Mesa fechada no começo é sinônimo de sobra, porque no fim da festa, quando todos já beberam e comeram, poucos conseguem comer doce.

7. QUANDO OS NOIVOS SÃO CHOCÓLATRAS, PODEM TER SÓ CHOCOLATES NA MESA DE DOCES? 

Não devem. Os noivos são os anfitriões e precisam oferecer a maior variedade possível. Quando a gente recebe, precisa ser generoso com as pessoas que nos prestigiam. Diversidade é fundamental. Só eu faço mais 100 qualidades de doces, então tem opções para agradar a todos, é só procurar. Frutas são excelente, por exemplo.

8. ALGUM DOCINHO PODE SER SERVIDO SEM FORMINHA?

De maneira nenhuma! Acho que este é o ponto que mais sou contra. Por culpa do ar-condicionado dos buffets, o doce precisa ser vestido para não perder suas qualidades, texturas e sabores. Ele faz parte da decoração e precisa estar lindo. Sou contra formas gigantescas, que escondem os doces. Para os meus doces, faço forminhas de tecidos que são super delicadas, que os enobrecem. Além da beleza, tem uma questão importante: é mais higiênico, não mela a mão e é um carinho com os convidados. Pense como seria pegar um quindim sem forminha.

9. QUAIS DOCINHOS NÃO SUPORTAM BEM O CALOR? 

No calor, deve-se evitar chocolate. Eu amo chocolate, mas nunca recomendo para casamentos ao ar livre e em dias quentes. Para não dizer que nenhum, os brigadeiros seguram bem o calor, mas as esculturas, como flores de chocolate, cestinhas de chocolate, etc, estes não suportam.

10. DOCES PRECISAM SER SEMPRE PEQUENOS O SUFICIENTE PARA SE COMER COM UMA MORDIDA SÓ?

O doce que você come de uma vez é mais prático, não suja e é uma boa sugestão para a mesa de doces. Porém, há alguns que não são possíveis de se comer de uma vez. Principalmente os que misturam recheios. Neste caso pode ser mordido, mas não recomendo escolher um que passe de duas fases.

(Foto: Renata Xavier)

Veja também: Veja mais dicas de Denise do Rego Macedo

E mais: 7 dúvidas sobre os doces de casamentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *